1. Spirit Fanfics >
  2. Unforgettable night of love; -Kim Taehyung imagine; >
  3. Chapter Two;

História Unforgettable night of love; -Kim Taehyung imagine; - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei gente! Me desculpem pelos erro ortográficos!

Boa leitura, love you guys!💖

Capítulo 2 - Chapter Two;


Fanfic / Fanfiction Unforgettable night of love; -Kim Taehyung imagine; - Capítulo 2 - Chapter Two;

O caminho até o hospital estava silencioso, não falávamos nada, a não ser Taehyung que uma hora ou outra reclamava de dor. Eu estava no banco de trás junto dele, Emilly e Cauany estavam nos bancos da frente. O tal Jimin havia ficado lá no local do acidente esperando o guincho, para poder guinchar a moto de Tae. Estava com um pouco de dó do moreno ao meu lado fazendo algumas caras de dor. Pensei em dizer algo para distrair, mais não sabia formular um diálogo em minha mente.

 

Ele era muito atraente: confesso. Mais eu acho que uma garota igual a mim não faz o tipo dele. Seu cabelos eram pretos como a noite, sua pele meio bronzeada, o deixava com um olhar sexy, e seus lábios carnudos. Esse era uma obra prima dos Deuses. Saio dos meus pensamentos, quando o carro para.

 

-E-er, você poderia me ajudar?- pergunto o moreno fazendo uma careta engraçada, oque me fez rir.- Porque está rindo?

 

Ele diz com um risonho de lado.

 

-Você é engraçado.- digo sorrindo baixo.

 

-Desculpa atrapalhar sei que a conversa está boa, mais temos que descer.- disse Emi olhando para nós.

 

-S/a, você pode ficar com ele? Acho que vai demorar pro amigo dele chegar, e eu preciso ir pra casa, hoje eu irei ir resolver algumas coisas com Namjoon. -fala Cau que olhava a movimentação do hospital.

 

-Tá, ok. Você aceita minha companhia senhor Kim?- pergunto olhando para ele que estava se contorcendo de dor.

 

-Claro. E senhor não, não sou tão velho assim.- diz rindo rouco.

 

-Então tudo bem, vamos Cau?- pergunta Emi virando-se para frente.

 

Ajudei Taehyung a descer do carro, apoiado em mim.

 

-Tchau meninas!- aceno para elas.

 

-Tchau! Se cuida!- dizem juntas.

 

Onde será que eu estava com a cabeça, para vir parar no hospital com um estranho. Apesar que estou fazendo uma caridade, ajudando ele, então não precisaria me preocupar. Estaria disposta a ajudar ele, se ele precisasse.

 

Subimos os degraus do hospital, e Taehyung reclamava de algumas dores nas costelas. Entramos no ambiente, e havia algumas pessoas sentadas em cadeiras de espera. Mais ao lado havia um balcão com uma atendente, caminhei junto a Taehyung até o pequeno balcão.

 

-Com licença, ele sofreu um acidente de moto.- digo apontando para Taehyung, e a loira de olhos verdes olha em direção o moreno.- Poderia algum médico nos atender?

 

-Me passe seus documentos, por favor, senhor.- diz fazendo umas caras sexys, dando em cima de Taehyung. Oque arrancou uma pequena risada minha. 

 

Taehyung passa seus documentos para a moça, e ela anota algumas coisas no seu computador.

 

-Prontinho! Só aguardar no corredor em uma daquelas macas.- quando ela foi devolver os documentos, no meio havia um pequeno papel. Onde presumi que era seu número de telefone, e neguei com a cabeça levemente.

 

Como em sã conciência, uma atendente de hospital dá em cima dos pacientes?! Ela é demente? Ou é sem noção? Acho que as duas opções. 

 

Andamos em direção a maca, via vários médicos e enfermeiros andando de um lado para o outro.

 

-Viu como sou irresistível?- susurra Taehyung no meu ouvido direito. Me fazendo arrepiar.

 

Que audácia é essa? Quando eu dei liberdade pra ele falar isso, ainda mais no meu ouvido. Ele é idiota? Confesso que causou um efeito em mim, mais ele ainda é um estranho.

 

Olhei para o rosto dele e virei a face novamente, ajudei ele a se sentar na maca que havia do lado direito do hospital. Aguardamos alguns minutos, e nesse meio tempo sentia os olhares de Taehyung sobre mim. Logo um médico chega com uma cadeira de rodas para levar Taehyung a um quarto.

 

Chegam duas enfermeiras e ajudam Taehyung a se deitar na cama: o quarto era médio, com alguns aparelhos respiratórios, tinham cores claras, e em uma das paredes um amarelo claro muito bonito. Mais ao lado havia uma porta, onde presumi que seria o banheiro.

 

-Bom vamos lá senhor Kim!- diz o médico asiático sorrindo.- Sou o Dr.Lee.- apontou para seu crachá.- E eu vou te examinar e cuidar de você.

 

Eu estava perto da porta do banheiro, esperando o médico terminar de examinar Taehyung. Até que médico vira e se pronuncia:

 

-Você é a namorada?- pergunta referindo-se ao moreno que estava na cama sendo furado por pequenas agulhas.

 

-O-oh, n-não...e-er, só ajudei ele no acidente.- digo nervosa.

 

-Aah sim minha jovem, tudo bem. -sorri.- Posso colocar o seu nome como acompanhante, porque ele precisa ter um para ficar de observação.- pergunta.

 

- Pode sim, pode me colocar sim.

 

 

                  Continua...


Notas Finais


Obrigada por ler, até o próximo capítulo!
Prometo fazer capítulos maiores;💖 2Beijos💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...