História Unidos pela Lua - Capítulo 2


Postado
Categorias WINNER
Personagens Jinwoo, Lee Seunghoon, Mino, Personagens Originais, Seungyoon, Taehyun
Tags Mino, Romance, Winner
Visualizações 10
Palavras 762
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui estou.... E não vou ficaaarrr❄

Capítulo 2 - O que aconteceu?


Fanfic / Fanfiction Unidos pela Lua - Capítulo 2 - O que aconteceu?

o զuє ѧċoňţєċєu???

-- Moça? Você está bem? -- O belo jovem prendia o cabelo de O'connor em um coque , enquanto ela vomitava no sanitário.

Depois de algum tempo, ela para e seus olhos estavam v vermelhos por conta do choro (ela chorava quando vomitava).

-- T-tô melhor... -- Molly falou fraca e se tremendo.

-- a senhora não está. Como eu deveria chama-lá? -- O homem falou gentil.

-- Molly... M-molly O'Connor. -- Falou escondendo seu rosto.

-- Me chamo Song Min-Ho... Mas pode me chamar apenas de Min-ho.

-- S-senhor Son... Min-Ho... Poderia por favor me ajudar a levantar e ir até a porta? -- Molly fazia força para se por de pé.

-- Senhorita O'Connor... A realmente não pode ir nesse estado para casa. Não Gostaria de tomar um banho primeiro? E depois se alimentar um pouco? -- Falou pegando na sua mão e sentindo a frieza dela.

-- Pode ser... Se não for muito incomodo, claro.

-- Claro que não. Eu lhe empresto uma roupa minha.. Já que a sua está um pouco suja. -- Molly se olhou e percebeu que estava imunda... E tinha até uma mancha vermelha que parecia ser sangue.

-- Ah... Eu retribuirei sua gentileza senhor Min-Ho. -- Falou ela deixando ele do lado de fora do banheiro e fechando a porta.

O'Connor começou a tirar suas vestes bem devagar e começou a tentar lembrar do que aconteceu... Mas sem sucesso. Entrou debaixo da água gelada e começou a se acalmar... A fraqueza foi melhorando e ela não estava mais tremendo tanto antes.

30 minutos se passaram e alguem bateu na porta do banheiro:

-- Senhora... Está tudo bem ai? -- Era min-ho.

-- Ah.. S-Sim... O que é?

-- Vim deixar sua toalha e as roupas... Acho que devem lhe servir.

-- Estou indo ai. -- Ela saiu do box na ponta do pé, abriu um pouquinho a porta e estendeu o braço. Ele deu a roupa... Que era uma calça de moletom preta e uma camisa grande de abotoar. "Esse garoto não tem estilo nenhum". ela pensou e riu internamente.

Se enchugou lentamente e percebeu que tinha hematomas por seus braços. "O que era aquilo" ela se perguntava. E já sabia quem podia responder quase todas essas perguntas que a importunava. Song Min-Ho.

Saiu do banheiro, ela estava realmente engraçada com aquelas roupas. Derrepente ela se lembrou de seu fiel companheiro. Foi até a sala, não encontrou Min-Ho e decidiu ir até o quarto onde acordou. Lá estava ele vestindo uma blusa cinza... Ela viu seu abdômen definido, mas não se importava com aquilo.

-- Cadê o meu cachorro???? -- Olhou quase que desesperada.

-- Calma moça... Eu só queria ter um pouco de privacidade para trocar de roupa. --Falou ele terminando de por a blusa.

-- Desculpe, mas isso é realmente importante... -- Falou ela com seus olhos arregalados.

-- Calma... Ele está na minha Varandinha... Dormindo lá. -- Song saiu e puxou o braço de Molly em direção ao lugar.

Quando ela chegou no pequeno puxado aberto com grade de proteção, seu coração se encheu de alegria ao ver um rosto tão reconfortante em meio aquele caos.

--Skyyyyy! -- Ela correu para onde ele estava e o abraçou... Logo o grandalhão começou a lamber seu rosto. -- Pensei que tinha o perdido. Que susto!

-- Então... Desculpe interromper esse seu momento ai... -- Song falou triscando levemente no ombro da ruiva.

-- Hm? -- Ela se virou e finalmente os olhos dos dois se cruzaram... Era uma explosão de cores e sentimentos... Um verde autoritário e focado com um castanho criativo e brincalhão.

-- Ah... -- Coçou a cabeça e desviou o olhar -- O que gostaria de comer?

-- Qualquer coisa tá bom. Desde que não seja nada com camarão... - Ela se levantou e foi até ele. -- Meu organismo realmente não o tolera.

-- Sim senhora. -- Falou virando as costas.

-- Ah... Sou senhorita ok? -- Ela falou se sentando no sofá.

"Ela não é feia e ainda é solteira... Gostei". Pensou Song.

Depois de uns minutos Min-Ho anunciou o jantar na pequena mesa de vidro.

-- Obrigada! -- Falou Molly friamente.

-- Nossa... Que mudança de personalidade! -- Ele a encarou.

-- Como assim?

-- A senhorita estava toda alegre brincando com seu cachorro e agora está inexpressiva.

-- Normalmente sou assim... E também tenho uma dúvida que não me deixa descansar... -- Devolveu o olhar.

-- Diga! -- Falou interessado.

   -- Como vim parar aqui senhor Song Min-Ho? -- Falou ela comendo lámen.


Notas Finais


Sou uma escritora bem bipolar...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...