História Unexpeted - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster
Tags Jikook, Jimin!bottom, Mpreg, Mpreg Jikook, Namjin, Top!jungkook
Visualizações 461
Palavras 707
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


SIM, EU VOLTEI AUSBAISBAYISHBA

Espero que gostem <3

Capítulo 3 - The truth


Sinto muito senhor...Mas ele não resistiu...- Diz o médico para Jungkook

M-Mas....- Sinto meus olhos arderem e as lágrimas saírem rolando...

Senhor?

Sinto alguém me chacoalhando, então abro os olhos, logo minha cabeça é invadida com as lembranças de umas horas atrás.

S-Sim? - Pergunto me ajeitando na cadeira

O senhor é o responsável por Park Jimin? - O médico pergunta me encarando

Sim, sou eu...- Digo em quanto encaro o médico desconfiado- Ele es....-Minha fala é cortada pela voz grossa do médico

Ele quer te ver - Ele diz em quanto sai pelo corredor, provavelmente em direção ao quarto do Park para me guiar. Então me levanto e sigo o mesmo, logo parando em frente a uma porta branca, que logo é aberta pelo médico. Após ela ser aberta, tenho a visão de um quarto tão branco quanto a porta (bem sem graça por sinal), então paro meu olhos em Park no meio da sala, me encarando digamos que um pouco assustado.

O que ele tem senhor....? - Pergunto esperando o mais velho me dizer seu nome

Pode me chamar de Dr.Son - Ele dá um sorriso sem mostrar os dentes, logo desfazendo o mesmo e pegando uma prancheta, com várias coisas escritas em uma caneta preta, como o nome de Park, a Idade e.....Semanas? O que diabos seria "Semanas"?- Ao que tudo indica...Seu namorado está em um Onanismo. - Ele sorri e suspira, logo complementando sua própria frase- Ele está Gravido 

Acho que a minha cara não foi uma das melhores, minhas mãos começaram a suar frio...Eu realmente travei. Até que meus pensamentos foram retomados por um som...Um som bem baixinho. Um som de choro baixinho. Olho para Jimin e lágrimas grossas saiam de seus olhos. Claro que eu não estava em uma situação diferente... Então apenas me aproximei do menor e fiquei o encarando, desci meu olhar até uma de suas mãos (Que me chamou muita atenção) , sua pequena mãozinha estava sobre sua barriga sem nenhuma elevação. A unica coisa que consegui fazer naquele momento, foi me aproximar ainda mais, colocar minha mão em cima da sua, logo permitindo que mais lágrimas silênciosas saíssem de meus olhos. Sem que eu percebesse, o médico enfiou a seringa no braço de Park, mas sem soltar o líquido. 

Ei, o que você está fazendo? - Pergunto o encarando com os cenhos franzidos

Aplicando alguma coisa para esse bebe maldito, é uma relação entre dois homens, não posso permitir que duas aberrações tenham um bebe nos braços... - Ele diz quase injetando o líquido amarelado no braço de Park, mas consigo tirar antes que ele conseguisse colocar uma gota nas veias do menor...

Pare com isso!!... - Digo alto, logo pegando a seringa de sua mão e a jogando para longe. Mas logo após eu fazer isso, sinto uma ardência em minha bochecha, o que deduzo ser um soco. - VOCÊ FICOU LOUCO? - Acerto uma sequencia de socos em seu peito, mas logo o vejo sair correndo para fora do hospital, entrando em um carro e logo indo para longe.

Suspiro alto, então lembro de Park e seguro seu rosto com as minhas mãos

J-Jimin...Por favor Jimin...E-Eu preciso de vocês -Digo, logo vendo o mesmo abrir os olhos.

J-Jeon, o que aconteceu? - Ele diz logo se lembrando de tudo o que aconteceu antes dele apagar

Nada, não aconteceu nada...Ok? - Digo e ajudo Jimin a levantar, vejo que o mesmo está com a mesma roupa desde a hora que ele saiu de casa. - Que tal...Irmos para a minha casa?, você precisa tomar banho, se alimentar e...- Ele cortou a minha frase

Eu já sabia...- Isso foi o suficiente para me paralizar

C-Como? Por que não me contou? - De preocupação meu sentimento mudou para raiva. Era uma coisa inexplicável. Por isso achei melhor nem saber, eu só iria ficar com mais raiva. Então quando Jimin abriu a boca para falar, eu o cortei- Quer saber...Eu não ligo, anda...vamos pra casa. -Digo saindo do quarto em que estávamos, sendo seguido pelo mesmo até o carro. Então entro no carro, pela porta do motorista e vejo Jimin entrando pela porta do passageiro, logo fechando a mesma...Então ligo o carro e vou em direção a minha casa


Notas Finais


OBRIGADA PELOS QUASE 60 FAV <3 <3 <3
Amo vocês :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...