História Unforgettable - Camren G!p - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ariana Grande, Camila Cabello, Camilag!p, Camren, Camreng!p, Dinah Jane, Drama, Fifth Harmony, Keana Marie, Kristen Stewart, Lauren Jauregui, Lesbicas, Normani Kordei, Racha, Romance, Selena Gomez, Suspense, Vero Iglesias, Zac Efron, Zayn Malik
Visualizações 2.124
Palavras 1.171
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meta batida!!! Mais um capítulo pra vocês, acabou por hoje kkkkkk

Boa leitura amores! 💜

Capítulo 12 - Me diz!


Fanfic / Fanfiction Unforgettable - Camren G!p - Capítulo 12 - Me diz!

POV Autora

Assim que Camila deitou a irmã no sofá sentiu suas costas doer, ela nem sentou no sofá, ficou em pé quebrando a cabeça. Lauren que se manteve calada o caminho todo, não estava com condições de ir pra casa aquela hora, a mesma estava sentada em um dos sofás da sala

— Camila, se acalma, Karla não sabia de nada que ia acontecer — Dinah tentou acalmar a latina que caminhava de um lado pro outro

— Como manter a calma?? Essa idiota correu risco! E tudo seria culpa minha se eu não tivesse aparecido — ela sentou no sofá colocando as mãos no rosto, a latina se perguntava como a irmã era tão burra ao ponto de ir a uma festa de um desconhecido — Como você pôde deixar ela ir, Lauren?

— Se eu não fosse com ela, ela iria beber mais que o normal, então eu acompanhei pra não acontecer o pior

Lauren estava sóbria, com apenas um vestido preto colado ao corpo, sapato branco da Adidas, argolas grandes e o cabelo em um coque dessarumado. Ela estava mais sexy que o normal, seus verdes estão intensos passando um ar intimidador

Elas ouviram um grunhido baixo e olharam pra Karla, ela estava acordando, parecia ter tido um sonho maravilhoso. Diferente das meninas que tiveram um pesadelo hoje. Ela manteve o sorriso quando finalmente abriu os olhos

— Oi gente e Camila — Karla falou sarcástica, ela não deveria ter falado daquele jeito com a irmã

— Sua vagabunda! — exlamou Camila tentando ir pra cima da irmã que apenas riu sobe efeito do álcool

— Calma, não faz uma coisa que você pode se arrepender depois! — Dinah mais uma vez tentando colocar palavras na cabeça de Camila. Aquele com certeza, não era hora apropriada

— MUITO LINDO VOCÊ BEBER E ME TRAZER PROBLEMAS! — Camila gritou todas as palavras com força, a garota está vermelha como um pimentão — EU DEVERIA TER TE DEIXADO LÁ! MAS NÃO, EU SOU A IRMÃZINHA BOAZINHA — continuou agora com lágrimas nos olhos, ela sentiu mãos geladas agarrarem sua cintura e não era as de Dinah

— Camz… — em um sussurro Lauren conseguiu amenizar a raiva de Camila, era incrível o efeito dela sobre a latina

— Por que você é assim? Por que? ME DIZ!! — lágrimas rolaram por seu rosto e ela desmanchou nos braços das duas garotas

— Eu vou levar ela lá pra cima — Dinah disse calma e dando um beijo carinhoso na testa da amiga — Tá tudo bem

E então, Dinah pegou Karla nos braços e a levou para o quarto. Camila continuava a chorar, agora nos braços de Lauren. Ela precisava tirar pelo menos um pouco do peso que estava levando nas costas, mas não adiantaria com a irmã bêbada. Camila, sempre foi uma boa garota, boa na escola, boa em casa, boa em todos os lugares que passava. Era amada por todos e destribuia o dobro do amor. Isso acabava com as chances da irmã gêmea, Karla, cresceu sendo uma garota fria e de mal com todos, principalmente com a irmã gêmea. Ela se perguntava o porquê de não ser igual a irmã. Com um tempo Karla, que até então era mal apenas por vista, acabou começando a piorar as situações, Austin e Haille apareceram na vida dela, foi ai que a adolescência de Camila Cabello acabou, mas não por completo. Ela sofreu agressões dos queridos amigos da cópia dela, Karla nunca teve coragem de tocar na irmã, ela apenas dizia o que os dois teriam que fazer. Camila, escondia os roxos com blusas de mangas longas, ela usou o que não queria durante dois anos de puro inferno. Ela não poderia abrir a boca, pois era ameaçada, mas certo dia ela contou para a melhor amiga Normani, e eles descobriram. No outro dia, Camila não passou nem pelo portão da escola, foi puxada para o mesmo beco de sempre e ali cortaram os lindos cabelos dela, os castanhos que ela tanto amava e cuidava foram picados sem dor, nem pena. Quando a latina completou 16 anos, recebeu uma bolsa para um dos melhores colégios de Los Angeles, e lá ela conheceu Dinah Jane e seus outros amigos. Durante os três anos que passou por lá, pensou e repensor tudo que havia passado nas mãos da irmã e os amigos dela. A Cabello mais velha, perdoou a irmã, e foi por ai que uma vida novs começou. Por fim, Camila mudou na aparência e comportamento, se tornando uma mulher sexy e sem medo, ela gosta de arriscar, esse é o lema dela

— Por que ela é assim, Lolo? — Camila perguntou em meio a soluços

— Xiuu, não fala nada

A olhos verdes continuava fazendo carinhos nos cabelos da latina, ela não cansaria de olhar nos olhos da morena e encontrar um mar castanho. Camila é amorosa, encantadora, protetora e sempre sabe o que faz. Não pode ver alguém maltratando outro que já quer se meter. Aliás, Camila faz academia, a mesma não pega muito pesado, mas pega o suficiente para acabar com muitos de uma vez. Mesma situação de Lauren, a diferença delas é apenas o modo de se vestir, Camila, odeia ser mocinha, nunca gostou de usar vestido ou algo do tipo. Diferente de Lauren, a mesma ama roupas femininas, mas claro que não deixa de usar aquela calça e jaqueta de couro que leva todos e todas a loucura

Se passou o tempo e Camila, havia se acalmado, Dinah, tinha descido e disse que apenas colocou Karla na cama. A garota acordaria com uma raiva tremenda só por ter deitado na cama sem tomar banho antes

— Ela não vai lembrar de nada que aconteceu hoje — Dj falou olhando pras meninas

— Eu espero que ela lembre pra ver se vai tomar vergonha na cara ou vai continuar a mer-

— Camila! — Dj repreendeu a amiga que revirou os olhos, ela só queria falar uma verdade e não podia — Eu vou subir, cansei por hoje, boa noite pra vocês e juízo — a loira disse com apenas um sentido, apenas Camila entendeu naquela sala

O clima na sala estava pesado, mas um pesado bom. Ninguém falava nada, apenas o som das respirações das duas, podia ser ouvida naquele cômodo

— Eu também vou — por incrível que pareça, as duas falaram no mesmo segundo, ela se entreolharam e sorriram uma pra outra

— Boa noite, Lauren — a latina desejou se pondo de pé

— Boa noite, Camila e… obrigada, você e Dinah, nos salvaram de uma enrascada — Lauren riu de um jeito que fez Camila sorrir automaticamente

 Camila foi pega de surpresa por Lauren que a puxou para um abraço apertado, quando as peles em temperaturas diferentes se tocaram, um choque passou por ambos os corpos. Aquilo foi estranho pra duas, mas elas não deixaram de sorrir uma para a outra antes de cada uma ir para o seu quarto


Notas Finais


Comentem o quanto quiserem, sem meta nesse, beijos bolinhos 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...