História Unforgettable - Camren G!p - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Camilag!p, Camren, Camreng!p, Dinah Jane, Drama, Fifth Harmony, Keana Marie, Kristen Stewart, Lauren Jauregui, Lesbicas, Normani Kordei, Romance, Selena Gomez, Suspense, Vero Iglesias, Zac Efron, Zayn Malik
Visualizações 1.591
Palavras 1.134
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Suspense, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu tô tão animada pra amanhã, finalmente maratonaaaaaaaa!!! Eles já estão todos prontos, quero todo mundo animado e participando

Entãooooo, se preparem, ok?

Capítulo 13 - Cuidado com o que fala


Fanfic / Fanfiction Unforgettable - Camren G!p - Capítulo 13 - Cuidado com o que fala

POV Autora

Manhã fria em Miami, Camila não queria sair da sua cama quentinha, mas foi obrigada pela amiga. Assim que Camila terminou de vestir a jaqueta a porta foi aberta por quem ela não esperava naquela manhã

— Oi Camz — o sorriso estampado no rosto de Lauren fez Camila sorrir como sempre. A mais velha correu para os braços da latina a abraçando carinhosamente

— Hey, como você tá? — a mais nova no cômodo perguntou descolando os corpos depois de um longo abraço

— Bem — Lauren sentou na beira da cama e deixou com que seus seios se firmassem mais, o olhar da latina foi justamente para os seios da mulher, ela não podia, e ela sabia disso — Aonde vai toda arrumada? — ela perguntou curiosa, a mesma sabia que não era da conta dela, mas não se segurou

— No shopping e depois resolver algumas coisas — Camila disse tentando conter seu olhar

— Muitos segredos, Cabello — Lauren falou rouca fazendo o corpo da latina estremecer — Te espero lá embaixo

E assim ela saiu do quarto. Lauren estava simples, mas mesmo assim linda como sempre. Vestia um short jeans claro e um body preto de crochê, nos pés chinelas simples. Naquela manhã Lauren, não optou por sutiã o que resultou em um quase desmaio de Camila, a garota tinha quase entrado em um colapso nervoso, mas saiu viva do quarto. Quando ela estava fechando a porta aparece quem não devia

Karla

Ela cambaleava de um lado pro outro, parecia estar perdida, se lembrar da noite passada não faria sentido. A mesma bebeu demais a ponto de esquecer de tudo

— Camila? — perguntou a latina tentando ver a irmã, ela nem conseguia exergar direito, mas aquilo voltaria ao normal com uma ducha

Camila, não fez o favor de responder, ela desceu as escadas deixando Karla, sem resposta e além do mais sozinha. Adentrou a cozinha vendo apenas uma das empregadas

— Bom dia — Camila disse gentil e pegou uma maçã

— Bom dia senhora, deseja algo? — a de idade perguntou

— Não, obrigada — a latina disse sorrindo e saiu da cozinha

— Finalmente, encontrei você

Dinah estava que nem louca no andar de cima, enquanto a amiga já estava no andar de baixo. A hispânica está com uma calça jeans clara junto com um cropped estilo tomara que caia. Já Camila, veste uma calça de couro preta, junto com uma blusa preta e jaqueta cor vinho. Simplesmente as duas estavam deslumbrantes mais uma vez

— Precisamos ir logo, antes que- — a fala de Dinah foi interrompida por uma voz calma

— Tem alguém aqui? — a voz de Mani foi ouvida da sala mesmo

— Caralho! O que ela tá fazendo aqui?? — Dj sussurrou brava, lembranças e mais lembranças vinham a sua cabeça a todo estante

— Mila! — exclamou a morena indo abraçar a amiga — Dinah — sorriu amarelo para a loira que devolveu o mesmo sorriso

— Desculpa Mani, mas eu já estou de saída, mas a Lauren tá em algum canto dessa casa — sorriu Camila assim que falou de Lauren, parecia até bobona por ela

— Ok mulher de negócios, depois a gente conversa

A morena disse divertida e se despediu da amiga, logo após foi a procura da outra olhos verdes

— Agrrr — Dinah grunhiu saindo de perto de Camila e indo logo pro carro, não deixou nem que a latina pegasse as chaves do próprio automóvel. Camila foi atrás da amiga e rapidamente entrou no carro, a loira já tinha até aberto o portão

— Ok, você vai me contar agora ou eu rodo com você até vomitar

A morena não estava para brincaderias, Camila, não aguentava mais ver suas melhores amigas com birras, e pior, não saber a razão daquilo tudo. Ela precisava saber de uma das bocas ou trancaria as duas dentro de um quarto

— Contar o que? — Dj se fez de desentendida, o que Camila sempre odiou, mas sempre fez

— Qual é da Normani com você? Vivem de birra quando se encontram, não podem olhar pra cara uma da outra que já querem brigar — a latina jogou tudo na cara de Dinah a fazendo a olhar incrédula

— Sua situação com sua irmã — por uma parte a loira tinha razão, mas ela estava tentando fugir da conversa

— O assunto não tem nada a ver comigo e sim com você — Camila disse séria e ouviu a amiga bufar, ela havia se dado por vencida, literalmente jogou tudo pro alto e respirou fundo antes de começar

— Eu e Mani, namoramos um ano, mas o namoro era escondido, eu vinha ver ela nos finais de semana sem os pais dela ficarem sabendo. Na época eu tinha 15 e ela 16, viviamos um conto de fadas, planejavamos o futuro, falavamos que iriamos enfrentar todos que tentassem acabar com nosso amor, mas… — ela deu uma pausa recuperando o fôlego — Mas tudo foi pra lama quando os pais dela descobriram, me proibindo de a ver ou mesmo trocar mensagens. Todos os dias eu prometia que eu iria enfrentar os pais dela e revelar nosso namoro, porém foi impossível. Os pais da Normani, não queriam nem olhar na minha cara, eu fiz de tudo, Camila, mas ela não acreditou em mim, me chamou de mentirosa na última vez que tivemos a oportunidade de ser ver

Do começo ao fim o coração da hispânica apertou, apertou tanto que quebrou como naquele maldito dia. Normani não havia acreditado em Dinah, na época elas eram jovens demais para lutar pelo amor. Elas apenas queriam aproveitar a companhia e amor de ambas, a cada encontro o coração das duas aceleravam, as pernas bambeavam e elas sorriam sem parar. Agora, elas podem sentar para conversar como duas adultas e resolver tudo na base da conversa e calma

— Eu… eu realmente não fazia idéia que vocês duas tiveram um namoro escondido — Camila disse tirando o olhar da rua e pousando ele na amiga. Dinah estava abalada como naquele dia. Ter contado isso pra alguém foi como ter tirado um peso das costas, e tudo era por causa daquele dia. O dia em que o mundo dela desabou

— Ela me machucou, ela não acreditou em mim — seu rosto estava banhado de lágrimas, mas Camila tratou de passos os dedos delicadamente pelas bochechas da amiga

— Vocês eram adolescentes, agora são adultas e podem conversar como tal

— Eu a odeio com todas as minhas forças — Dinah lembrou das palavras de Normani e o ódio que ela sentia pela morena, surgiu de repente

— Cuidado com o que fala, você pode se arrepender depois

 Camila tinha razão mais uma vez


Notas Finais


Esse foi só pra vocês se aquecerem, até amanhã de manhã, babes 😏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...