História Unexpected Love - Twoshot - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Blackpink, Red Velvet
Personagens Irene, Jennie, Jisoo, Lisa, Rosé, Seulgi
Tags Blackpink, Chaelisa, Escolar, Jensoo, Lgbt, Seulrene, Yuri
Visualizações 44
Palavras 1.364
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Crossover, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, dengos!
Cheguei aqui com o segundo e último capitulo dessa twoshot gostosa.
Espero que gostem.

Avisos:

~ Nesse capítulo irá conter BDSM, se não gosta, vaza;
~ É a primeira vez que escrevo um BDSM, perdoem qualquer erro.

Boa leitura, sz.

Capítulo 2 - I love you, girl. (Jensoo)


Fanfic / Fanfiction Unexpected Love - Twoshot - Capítulo 2 - I love you, girl. (Jensoo)

Jisoo P.O.V 

17:50 da tarde.

Hoje, eu e a Jennie estamos fazendo 1 ano e 3 meses de namoro. Se ela esqueceu? Eu não sei. Mas espero que não. 

Ontem descobrimos que a Lisa e a Rosé estão tendo um caso. Eu não fiquei surpresa. Ate por que era bem óbvio.

Hoje, decidimos em ir num encontro. Encontro de casais para ser mais específica. Agora, eu estou saindo do banheiro indo me vestir. 

- Será que eu visto uma calça? Ou coloco um short? 

Fiquei na duvida por alguns minutos, mas logo optei em ir de short. Vesti uma blusa ombro a ombro, deixando os cabelos soltos. Coloquei um tênis all star e fiz uma maquiagem básica.

Após pronta, sai do quarto indo em direção ao ponto de encontro. Chegando lá, avistei Lisa e Rosé.

- Oi meninas. - Sorri meiga, as encarando. 

Rosé: - Oi meu amor, cadê a Jennie?

- Deve estar se arrumando. - Falei desanimada. Desde ontem não tinha visto ela.

Lisa: - Olá Jisoo. - Sorriu quadrado e sorri minimamente para ela.

Ficamos conversando enquanto aguardávamos a garota. Não demorou muito, olhei para trás e vi a garota vir em minha direção. 

- Oi amor. - Sorri ao vê-la, estava com saudades.

Jennie: - Oi meu dengo. - Me abraçou e me roubou um beijo. - Olá meninas. - Falou logo depois.

L/R - Oi

Rosé: - Por que demorou tanto?

Levei meu olhar curioso para a mesma. 

Jennie: - Estava conversando com a Seulgi.

Revisei os olhos. Eca. Não vou com a cara dessa garota de jeito nenhum.

Ano passado, vivia grudada com a Jennie. Sempre que estávamos conversando ela vinha e nos atrapalhava. Eu queria voar no pescoço daquela coisa.


Flashback On 


- Jennie, você....

Seulgi: - Unnieeeeee. - Chegou a agarrando. - Vamos ir almoçar!?

Jennie: - Mas eu...

Seulgi: - Vamos, vamos! - E saiu puxando a mesma consigo, que estava a me encarar.

Suspirei fundo e passei a mão em meu rosto.

- Deus, dar-me paciência. 


Flashback Off


Ela havia saído da escola. Mas, pelo visto, voltou. Infelizmente. 


Jennie: - Falando nela. - Sorriu abertamente, vendo a mesma vindo em sua direção.

Seulgi: - Oi unnie. 

- Por que você chamou ela? Isso era pra ser somente o nosso encontro. - Chamei a atenção de Jennie, que me encarou.

Jennie: - Relaxa, Jisoo.

Soltou minha mão e foi abraçar a menina. Encarei incrédula, senti Rosé me abraçar de lado. Ela percebeu que eu estava odiando aquilo.

Rosé: - Amiga, relaxa, ok?

- Eu, vou tentar... - Suspirei cansada e começamos a caminhar atrás. Já que as pombinhas estavam indo na frente.

(...)

Seulgi e Jennie passaram o caminho todo sem se desgrudar uma da outra. Eu estou desconfortável, o que será que esta havendo entre as duas?  Jennie esta me traindo? 

Eu estava confusa com meus pensamentos. Eu estava com vontade de chorar, mas odiava chorar na frente de outras pessoas. Eu queria gritar e sair dali o mais rápido possível. Eu queria a minha namorada, comigo. 


Narradora ON


Após entrarem na lanchonete; Lisa sentou-se com Rosé e Jisoo ao lado da mesma. Jennie e Seulgi continuavam a conversar animadamente. E Jisoo, estava ficando ainda mais desconfortável.

Rosé: - Vamos comprar uma pizza de calabresa. O que acham? 

Lisa: - É uma boa, o que acha Jisoo?

Jennie encarou Jisoo, serenamente e com um olhar curioso. Ela sabia que a mesma estava mal, mas não queria contar. Era um segredo.

Jisoo: - Tanto faz.

Seulgi: - Ai, Jisoo. Se anima!

Jisoo: - To sem vontade. - Respondeu ríspida, revirando os olhos.

Jennie: - Não seja tão grossa assim, Jisoo. 

Jisoo: - Agora tá defendendo ela? - Perguntou incrédula encarando a outra. 

Jennie: - Você não é desse jeito. Pare de agir assim, você esta sendo infantil. 

A tensão estava no ambiente. Rosé e Lisa estavam apenas observando, juntamente a Seulgi.

Jisoo: - Você tá grudada nessa garota desde que chegou, sabe o quão mal estou me sentindo???? - Lágrimas estavam escorrendo no rosto delicado da garota. - Hoje é nosso aniversário de namoro e você nem sequer tá se importando com isso. - Enxugou as lágrimas que teimavam em descer. 

Jennie: - Você esta com ciúmes. 

Jisoo: - CIÚMES? - Gritou incrédula. Ela estava irritada. Todos que estavam no estabelecimento estavam encarando. - Você é uma idiota.

Irene: - Cheguei,  o que tá rolando amor? - Falou se sentando ao lado de Seulgi. 

Jisoo: - Amor...?


Jennie P.O.V


Seulgi: - Ainda bem que você chegou. - Encarou Irene que estava sem entender nada.

Lisa: - Isso tá melhor que novela mexicana. 

Comentou Lisa , que logo em seguida, levou um tapa de Rosé. 

Jisoo: - Eu.... Me desculpem... - Saiu correndo dali.

Suspirei fundo. Olhei Irene que me deu a chave do carro.

- O Plano funcionou, eu vou atrás dela.

Rosé: - Que plano? 

Irene: - Eu te explico.


Sai correndo atrás da mesma. E vi a mesma agachada, chorando na calçada. Me agachei para ficar na altura da garota.

- Amor, olhe para mim.

A mesma negou, aparentemente envergonhada. 

- Amor, olhe para mim.

Pedi pela segunda vez, a mesma fungando, me obedeceu.

Jisoo: - M-me de-desculpa...

- Vem, eu vou explicar tudo. 

A mesma se levantou junto a mim. Sem entender nada. Fomos ate o lugar afastado, onde Irene deixou o carro.

Chegando Lá,  a encostei no carro. Começando a falar;

- Eu não esqueci do nosso aniversário, eu e Seulgi estávamos conversando sobre a surpresa que eu iria fazer para você. - Suspirei baixo. - E agora foi tudo pelo ralo, por causa de seu ciúmes. - Encarei a garota, que estava de cabeça baixa. - Ontem, estava montando todo plano com Irene. Por isso não deu pra ir te ver. E Seulgi, como uma ótima namorada, ajudou Irene com a decoração. - Passei a língua entre os lábios. 

Jisoo: - Eu estava confusa....eu estava chateada com você. Eu pensei que estavam tendo algo e que você não gostava mais de mim. - Ela estava nervosa, quando ela esta assim, não para de falar. -.... Se eu soubesse que elas namoravam eu..... - Atrapalhei sua fala com um beijo. Um beijo sincero, cheio de saudades deixando explicito o desejo que eu tinha por ela. Colei nossos corpos, mordi o lábio inferior da garota e separei o beijo.

- Seu jeito inocente me excita tanto, sabia? - Sussurrei no ouvido da garota, apertando sua cintura. - Você vai ser punida, de todas as formas possíveis. Eu vou te foder bastante.

Abri a porta do carro. E a coloquei deitada no banco de trás. Subi em cima da mesma, deixando chupoes e mordidas no pescoço da mesma. Levantei seus braços, amarrando os mesmos com o cinto do carro. 

- Eu estava com tanta saudade...

Ela estava excitada, gemia apenas por sentir seus braços doendo. E aquilo me deixava insana. 

- Vou te punir aqui dentro, hum? Vai ser gostoso, então não precisa se preocupar. 

Peguei o vibrador que Irene havia deixado em uma caixa específica ali dentro. Retirei a parte de baixo da mesma delicadamente, sem parar de beijar o corpo da menor. A visão de Kim Jisoo gemendo era a coisa mais gostosa de se ver e ouvir. 

- Estou sendo idiota agora, Jisoo?

Jisoo: - A-amor.....

Brinquei com vibrador, o alisando na entradinha da mesma. 

- Responda-me, Jisoo.

Jisoo: - N- Não....aah...

Sorri satisfeita, encaixei o vibrador na entrada da garota. A ouvindo gemer sofrega. Aquilo estava enxarcando minha calçinha. 

- É gostoso, não é, meu amor?

A mesma assentia entre gemidos. Rebolando contra o vibrador. Deixei um tapa forte em sua coxa.

- Não é? - Sorri sacana, a menor estava se contorcendo.

Jisoo: - S-sim... aah....

Enfiei um dedo na intimidade da garota, a estocando juntamente com o vibrador. Voltei a morder e a marcar todo seu corpo, resultando em marcas roxas e lindas de se ver.


A mesma gozou. Prorpocionei o melhor orgasmo da vida dela. 

Passamos a noite brincando, nos divertindo, nos amando. 

Esse foi o melhor anivésario de namoro. Kim Jisoo é a mulher da minha vida, e quero ficar com ela até o ultimo suspiro.

- Eu te amo, garota.



Fim.




Notas Finais


Aaaaaaaaaaaaaaa

Gostaram? Ai eu não sei se foi tão legal assim, ja que foi meu primeiro bdsm em fic.
Eu espero que tenham gostado. Deixem suas opinioes nos comentarios. Fico feliz em saber o que passa na cabeçinha de vocês.

Enfim, obrigada por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...