História Unexpected love - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Imagine Jeon Jungkook
Visualizações 6
Palavras 2.090
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi guys! Tudo bom? Então, vim aqui trazer essa fanfic incrível e super inesperada para vocês, só para deixar claro, o romance seu e do Jungkook vai demorar um pouco, e vai ser difícil, vai ser uma coisa super inesperada, mas é isso, não vou falar muito porque não vou dar spoiler.
Boa leitura❤

Capítulo 1 - Chapter One


Fanfic / Fanfiction Unexpected love - Capítulo 1 - Chapter One

Olá, me chamo S/n Miyazaki, fiz 20 anos faz apenas alguns dias, sou formada em dança, em todos os estilos, eu amo dançar desde pequena, assim que meus pais perceberam que eu levava jeito me colocaram em uma escola de dança, eu tinha sete anos, por mais que eu era nova eu sabia dançar melhor do que muitas pessoas mais velhas.

Tenho uma irmã mais nova de 15 anos, ela é tudo para mim, sempre me ajuda em tudo, me motiva cada vez mais e isso é tudo para mim, meus pais sempre me apoiaram também, eu amo muito minha família, somos muito próximos, meu pai é japonês e minha mãe também, aprendi a falar japonês com eles, falo desde os meus 5 anos de idade.

Estou bem ansiosa pois fui chamada para coreografar um grupo muito falado, eles chama Bangtan Boys ou BTS, eu já ouvi muito sobre eles mas nunca me chamou muito a atenção, quando eu soube que iria coreografar eles fui procurar mais sobre eles, eles dançam muito e são bem bonitinhos mas nada que me chame muito atenção, até porque não estou aqui para achar alguém bonito, e o que eu menos quero no momento é ter uma paixão não correspondida.

Sou brasileira e moro em São Paulo, mas sei falar 5 línguas, sei falar Inglês, Japonês, Coreano, Francês e Espanhol, sou muito dedicada e quando quero algo eu consigo, não importa o que eu tenha que fazer.

Sempre fui a "nerd" da sala, porém não via isso como algo ruim, era ótimo pois todos sabiam que eu era a melhor e sempre ia ser, sempre fui nerd porém me cuido muito, nunca tive problema com bullying sobre minha aparência, sempre participei de tudo, sou bem ativa, sei jogar todos esportes e principalmente Handbol, sempre fui apaixonada por handbol, bom, é isso, estou fazendo minhas malas para ir para Coréia do Sul, sempre achei lá muito bonito, sempre tive vontade de ir para lá.

Terminei de arrumar minhas malas e fui me despedir dos meus familiares, melhor não citar tudo pois ficaria horas aqui falando sobre tudo, guardei minhas malas no porta malas do meu carro e depois entrei e fui a caminho da casa da minha melhor amiga desde infância, ela se chama Sun, nos conhecemos desde quando tinhamos 2 anos, sempre fomos grudadas, sempre estivemos juntas, ela é uma irmã para mim, ela é modelo, é perfeita, admiro demais ela, é uma mulher incrível, cheguei na casa dela e ela entrou no carro e então fomos a caminho do aeroporto, ficamos conversando até chegar lá, sempre temos assunto para conversar, se deixar conversamos até sobre pedra.

S/n- Sun, me ajuda aqui, meu sapato ta quebrando. - Fiz cara de raiva.

Sun- S/a, pega outro sapato na sua mala, rápido.

S/n- Eu não vou sair do carro com o sapato quebrado né sua maluca!

Sun- Eei! Não fale assim comigo, sabe que sou frágil!

S/n- Pega logo um salto para mim na mala Sun! 

Sun- To indo! 

Porque tudo dá errado comigo? É um saco, vou colocar outro salto e jogar essa porcaria que estou usando fora! 

Sun- Pronto? Vamos logo, to ansiosa! - Fez cara de entusiasmos.

S/n- Menos Sun, menos.

Sun- Vai dizer que não está ansiosa? Você vai coreografar o Bts amiga, isso é incrível.

S/n- Eu sei, mas estou nervosa, não sei se consigo.

Sun- S/a, você consegue tudo o que quer meu amor, você é dedicada e forte, você é incrível, então não fique nervosa.

S/n- Já disse que te amo demais?

Sun- Já, mas pode dizer quantas vezes quiser porque eu amo isso. - Veio correndo dar um abraço bem apertado em mim.

S/n- Já chega né? Vamos indo porque se não perdemos o vôo.

Saímos do carro e pegamos nossas malas e fomos para aonde íamos pegar nosso vôo, fomos praticamente correndo pois estávamos meio atrasadas, chegamos a tempo, o vôo chegou bem na hora que chegamos lá, fizemos tudo e entramos, conversarmos por um bom tempo, depois Sun acabou caindo no sono, eu fiquei vendo alguns vídeos do Bts que eu havia baixado antes, e eles realmente são habilidosos, treinei um pouco quem é quem para não ficar confusa na presença deles, pois não queria passar vergonha logo de cara, acabei caindo no sono também. 

Coréia do Sul- Seul

Acordei e já estava no outro dia a tarde, agora são exatamente 18:00, o avião está pousando, eu e Sun pegamos nossas malas e fomos descer, eu senti que estava esquecendo algo.

S/n- Acho que estou esquecendo alguma coisa.

Sun- Aah S/n, pelo amor de Deus, e o que é em?

S/n- Acho que não é nada não, deixa para lá.

Nós descemos e fomos saindo do aeroporto, ficamos conversando e andando pelas ruas frias de Seul, eu devia ter pegado roupas mais quentes. 

Sun- S/n, estou faminta, aqueles lanchinhos não resolveram minha fome não, podemos ir em lugar para comer?

S/n- Claro, aonde quer ir?

Sun- Não faço idéia, vamos achar algum lugar, pesquisa ai no seu celular.

S/n- Okay. - Comecei a procurar meu celular na minha bolsa, não estava achando e então comecei a ficar desesperada. - Sun, acho que eu perdi meu celular! Eu vou morrer! - Comecei a chorar.

Sun- S/n! Se acalme, quando puder você compra outro meu amor, não fique assim que só vai piorar as coisas. - Enxugou minhas lágrimas e sorriu para mim. 

S/n- Mas eu sou muito burra Sun, por que tenho que ser assim?

Sun- Também não sei. - Voltou a andar.

S/n- Ei! Era para você falar que eu não sou burra! - Comecei a andar junto de Sun.

Sun- Não gosto de mentiras S/a.

Começamos a rir e então adentramos um restaurante, nos sentamos e o garçom veio até nós, anotou nossos pedidos e saiu, fiquei observando o lugar, é muito bonito aqui, to bem feliz, agora vou ter uma nova vida, pelo menos por algum tempo, estava olhando o lugar e acabei esbarrando meu olhar com um moço, ele era muito lindo, seu rosto era super delicado, ele estava sorrindo para mim, eu retribui o sorriso e fiquei olhando aquele homem lindo.

Sun- S/n?? Ei! S/n! 

S/n- Aa, oii Sun.

Sun- Por quê ta vermelha assim?

S/n- Eu to vermelha? Merda...

Sun- Humm, por que está vermelha em senhorita? Ta com vergonha do cara bonito ali?

S/n- Como você sabe??

Sun- Vocês ficaram se encarando por uns 3 minutos, todo mundo viu.

S/n- Ai meu Deus, sério?

Sun- Sim, ah! Nossa comida chegou! Estou morrendo de fome.

S/n- Agora nem tenho mais coragem de olhar para ele de novo.

Sun- Então pelo menos coma S/a.

Nós comemos conversando sobre coisas aleatórias, então antes de sairmos Sun precisou ir ao banheiro, paguei e conta e como eu estava sem celular sai para fora do restaurante e fiquei observando a cidade maravilhosa que Seul é, aquele vento geladinho batendo, estava me deixando relaxada e calma, até que levei um susto.

- Olá.

S/n- O-oi. 

- O tempo está muito bom né?

S/n- Sim, muito.

- Gosta de frio?

S/n- Bom, gosto, mas depende, prefiro meio termo.

- Entendo.

S/n- E você? Gosta?

- Amo.

S/n- Legal. - Tomei coragem e o encarei.

- Desculpa a pergunta, mas como você se chama?

S/n- Me chamo S/n, S/n Miyazaki.

- Bonito o nome.

S/n- Obrigada, e como você se chama?

- Song Kang.

S/n- Aah, legal. - Sorri sem jeito.

- Bom, preciso ir agora S/n, será que poderia me passar seu número? 

S/n- Claro! Deixa eu só...a não, eu perdi meu celular hoje...

- Tudo bem, então você fica com o meu número e quando puder me chama. - Pegou um papel e começou a escrever seu número e me entregou. - Tchau S/n, foi um prazer te conhecer. - Sorriu.

S/n- Tchau Song Kang, o prazer foi meu. - Retribui o sorriso. Ele saiu andando e entrou em um carro, fiquei olhando até que o carro saiu de vista.

Sun- Então quer dizer que estava conversando com o bonitão!

S/n- Sun, desde quando você está ai?

Sun- Faz pouco tempo, só vi ele anotando o número dele e dando para você.

S/n- Aa, você não presta mesmo, vem, vamos para um hotel.

Sun- Vamos.

Fomos andando, achamos um hotel duas ruas depois do restaurante, entramos e pegamos um quarto, subimos rapidamente pois estávamos cansadas, entramos no quarto e nos jogamos na cama.

S/n- Tem só uma cama, nem tinha reparado.

Sun- A gente sempre dorme juntas mesmo.

S/n- Sim. - Sorri. - Vou tomar um banho.

Sun- A não S/n, deixa eu ir antes. 

S/n- Não, eu falei primeiro, enquanto eu tomo banho vai arrumando suas roupas no armário.

Sun- Okay, vai lá.

Peguei um pijama na minha mala e adentrei o banheiro, liguei o chuveiro bem no quente, estava com muito frio, me despi e entrei no box, tomei um banho não muito demorado, sai e me enxuguei, me vesti e saí, dando de cara com Sun com os olhinhos fechando, ai meu Deus, que bebezinha, fui até ela e a abracei, depositei muitos beijos em sua bochecha.

Sun- Chega S/a, já não deu o bastante não?

S/n- Se reclamar eu dou mais! Agora vai tomar seu banho que vou arrumar minhas coisas.

Sun- Okay.

Sun entrou no banheiro e eu comecei a tirar minhas coisas da mala e arrumar no armário deixando-as junto as roupas de Sun, quando terminei Sun saiu do banheiro, arrumei a cama e coloquei ela deitada pois ela estava muito cansada, olhei no relógio e já era 23:00, lembrei que amanhã as 08:00 tenho que estar na Big Hit para conhecer meu patrão e os meninos, arrumar os contratos, e também comprar um celular novo pois estou sem, me deitei e cai no sono rapidamente.

Coréia do Sul- Seul- 07:00

Acordei com o despertador, levantei e o desliguei, estou bem cansada, mas vamos lá né, tomei um banho rápido e sai, arrumei meu cabelo, deixei ele solto mesmo, comecei a passar maquiagem pois não podia ir com aquela cara de derrotada né, passei uma base cushion, corretivo, delineador, rímel, e um lip tint na boca e nas bochechas. Arrumei minha bolsa e coloquei uma roupa social, uma saia preta justa até o joelho, uma regata branca e um blazer preto por cima, peguei a chave e destranquei a porta e saí, Sun continuou dormindo, ela tem o sono bem pesado, não é qualquer coisa que acorda ela não.

07:50 

Peguei um táxi, acabei de chegar na empresa, entrei e fui recebida pela recepcionista.

- S/n Miyazaki?

S/n- Isso.

- Olá, seja bem vinda, meu nome é Park Sora.

S/n- Prazer Sora. - Fiz reverência e ela fez o mesmo.

- Me acompanhe por favor.

Fui seguindo ela até o último andar, a porta do elevador se abriu e dei de cara com o meu patrão e dois homens, parece que os conheço, Sora adentrou a sala e eu fui atrás dela.

- Olá S/n, prazer em conhecê-la, eu sou o dono da Big Hit Entertainment, me chamo Bang Si-hyuk, esses dois são Kim Namjoon e Kim Taehyung. - Os olhei e fiz reverência e eles fizeram o mesmo.

S/n- Olá, prazer em conhecê-los. - Sorri.

Si-hyuk- Sora, pode nos dar licença por favor?

Sora- Claro. - Sorri para ela e fiz um tchauzinho com a mão e ela fez o mesmo e saiu da sala.

Si-hyuk- Sente-se por favor S/n. - Fui em direção a cadeira que ficava em sua frente do outro lado da mesa, fiquei sentanda ao lado dos dois homens, que no caso vou trabalhar. 

Meia hora depois...

Si-hyuk- Pode assinar aqui por favor S/n.

S/n- Claro. - Peguei a caneta e assinei o contrato.

Si-hyuk- Bom, está tudo pronto, você começa amanhã, meninos, levem a senhorita Miyazaki para conhecer o resto do grupo.

Namjoon- Eu vou ter que passar na sala da Sora agora.

Taehyung- Eu á levo.

Si-hyuk- Okay, seja bem vinda S/n.

S/n- Muito obrigada. - Sorri.

Taehyung- Tchau Si-hyuk, até mais tarde.

Si-hyuk- Até Taehyung.

Taehyung se levantou e eu fiz o mesmo, fui o seguindo, ele não parece ser muito amigável, as vezes é apenas coisa da minha cabeça, chegamos a porta de uma sala.

Taehyung- Vamos entrar?

S/n- S-sim...

Taehyung- O que foi?

S/n- Estou nervosa.

Taehyung- Se acalma, nós somos super amigáveis, pelo menos eu acho.

S/n- Okay, vamos lá. - Taehyung abre a porta e todos os outros membros estão lá e voltaram suas atenções a mim.

S/n- Olá! Sou S/n Miyazaki, vou trabalhar com vocês a partir de amanhã.

E ai começou uma nova jornada da minha linda e brilhante vida.






Notas Finais


Eai? Gostaram? Espero que sim!
Até o próximo capítulo 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...