História Unforgettable day -Sasunaru - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kabuto, Kidoumaru, Killer Bee, Konan, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Mei, Menma Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shisui Uchiha, Temari
Tags Lemon, Naruto, Romance, Sakuino, Sasunaro, Universidade, Yaoi
Visualizações 179
Palavras 1.463
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Hentai, Lemon, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente dsclp ñ ter postado esses dias...eu estava mnt, mnt, mnt cansada!

Me dsclp mesmo!
Espero que esse ep esteje ao nível...

Capítulo 50 - - É o meu fim!


Fanfic / Fanfiction Unforgettable day -Sasunaru - Capítulo 50 - - É o meu fim!

Naruto *

Eu fico um pouco triste por ele ter ido embora, mas entendo que não é um bom momento pra ele ficar...

Eu só espero que ele esteja bem!

Eu fico por alguns segundos parado em frente a janela, encarando a cama ...

-" Bom...nós voltamos e eu não poderia estar mais feliz!"

Minhas bochechas esquentam ao ver a cama toda bagunçada e lembrar que ele estava lá....comigo!

Foi uma noite incrível e eu não posso esperar para a de hoje...só de pensar que vou ter o calor do corpo do meu amor em mim de novo meu corpo todo estremece

Um suspiro rouco escapa da minha garganta emquanto eu caminho lentamente até o guarda-roupa pra pegar uma bermuda.

Eu a visto e me jogo na cama agarrando o edredom, apreciando o cheirinho dele que ainda estava lá.

***

Kushina- Filho, já está acordado?

A voz doce da minha acaba me assustando e me tira imediatamente do meus pensamentos

-Hurum...pode entrar ...

K- Tudo bem?

Ela me encara por um segundo, observando meu corpo que está todo espalmado no colchão, e minha respiração totalmente pesada .

- Tá sim, e você tá se sentindo bem? Não foi trabalhar hoje!

K- Ah eu estou bem ...só tô de atestado ...

Ela sorri e eu me afasto, dando espaço pra ela se sentar.

Ela se senta ficando do meu lado e começa a fazer carinho em mim.

K- Vai me contar o que aconteceu?

- An?...como assim?

Eu me assusto por um segundo ...-"será que ela sabe? Droga! Não consigo mentir pra ela... "

K- Ah..sla você tá com o rosto mais alegrinho que os outros dias...Eu estou feliz por estar assim ...

Ela da um sorriso grande pra mim e eu sinto uma fisgada no peito, por saber que não posso dizer o porque de eu estar feliz...

- Bom...Eu tive um sonho bom essa noite...

K- Ah...Vai me contar?

Sua voz sai entusiasmada e eu me sinto mal novamente ...

- Pode ser no café? To cagado de fome...

K- (risada) Pode sim ...vamos!

Ela se levanta e vai pra cozinha ...

Eu fico por mais alguns minutinhos deitado, sentindo aquela sensação maravilhosa que aquele ambiente estava me proporcionando ...

Eu estou com alguns sentimentos diferentes e alguns pensamentos confusos, que não me deixam pensar direito.

Por um lado estou muito feliz por ter voltado com o Sasuke e só de pensar nisso meu coração acelera ..

E por outro lado estou mentindo pros meus pais, e bom...não faço isso desde que era criança, e mentia sobre quem comeu o bolo na geladeira, ou sobre as reuniões de pais da escola, mas isso não é a mesma coisa...

Eu me levanto dessa vez, diferente de dias atrás, hoje eu realmente estou com vontade de levantar, vou até o banheiro fazer minhas higienes pessoais.

***

Eu fico toda a manhã com a minha mãe e desfruto de seu carinho e atenção... Nós almoçamos juntos e assistimos um filme de comédia que acho que deve ser a décima sétima vez que assistimos...

Já são 14:40 e nada do Sasuke me ligar, eu já desbloquei o número dele que estava bloqueado por sei lá qual motivo, já que não fui eu que fiz...

-" Tá se Maomé não vai ao Monte o..... a Foda-se "

Eu me levanto do sofá, já que o filme acabou e minha mãe está "caçando" algo pra assistir e vou para o quarto.

****

- Que merda já liguei uma 20 vezes e essa merda não sai da caixa postal!

Eu me jogo na cama agora já arrumada ...

- Só mais uma vez, se ele não atender, eu vou ir pra lá!

- Alô!

- Alô...Itachi?

Itachi-Si-

- Cadê o Sasuke?!

Itachi- Estou bem sim e você?

(Irônico)

- Desculpe ...É que eu estou preocupado, ele passou mal a noite toda

Itachi- Aha.. duvido que ele passou a noite "mal"...

- Itachi...para! Ele tá bem?

Itachi- Tá sim, ele deve estar dormindo agora..nós fomos no hospital, é só gripe

- Como assim ele passou mal de novo?

Itachi- Abacate ele tá bem! Se quiser vir aqui...já sabe tchau!

- Abacaxi!...tchau

***

-hum .... Ele desligou, ele podia pelo menos ter passado pro emo...

Bom, preciso ir vê-lo, mas não posso chegar no meu pai e falar "Ah pai, meu eminho delícia está doente. E eu estou indo cuidar dele". Meu pai cuspiria fogo!

Preciso pensar em um plano... Mas qual? Conto tudo pra minha mãe? Será que ela vai me apoiar?

Me jogo na cama me afundando em pensamentos e teorias, estou entrando em desespero, não posso ficar aqui com ele doente...

Ele está doente por minha culpa ...não podia ter deixado ele ir dormir molhado depois de tomar chuva ...

Eu estou triste e sem saber o que fazer, até meu celular vibrar -"Sasuke?"

Testa de marquise...

Tdm- Já tá melhor?

- Mais ou menos...

Tdm- Por quê?

- Bom... não tenho muito tempo pra explicar, mas é o seguinte:

O Sasu e eu voltamos, mas ele está doente e eu não posso falar pra minha mãe que voltamos e ir lá.

Tdm- Hum...deixa eu pensar

Testa de marquise; Off line

Eu fico deitado na cama por algum tempo que nem sei ao certo o quanto, fico pensando no que posso fazer ...

Eu nem vi o tempo passar, só percebi que a noite estava se aproximado pela falta de luz no meu quarto.

Eu estou me sentindo mal pelo meu moreno, eu não posso deixar ele doente e sozinho...não mesmo!

- Quer saber, vou conversar com meus pais e vou esclarecer tudo! Eles vão ter que aceitar e ponto final.

Eu me levanto e vou para o banheiro tomar um bom banho, pra poder esperar meu pai chegar do serviço.

Eu coloco a água no morno e começo meu banho...

Eu lavo bem meus cabelos com meus maravilhosos produtos Ivone...

Quero deixá-los bem cheirosos e macios... Aliás, depois de falar com meus pais, vou direto pra casa do Sasuke ...

Eu ainda estou no banho e ouço meu pai chegar...

Instantaneamente meu corpo gela e uma ansiedade enorme me toma...

Espero que ele não queira me capar!

Eu termino meu banho e vou para o quarto me trocar ...

Eu coloco uma calça jeans preta, uma blusa branca e meu casaco, calço meu tênis e volto para o banheiro pra ajeitar meu cabelo.

Eu me encaro por alguns segundos no espelho e tento ensaiar meu discurso anti-assassinato...

Meu coração está acelerado e minhas mãos estão frias...

-Beleza é agora ou nunca..

Eu falo pra mim mesmo, enquanto passo o pente no cabelo.

Eu abro a porta lentamente sentindo como se minha vida encurtasse a cada milímetro aberto...

Estou em uma situação precária!

Eu repito fundo com os olhos fechados e deixo uma inusitada sensação de confiança brotar em mim... que sinceramente não sei de onde está vindo.

Eu começo a caminhar confiante rumo a cozinha andando em passos largos.

Ando por toda a extensão do corredor, até posso sentir o vento em meus cabelos enquanto ouço Smells Like Teen Spirit (Nirvana) tocar em alto e bom som em minha imaginação.

-" Porra não posso perder a confiança! "

Assim que avisto meu pai sinto uma fisgada no peito ...

-" Ain meu lámen...não é uma boa idéia "

Ele me vê e abre um grande sorriso.

Eu ainda estou alguns passos de distância

Mas acho que mesmo tendo mais ou menos um metro e meio de distância, ele pode notar meu coração batucando meu peito igual o Jay Weinberg faz... (baterista de Slipknot)

Eu mal dou um passo a frente e sinto minha confiança vazar e ir embora -"ah não...quero ir embora socorro!"

Alguém além de mim já fez muita merda e teve que contar pros pais, e sentiu as cintadas antes mesmo de falar? Meu santo Lámen eu já vejo o famoso filme da minha vida passando pelos meus olhos.

Eu dou um passo a frente e sinto aquela sensação de quando piso em falso na sargenta ...

A minha linda música vitoriosa sumiu da minha cabeça e a única coisa que consigo pensar é em Awolnation- Run.

-" Meu Deus! Vou ser torturado numa sala preta e branca"

Minato- Oi filho, tudo bem?

-Ah ... tudo sim..

Eu caminho rápido até ele e paro em sua frente.

- Pai tenho que falar com você!

Minato- Pode falar..

- Cadê a mãe? Ela tem que ouvir também...

Oh Kami! Que nozão na garganta... tô suando feito uma porca parindo...

Kushina- Estou aqui filho!

Ela sai de trás da bancada com os pratos ...

Minato- Você quer sair filho? Você tá todo arrumado .

Kushina- Verdade tá até perfumado...

- É sobre isso que quero fautar....falar *

Eu faço uma pequena pausa, tentando parar de tremer...

- É que eu....

* Sou interrompido pelo interfone *

Kushina - Pode deixar que eu vou ver quem é!

Ela coloca os pratos na mesa e vai até a porta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...