História Unidos pelo acaso - imagine Min Yoongi. (Hiatus) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Minsuga
Visualizações 60
Palavras 2.047
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Calma minha gente, ela ainda não está indo embora...
Mas também não falta muito!

Boa leitura!...

Capítulo 11 - Tchau...


Fanfic / Fanfiction Unidos pelo acaso - imagine Min Yoongi. (Hiatus) - Capítulo 11 - Tchau...

Coréia do Sul, Seul

Sexta, às 9h30min

12 de Dezembro de 2015




                      S/n on

Acordei me sentindo presa, sem conseguir me mover, abri os olhos com dificuldade por causa da luz que entrava pela janela que avia no quarto e vi que Yoongi estava me abraçando como se eu fosse um urso gigante de pelúcia, ele estava com os braços e perna me envolvendo.

O despertado do celular do Yoongi estava tocando, com um pouco de dificuldade consegui soltar meu braço de seu aperto e o desliguei. Me virei de frente pro Yoongi e fiquei o admirando, ele parecia até um anjo dormindo, nem parecia o homem de ontem. Com a mão livre tirei fios de sua franja que estava na frente de seus olhos e deu um beijo em sua bochecha.

S/n: Yoongi!- disse acariciando seu rosto.- acorda, está na sua hora!- disse e ele abriu seus olhinhos e logo os fecho e abriu um sorriso.

Yg: Bom dia!- disse ainda com os olhos fechados.

S/n: Seu despertador tocou!... Acho que ta na hora de você acordar!- disse e ele abriu os olhos e me olhou ainda sonolento.

Yg: Ah não, deixa eu dormir mais um pouco!- disse manhoso me abraçando, me prendendo mais ainda e colocando o rosto na curvatura do meu pescoço.

S/n: Só enquanto eu tomo banho!- disse rindo, pois sua respiração quente no meu pescoço estava fazendo cosquinha.- mas eu preciso que você me solte pra isso!- ele me apertou mais e depois me soltou sem vontade.

Yg: Aí, tabom!- disse e se virou pro outro lado da cama se ajeitando de baixo das cobertas.

S/n: Quando eu terminar de tomar banho eu te chamo!- disse me levantando, fui até o outro lado da cama e lhe deu um selinho. Peguei uma toalha, minhas roupas e minha bolsa com minhas maquiagens e fui até o banheiro.

 Me despi da camisa do Suga e entrei no box pra tomar banho, depois de uns 10 minutos terminei e me sequei, coloquei minha roupa, uma calça jeans rasgada no joelho, uma cropped branco de manga e uma tênis também branco, mas ele eu deixei pra colocar lá fora.

 Peguei minha bolsa e fiz uma maquiagem leve, só um rímel e um pouco de base, antes de passar o batom que também seria simples e clarinho, fui escovar os dentes. Quando está lavando a boca escuto baterem na porta, provavelmente era Yoongi então a abri o vendo com uma toalha no ombro e roupas nas mãos, ele entrou e enquanto terminava de lavar a boca ele ficou me olhando, então entendi que ele queria que eu saísse pra ele poder tomar banho.

S/n: Tabom, já estou vazando!- disse pondo as mãos pra cima como forma de rendimento e sai do banheiro vendo ele rindo, pode parecer estranho, mas gosto quando as pessoas riem das coisas que faço na intenção de as fazer rir. Então fiquei feliz de ver o Açúcar azedo, rabugentinho rir de mim.

No espelho que tinha no quarto terminei de me arrumar e depois liguei pra recepção do hotel e falei que queria tomar café no meu quarto então falaram que mandariam alguém nos trazer o que comeriamos. Depois de uns minutos Yoongi saiu do banheiro de banho tomado e com os cabelos molhados, vestindo as roupas que tinha levado pro banheiro. A toalha que ele se secou estava em seu ombro e ele a jogou em cima da cama... Ah não, ele não fez isso!

S/n: Opa, coloca no cesto de toalha suja do hotel, ali!- apontei pro cesto e joguei a toalha pra ele e acabou caindo na sua cabeça. Ele foi até o cesto e colocou a toalha lá, depois veio até mim e ficou me olhando.- o que foi?- perguntei enquanto ajeitava a mesa que tinha no quarto pois daqui a pouco chega o café.

Yg: Você tem secador pra secar meu cabelo?- perguntou se sentando na bera da cama.

S/n: Tenho, pera aí!- fui até minha mala e peguei o secador que tinha trago de casa e o entreguei e ele ficou olhando pro secador, pra mim, pro secador, pra mim.- você sabe usar? Quer ajuda?- perguntei e ele assentiu positivamente com a cabeça. Puxei uma das cadeiras da mesa e pedi pra ele sentar e liguei o secador e comecei a secar o cabelo dele, como é liso... Quando terminei ele foi até o espelho do quarto e ficou e ajeitando o cabelo dele do jeito que ele queria enquanto eu guardava meu secador. 

Yg: Obrigado!...- disse vindo até mim, ele me puxou pela cintura e juntou nossos corpos e selou nossos labios em um beijo calmo, ele rodeou seus braços em volta da minha cintura e eu passei os meus em volta do seu pescoço o abraçando e nos juntando mais. Quando estávamos esquentando o beijo, bateram na porta do quarto e nós paramos o beijo com um selinho demorado.

 Me soltei dos braços do Yoongi e fui atender a porta, era um funcionário do hotel que trouxe o café da manhã que eu pedi. Pedi pra ele entrar e colocar as coisas na mesa, assim que ele terminou eu agradeci e ele saiu do quarto deixando somente eu e Yoongi.

Yg: O quê que é isso ai?- perguntou com seu sorriso doce no rosto apontando pras coisas que estavam na mesa.

S/n: Café da manhã! Como eu achei que não fosse uma boa ideia você descer sem sabermos quem pode está hospedado nesse hotel e quem poderia te ver caso tomassemos café no refeitório daqui, eu pedi pra que eles trouxessem as coisas que ofereciam lá em baixo pra cá!- disse e me sentei em volta da mesa e Yoongi fez o mesmo.

Yg: Hum... Que inteligente, obrigado!...- disse e começamos a comer.

Comemos em silêncio, mas não era um silêncio que nos incomodava, só não tínhamos o que falar e enquanto comiamos ficamos trocando olhares e sorrisos bobos. Tinha bastante coisa na mesa e provavelmente não iríamos conseguir comer tudo, mas foi um café da manhã muito bom com uma pessoa muito agradável e... Bonita, muito bonita!

Yg: Você quer ir comigo pra Big Hit? Nós não vamos fazer nada demais, só vamos treinar bastante como todos os outros dias!

S/n: Se não for incomodar, e se os meninos não se importarem em ter alguém “desconhecido" os vendo dançar!...

Yg: Claro que não!... Ele não ligam pra isso não e você nunca incomoda!- disse arrancando um sorriso tímido de mim. 

Ele foi se aproximando de mim e vagarosamente selou nossos labios, mas não passou disso, pois quando senti sua língua quente e experiente encosta na minha escutamos mais uma vez alguém bater na porta, nos separamos e vi Yoongi revirar os olhos. Me levantei e fui até a porta e Suga veio atrás de mim, na porta tinha um olho mágico e olhei por ele e vi que eram as meninas que vieram comigo.

S/n: São amigas minhas que vieram pra cá junto comigo!- disse e ele não esboçou nem uma reação, como ele consegue ser tão calma em relação a TUDO?

Yg: Elas são ligadas e música? Conhecem o Bangtan?

S/n: Não as conheço a muito tempo não, mas que eu saiba não, já falei de vocês pra algumas delas, mas nem uma pareceu conhecer. Mas mesmo assim, acho melhor eu falar com elas sem que elas te vejam!- disse e ele assentiu e ficou atrás de mim e eu abri a porta.

Br: Oi S/n, a gente vai sair pra conhecer mais um pouco a cidade e veio te chama! Cê que ir?- ela me perguntou sorrindo e eu olhei pro Yoongi que estava atrás de mim, meio burrinho, podia ter ido pra outro lugar, mas ele ficou aqui onde elas podem ver ele.

Yg: O que foi?- perguntou e eu vi elas se esticarem pra olhar pra ele que sorriu pra elas.

Br: Quem é ele?- perguntou e eu êxitei em falar, mas qual é o problema, se ela está perguntando é porque ela não sabe!

S/n: Esse é o Yoongi, aquele amigo que eu te falei ontem!- disse e ela riu maliciosa.

Br: Sei, amigo... Mas e aí? Vai vim com a gente?- perguntou e não tirava os olhos do Yoongi... Isso de certa forma estava me incomodando.

S/n: Aqui!- estalei os dedos na frente dos olhos dela e ela me olhou.- eu aí sair com o Yoongi, mas...- me virei pra Yoongi e ele estava me olhando confuso.- elas estão me chamado pra sair com elas pra gente conhecer mais a cidade!- falei em coreano pra ele entender e ele ficou me olhando pensativo.

Yg: Então vai... Aqui é um lugar muito bonito pra você perder a oportunidade de conhecer trancada junto comigo e mais seis meninos suados!- disse e eu sorri, na verdade é exatamente isso que eu quero!... Não pera, para com isso S/n!

S/n: Então ok, se por você tudo bem, eu vou!...- como as outras também falam coreano e entenderam não precisei falar de novo.

Br: Ei, miga vem cá!- disse e eu virei pra ela, tudo que queríamos falar entre nos falávamos em português porque entre todas nos éramos as únicas que eram brasileiras e as únicas que entendiam a português.- ele é lindo né? Você não joga pra perder não em?- disse olhando pro Yoongi e eu ri, ela é demais... E Yoongi também riu, eu acho que ele se ligou que o elogio foi pra ele.

Yg: Obrigado!- falou pra Bruna em português e ela ficou como um tomate quando viu que ele entendeu.

Br: Ele fala português?! Porquê não me disse? Aí meu Deus que vergonha!- disse colocando as mãos no rosto.

S/n: Ele não fala português, mas ensinei umas coisas pra ele que agora ele entende!- disse e ela riu.

Hanna: Ei, vocês duas, nós não entendemos esse diálogo aí não... E então? Vamos?

S/n: Ata, desculpa... Vou sim! Vamos agora?- falei pra que elas entendessem e elas assentiram e eu me virei pro Yoongi.- nós vamos agora, você também vai pra Big Hit agora?

Yg: Sim, vou!- confirmou

S/n: Então eu vou com você até lá em baixo depois cada um vai pra onde quer!- disse e ele assentiu.

Yg: Eu só vou pegar minhas coisas, ok?- perguntou e eu assenti e foi pegar a mala dele, ele colocou um boné e uma mascara.- vamos!- eu peguei minha bolsa e saímos do meu quarto e eu tranquei a porta e fomos em direção a saída do hotel junto com as meninas.

Chegando lá eu e ele fomos até onde ele tinha deixado o carro que era na frente do hotel e as meninas ficaram me esperando na recepção.

Yg: Vamos nos ver de novo antes de você voltar pro seu país né?- perguntou ficando de frente pra mim, encostando no carro e me olhando.

S/n: É... Acho que sim, mas não depende de mim, eu sempre estou disponível, você que é o ocupado!- disse e ele riu.

Yg: Pode deixar que pra você eu arrumo um tempo!- disse e me puxou pela cintura me abraçando, ficamos em silêncio abraçados enquanto eu sentia seu cheiro único... Até que ele se separou de mim e ficou me olhando nos olhos. Ele foi aproximando seu rosto do meu até selar nossos labios e da início a um beijo terno e carinhoso. Ele enlaçou seus dedos em meus cabelos nos juntando e acariciando meus cabelos enquanto nos beijavamos e eu passei meu braços por seus ombros rodeando seu pescoço e o abraçando.

Só nos separamos quando não estávamos mais aguentando e nossos pulmões já estavam implorando por ar, diminuímos gradativamente o ritmo do beijo o encerando com vários selinhos e ele encostou a testa na minha e ficando ofegantes ainda de olhos fechados nos abraçando.

S/n: Tchau!- disse e o dei um último selinho. Quando abri os olhos e destanciei meu rosto do dele e vi que ele estava corado, não importa o que fizemos ele ainda tem vergonha de que alguém nos veja nos beijando.

Yg: Tchau!...- disse e entrou no carro depois deu a partida e eu voltei pra dentro do hotel. Quando fui até as meninas Bruna estava me olhando com um sorriso pervertido.

S/n: Quê que foi doida?- disse rindo da sua cara engraçada.

Br: “Amigo" né?- disse fazendo aspas com as mãos.

S/n: Para!...- disse dando um tapinha no ombro dela.- vamos logo!- digo e nos saímos do prédio do hotel.

Fomos em vários lugares, compramos um monte de coisas, tiramos várias fotos e comemos muitas comidas estranhas, mas até que gostosos.




Continua...


Notas Finais


Mano, que fofis esses dois...
Bruna me lembra muito uma pessoa!
Hahahha

Leiam minhas outras fics e me sigam @jeonicolly

~Link da minha fic nova do Tae~
https://www.spiritfanfiction.com/historia/million-reasons--fanfic-kim-taehyung-12546246

Beijin na bunda e até o próximo capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...