História Unexpected Love - Shawn Mendes - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Cameron Dallas, Camila Cabello, Hailee Steinfeld, Harry Styles, Magcon, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Cameron Dallas, Camila Cabello, Hailee Steinfeld, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Visualizações 179
Palavras 2.207
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Literatura Feminina, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Need you


Fanfic / Fanfiction Unexpected Love - Shawn Mendes - Capítulo 18 - Need you

Resolvi que iria voltar a trabalhar. Estava ansiosa,eu estava voltando a minha rotina normal. Queria esquecer tudo que aconteceu comigo esses últimos meses.

Trabalhar com meu “ex namorado” não vai ser tão fácil como eu imaginava,porém não é impossível.


Tomei um banho,sequei o cabelo,coloquei uma calça flare,uma blusa branca soltinha e um salto baixo fino.

Meu irmão me deixou na empresa. Parei em frente a ela e respirei fundo. Não avisei que ia,Manuel me deixou à vontade para ir quando eu quiser,e é isso que estou fazendo.

Entrei e os olhares sobre mim só pesaram,como, “a garota que sofreu acidente”,que saco!

Bom dia,é bom ter você de volta.- Lauren sorriu

Obrigada - sorri

Fui até o elevador,para minha sorte ele estava vazio. Ele fechou o que foi um alívio. Nunca me senti tão nervosa na vida. Esperei dar o 15º andar,nesse percurso até lá o elevador foi enchendo.

Saí e fui em direção a minha sala. A minha vontade é de chegar lá e não ter ninguém que eu espero que esteja.

Abri a porta e dei de cara com quem eu estava mais temendo encontrar. Ele estava em pé curvado sobre a mesa,vendo algo no computador. Ele arregalou os olhos e ficou boquiaberto.

Bom dia - falei em um meio sorriso um tanto constrangedor.

Bom dia - ele abriu um sorriso enorme no rosto,mas sem tirar os olhos de mim. - Isso é meu presente de aniversário? - ele sorriu

Eu não trouxe presente,mas v… -

Não,eu tô falando de você aqui. - sorri tímida. Aquilo parecia quando nos conhecemos o que me deixou mais sem graça.

Ah - falei indo até minha mesa

Sobre o outro presente,eu adorei.- ele riu - é incrível,eu realmente amei - sorri em ouvir isso.

Que bom que gostou.- me levantei - bom,feliz aniversário! - me aproximei dele que ainda estava em pé. O abracei,sim,depois de dias de tensão,eu pude sentir seu cheiro de novo. Seu cheiro que me levava para outro lugar,era viciante.

Ele inalou o ar do meu pescoço,e me apertava contra si me deixando sem ar.

S-shawn - falei tentando me afastar. - me solta

Desculpa - ele me largou

Só estava te parabenizando,lembra? - voltei a minha mesa

Claro - ele riu - sem problemas.


Me falaram que você tinha voltado,eu nem acreditei! - Manuel entrou sorrindo para me abraçar.

Sério? - sorri

É bom te ter de volta. Como você está?  - ele perguntou enquanto Shawn nos olhava.

Estou bem - sorri

Espero que seja verdade - ele olhou pra Shawn e depois pra mim. Okay,tudo bem,não estava totalmente “bem”,mas não poderia ficar mais tempo em casa. Pensando bem que, trabalhar o dia todo ao lado da pessoa que te fez mais feliz nos últimos meses não é fácil.

Sim,é verdade. - sorri fraco

Tudo bem,vou deixar trabalhar - ele saiu.

Meu pai gosta de você.- Shawn falou sentando em sua cadeira.

Que bom - falei e fui pegar uma água para beber no refeitório.

Não está sendo fácil. Ele parece ter esquecido tudo,mas eu não. Ele age como se nada tivesse acontecido,como se eu ainda fosse a tola de 2 meses atrás que ficava caidinha por ele. Bom,hoje o sentimento não mudou muito,coisa que não ajuda,mas não posso envolver minha vida no trabalho,quero tornar isso mais fácil do que parece ser.

Você sabe como é bom ter você de volta né? - Patrick chega de surpresa me causando um susto.

Oi - sorrio e o abraço - obrigada.

Decidiu assim do nada em vir pra cá? Ou essa sua volta tem nome? - ele perguntou arqueando uma sobrancelha.

Óbvio que não. Não está sendo tão fácil quanto imaginei voltar,mas não é algo impossível de aguentar - soltei um suspiro. - E sim,tem nome - ele riu - Se chama “não aguentar ficar em casa mais”.

Sei - ele riu de lado.

Para de ser bobo! - sorri.

Se quiser conversar eu estou aqui - ele falou e entrou na sua sala.

Segui até a minha sala,Shawn não estava lá,e por um bom tempo ele não apareceu. Quando deu o horário de almoço,fui almoçar com Patrick que tinha me chamado. Fomos ao mesmo restaurante de sempre que fica perto de onde trabalhamos.

Julie,eu não sei se você está afim,mas eu e os amigos do Shawn,estamos meio que organizando um aniversário para ele em um restaurante que fica próximo a casa dele. Se você quiser ir,é só falar,porque eu não sei a situação de vocês,então achei que você talvez quisesse ir. - Patrick falou enquanto o garçom nos servia.

A-a eu não sei - gaguejei. - Não sei se posso chegar assim ou sei lá.

Claro que sabe,vocês são amigos agora,não vejo problema em ir comemorar o aniversário de um amigo. - Ele sorriu malicioso.

Que horas vai ser? - perguntei,mas não queria dizer que eu ia.

As 20 horas,aparece lá - ele riu

Não eu não vou - abaixei a cabeça - Não tô no clima.

Tudo bem,você que sabe. - Ele falou.

(...)


Cheguei em casa,eu estava acabada. Aaliyah estava aqui quando cheguei,mas logo ela foi embora. Esse namoro deles estão fazendo bem para meu irmão,ele é outra pessoa.

Depois de tomar banho e vesti um pijama,fiquei assistindo Grey’s Anatomy,eu amo essa série,e não consigo assistir várias ao mesmo tempo,então só assisto ela desde muito tempo.

Vi que fazia tempo que estava ali no quarto,fui ver a hora,era 19:30,se eu quisesse ainda dava tempo de ir. Meu coração disse que não,mas algo mais forte que eu disse que sim.

Fiquei alguns segundos decidindo se eu realmente ia. Fui no meu closet,peguei um vestido justo nude,ele era ombro a ombro com botões no comprimento do vestido,eu adorei quando vi no espelho. Peguei um salto nude também,e vi que o resultado estava do meu agrado. Passei uma maquiagem leve,e meu cabelo estava em um coque que quando solto fica umas ondas nas pontas,que só fica assim por conta do cabelo fino que não segura nem um baby liss. Peguei uma bolsa e pronto,era isso.

Me surpreendi o quão rápida fui,porque geralmente faço tudo devagar quase parando de tão lerda,sempre me atraso.

Desci as escadas,vi meu irmão jogando videogame no sofá,tentei passar despercebida mas foi inútil.

Onde vai tão arrumada? - ele perguntou

Em um aniversário de um amigo. - parei no meio da sala tentando soar mais convincente possível. - Avisa ao nossos pais que vou chegar um pouco tarde.

Beleza. - ele voltou a jogar. Então saí e vi acenei para um táxi que passava por alí.

No carro estava tocando uma música agradável que me fazia lembrar da época que eu e Shawn namorávamos. Afastei esses pensamentos e fiquei curtindo umas músicas até chegar lá.

Desci do carro,era bem o que Patrick me falou. Entrei e tinha umas pessoas lá,inclusive Cameron,Nash,Dylan que não via a muito tempo,Camila,Katie,Patrick.

Cheguei e todos olharam quando cheguei.

Eu sabia que você não ia resistir a um convite meu. - Patrick falou se achando.

É bom te ver também.- sorri. Todos me cumprimentaram.

A quanto tempo não vejo você.-  Cameron me abraça.

Digo o mesmo. - sorrio

Shawn estava falando com algumas pessoas ali,quando me viu,veio em minha direção. Todos ficaram calados observando e eu sabia o que era. O abracei rápido.

Fiquei feliz que veio. - ele falou no meu ouvido.

Não poderia deixar de vir. - respondi. E alguns dos meninos fizeram uma espécie de “huuuummm” em conjunto. Fiquei toda vermelha com aquilo.

Sentei ao lado da Camila que me abraçou do jeito louco dela. Ficamos conversando.

Chegou um bolo com várias estrelinhas em cima. Cantamos parabéns,ele parecia tão feliz,isso é bom.

Uma garçonete chegou e entregou um guardanapo a Shawn,eu não sabia o que era,mas tinha noção do que seria. Eu estava entre Camila e Katie,mas Katie saiu e a cadeira ficou vaga por um bom tempo,até Dylan sentar alí.

Está se divertindo? - ele perguntou e colocou seus braços nos meus ombros.

Vamos dizer que sim. - sorri

Não vai nem beber? - ele perguntou

Já estou. - mostrei minha taça de vinho.

Tô falando bebida de verdade,Julie. - ele riu

Não,não vou. - ri

Nossa,minha intenção de deixar você um pouco bêbada foi por água abaixo agora. - ele riu

Me deixar bêbada? - perguntei

É,mas você não curte muito. - ele puxou um pouco seu braço que estava no meu ombro pra perto dele. Senti os olhos de Shawn pesar sobre nós. Ele estava tecnicamente na nossa frente da mesa. Fiquei desconfortável,sabia que Dylan estava brincando,mas o olhar de Shawn me incomodou.

Você me dá licença? - pedi para pode me levantar.

Claro -  ele tirou seu braço e se levantou,indo até a outra cadeira a frente da minha na mesa.

Fui até o banheiro,fiquei ali me olhando no espelho e pensando sobre Shawn estar com ciúmes,será?

Sai do banheiro,perto do bar esbarrei em alguém,que derramou um pouco de bebida na minha roupa.

Desculpa! - Então reconheci a voz familiar. - Julie,você aqui? - ele olhou meu vestido molhado por conta da bebida. - Eu sinto muito.

Tudo bem,eu não prestei atenção.-  ri da minha situação.

Eu posso te dar minha jaqueta para você esconder essa mancha depois que você limpar. - ele me acompanhou até a porta do banheiro,e senti que algumas pessoas da mesa onde estava,ficou olhando,o que eles estão pensando que estou fazendo? Ai meu Deus!

Limpei com um pouco de água a mancha que ficava na lateral da cintura. Sai e ele estava na porta.

Toma minha jaqueta.  - peguei e vi que ficou até bom por ela ser até o meio das coxas. Ela era jeans e combinou até um pouco com o vestido que eu estava usando.

Valeu - sorri

Você está sozinha? - ele perguntou

Não,estou com uns amigos naquela mesa - mostrei qual era

Ah,tudo bem,pelo menos tenho uma desculpa pra ver você de novo por conta da jaqueta. - rimos

Para de ser bobo - falei

Ouvi alguém me chamando,vi que era Nash,ele estava acenando pra mim,enquanto Shawn ao seu lado estava com uma cara que se pudesse estrangulava todos alí.

Acho que preciso ir - falei rindo - até mais. - o abracei e fui até a mesa.

Oi,Nash - sorri - Aconteceu alguma coisa? - perguntei.

Ia acontecer,então tive que atrapalhar vocês.-  Todos riram,menos Shawn e eu que estava sem entender nada.

Você não atrapalhou nada -ri e voltei ao meu lugar de antes.

Não atrapalhei como até ficou com a jaqueta do seu ex - ele riu mas eu não. Shawn saiu pistola dali.

Como ele sabia disso? Ninguém daqui sabia disso.

Fui atrás de Shawn,ouvi alguém falar “olha o que você fez,seu idiota!” mas não liguei.

Ele foi até o estacionamento do restaurante e parou em frente ao seu carro.

O que deu em você? - perguntei enquanto ele estava de costas pra mim.

O que deu em mim? - ele riu - você fica com seu ex namorado e ainda volta com a porcaria da jaqueta dele pra esfregar na minha cara que você está em outra,e você pergunta o que deu em mim?! - Ele fala com fúria no seu olhar.

Primeiro: Ele derrubou bebida na minha roupa e só me deu para eu não ficar com a roupa manchada amostra. - ele me olhava impaciente. - Segundo: Eu não te devo satisfação para você chegar e ficar com raivinha com quem eu falo ou  faço algo. - ele andava impaciente. - Terceiro: Como diabos você soube que ele era meu ex namorado? Ninguém sabe disso! - seus olhos pararam nos meus e logo desviou.

Isso não vem ao caso. - ele falou em voz baixa.

Claro que vem - rebati

Você sabe como está sendo difícil ter que conviver com você o dia todo e não poder te tocar? Você sabe o quão difícil é ver você com outro cara e não poder ter o direito de falar porra nenhuma? - ele parecia desesperado em seu olhar. Fiquei em silêncio enquanto ele andava impaciente pra lá e pra cá.

S-shawn…- ele se aproximou

Não,não fala nada,por favor. - ele se aproximou mais fazendo com que eu desse um passo pra trás,mas vi que o carro estava atrás de mim,não tinha onde correr,ele se aproximou.

S-shawn não - falei em um sussurro

Ele tocou minha bochecha com delicadeza e aproximou nossos rostos. - p-por favor - fechei os olhos

Ele parecia não ligar pro que estava acontecendo. Seu corpo estava junto a mim,seu rosto próximo ao meu,e sua respiração pesada como a minha. Ele juntou nossas testas,e sentia seu corpo mais colado do que nunca. Passei minhas mãos na sua nuca e cabelo. Suas mãos percorria minha cintura me puxando mais para si,se é que era possível naquele momento.

Eu não me importava se ia me arrepender depois,só sabia que queria ele junto a mim mais do que qualquer coisa.

Selei nossos lábios. Seus lábios macios que nunca senti tanta falta na vida estavam juntos aos meus naquele momento. Abri minha boca para dar passagem a sua língua que dançava ali. Ele apertou minha cintura para si,como se cada parte de mim pudesse sumir naquele momento,como se cada parte de nós necessitávamos disso a todo momento.

O beijo se intensificou,eu precisava dele,a todo momento,e sabia que ambos também queria.

Eu falei! - Nash fala alto de longe,e no mesmo momento empurrei Shawn. Todos estavam indo pra casa e ficaram rindo. Se eu pudesse me esconder naquele momento de tanta vergonha.

Virei meu rosto para não ter que encará-lo naquele momento.

Relaxa,ele só gosta de fazer piada com tudo - ele falou observando todos irem embora.

Eu percebi - falei com minhas bochechas queimando.

Eu posso te levar pra casa se você quiser. - Ele falou tirando o alarme do carro.

Pode ser. - senti um frio enorme na barriga.





Notas Finais


Será que é um novo começo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...