História Unidos por uma Amortentia - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Amortentia, Bangtan Boys, Bottom!jimin, Bts, Harry Potter, Jikook, Poçao Do Amor, Top!jungkook, Xxpujinxx, Yaoi
Visualizações 102
Palavras 2.211
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Hentai, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pãozinhos! Tudo bom?
Vamos as explicações:

1. "Por que você está reescrevendo essa Fanfic XxPuJinxX?!" Bom amores, tive minha conta invadida e três Fanfics apagadas: Unidos por uma Amortentia, Prometido e Love Potion. Mas por que simplesmente não recoloco elas em ativa?! O engraçadinho fez a festa.

2. Ainda bem que foram apenas essas, todas serão reescritas e finalizadas. Já arrumei minha conta.

3. Desculpe qualquer erro que perceberem, e que tenha me passado despercebido.

4. Tenham uma boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo um


Fanfic / Fanfiction Unidos por uma Amortentia - Capítulo 1 - Capítulo um

 

O dia de verão mais quente do ano estava chegando ao fim e um silêncio modorrento pairava sobre o corredor escuro de Hogwarts. As únicas coisas que iluminavam pouca parte do ambiente, era tochas de chamas crepitando nas extremidades. A única pessoa que caminhava por ali era um adolescente em passos rápidos e duros.

Era um garoto de corpo estruturado mas ainda sim, baixinho, de cabelos rosas, a aparência mais bela que alguém poderia ver. Saindo da sala de feitiços segurando livros didáticos, Jimin pensava em formas diversas de como se vingar daquele Sonserino maldito, Jeon Jungkook. O moreno havia sabotado o caldeirão de poções do Park, justo na aula do Sr. Snape, o que ocasionou numa explosão e logo em seguida numa bronca.

Desde o início Jimin nunca gostou do Sonserino, de cara já o achou impertinente e completamente idiota. Estava tão distraido que só foi despertar-se para a realidade quando foi puxado e prensado contra a parede, e ao olhar para a pessoa que realizou tal ato atrevido, deparou-se com quem menos queria ver no momento.

 — Gostou da minha surpresa, Park? — Perguntou com um tom irônico, Jimin respirou fundo antes de pegar a sua varinha com um movimento rápido e em seguida, apontar para o rosto alheio.

 — Adorei, Jeon — Respondeu desinteressado — Da mesma forma em que eu, adoraria transformar sua bela face em furúnculos. Deixaria meu dia muito mais divertido.

Seus olhares estavam presos um ao outro, de maneira fuziladora. Park não se importava com as consequências mais tarde, tudo o que queria era a bendita Vingança

 — Então quer dizer que o senhor Grifinório me acha bonito... 

 — Bonito? — Riu nasalado, guardando sua varinha dentro da capa e arrumando alguns livros que ameaçavam cair de suas mãos pequenas á qualquer instante — Até um Elfo-doméstico seria melhor do que você.

Ambos se calaram. Jimin ouviu o anúncio do jantar no salão principal, sem olhar pra trás, voltou a caminhar indo para o antigo percurso. Ao chegar onde queria, vasculhou cada canto da casa Lufa-Lufa em busca de um certo Loiro — Vulgo Kim Taehyung —, não demorou muito e pôde o perceber acompanhado com seus colegas, conversando animadamente e, como sempre, o mesmo ria escandalosamente chamando a atenção de alguns alunos que ali passavam.

Andou em direção ao grupo reunido em passos frenéticos, querendo conversar com o amigo, o mais rápido possível.

 — Taehyung! — Falou alto — Estou precisando de você — Se sentou no lugar vago ao seu lado — Bom dia Hyungs! — Sorriu gentil e contido para os rapazes á frente.

 — Bom dia Chim — Jung Hoseok, um ruivo da mesma personalidade que o Taehyung, diz alegre enquanto bagunçava os cabelos de fios rosa do Park, os deixando de maneira despojada. Os outros dois — SeokJin e Namjoon — apenas acenaram com a cabeça.

Todos ali se conheceram assim que pegaram o trem para chegar á Hogwarts, posteriormente ficaram amigos mesmo estando em casas diferentes. Jimin na Grifinória, Hoseok e Taehyung na Lufa-Lufa; Namjoon e SeokJin, Corvinal.

 — 'Pra que você precisa de mim? — Indagou curioso, ele franzia a testa e resmungava baixinho ao mesmo tempo que, tentava realizar o feitiço Wingardium Leviosa* com uma pena.

 — Poderia ser em particular? — Ele concorda, se despedindo dos seus amigos, seguidamente, se locomovendo até uma área conhecida por si. Em um murmúrio um tanto quanto pesado ao seu tom de voz, Taehyung pronunciou baixo, em murmúrios, a senha do salão comunal da Lufa Lufa. Atrás, à apenas alguns passos, vinha Jimin.

Kim encarou o amigo, depois de sentar-se em um dos sofás negros de couro, de maneira desleixada.

 — Pode começar — Cruzou os braços, tentando parecer sério — Se for sobre o Jeon de novo, já pode ir embora — Completou comentando com severidade.

 — Por favor... Você precisa me ajudar — Acabou deixando um biquinho se formar em seus lábios, o que só fez o maior rir — Aquele desgraçado fez Cabum! Com a minha nota e também, com a minha paciência. Hoje na aula do Severo.

O loiro grunhiu descontente.

 — Essa relação de cão é gato acabará expulsando vocês, algum dia não tão distante — Alertou, negando com a cabeça, enquanto revirava os olhos — Além do mais, onde eu me encaixo nessa confusão?

 — Simples — Respondeu — Irá me ajudar á criar a Vingança Perfeita.

Jimin mal  conseguiu abafar o riso. E tinha certeza que sua cara deveria estar diabólica, pelo fato da expressão de medo do Taehyung.

[...]

 — Poção amedrontadora, causa efeitos de medo, pânico e alucinações por um tempo indeterminado, dependendo da pessoa e do quanto ela ingerir.

Havia se passado uma semana desde o incidente com o caldeirão, Taehyung e Jimin tinham pegado alguns livros proibidos da seção reservada da biblioteca, claro que, caso ocorra o ato de serem pegos, estariam em pura encrenca. Mas não iriam desistir do objetivo principal.

 — Quais são os ingredientes necessários? São difíceis de encontrar? — Perguntou com o olhar preso na lista, descendo na medida em que lia as informações básicas.

 — Ele pede apenas Ovo de cinzal e Poeira de pérola, tem na sala de poções e magias, iremos ao anoitecer buscá-las.

 — Certo — Escreveu num pergaminho, os ingredientes e o modo de preparo — Mas como daremos isso a ele sem que desconfie de nada, sobre o nosso plano?

 — Nosso plano é muita gente, querido — Deu ênfase no início, se levantando do chão onde estava sentando com o Jimin, em cima de almofadas no dormitório da Grifinória — Já pensei nessa parte do Meu plano — Apontou para um bolinho qualquer de, aparentemente, chocolate com recheio de morango — Iremos recheá-lo com a poção assim que ficar pronta.

 — Isso não seria óbvio? Tipo, a gente entregar o bolinho do nada, daria muito na cara que tem algo a mais dentro.

Suas preocupações eram evidentes, porém inúteis, Taehyung por mais desastrado e distraído que fosse, era bom com poções e até um bocado inteligente; não se surpreenderia ele ser o primeiro da classe nessa área. Esse plano foi bem elaborado, cada etapa foi pensada nesses dias que passaram. Sabia que sairia como haviam planejado.

 — Nossa resposta é Min Yoongi — Jimin o olhou sem entender, Taehyung respirou fundo antes de continuar com sua explicação — Ele é amigo do Jungkook e também, descobri que ele é apaixonado por mim e pelo Hoseok.

Taehyung e Hoseok mantinham uma amizade colorida, uns pegas aqui,outros ali. Nada sério ou que comprometesse.

 — Espera, você vai usar o garoto? — Kim ascente positivamente, dando de ombros. Park o encara increndulo — Ele pode ser idiota, mas não merece algo assim! Ele gosta de você, seu palerma.

 — Não se preocupe Jimin, não farei nada de mais.

O sinal tocou ao fundo, fazendo todos caminharem desesperados para suas devidas salas, Taehyung e Jimin saíram juntos em direção da Torre Sul, é uma das muitas do Castelo Hogwarts, a sala 102. Usada para presuminavelmente para aulas teóricas de Herbologia — Estudo das plantas do mundo bruxo — e  a Sala 99, usada para transfiguração — Ensina a arte de mudar a forma e aparência de um objeto.

Adentraram os corredores escuros construídos com pedras negras, enquanto conversavam.

 — Já sabe com quem passará o dia dos namorados? — Kim pergunta de repente, aumentando o volume da sua voz, por conta do grande barulho causado pelos alunos.

Ah sim, essa semana seria comemorado o dia dos namorados, todos estavam eufóricos para arrumar algum parceiro para passar esse feriado, bom, todos menos Jimin. Até teria um baile, com o tema primavera, as garotas corriam para comprar seus vestidos e os rapazes, convidar as populares antes que outro o fizesse.

 — Sozinho,como sempre — Soltou um suspiro, namoro não era a sua prioridade no momento.

 — Vai segurar vela da escola inteira? — O loiro riu quando viu o amigo corado, pela vergonha, possivelmente suas bochechas deviam estar vermelhas — Até os Nerds tem alguém Jiminnie!

 — Eu não ligo! — Ralhou desferido um tapa violento no ombro do amigo, que formou  um biquinho choroso, na mesma medida em que massageava o local atingido.

[...]

O relógio já marcava a sua Meia-noite, Taehyung e Jimin estavam na area secreta — Vulgo banheiro, onde existia a lenda da Murta que Geme —. Os outros alunos estavam na Torre de Astronomia, é onde os alunos estudam as estrelas e planetas através de telescópios, com a professora Aurora Sinistra. Geralmente é feita à noite, quando as estrelas estão mais visíveis, por ser a torre mais alta do Castelo.

 — Todos os ingredientes necessários estão aí? — Antes, os dois foram até a sala de poções e magias, e pegaram o que a receita pedia.

 — Sim, agora é apenas preparar.

Jimin apanhou o pedaço de pergaminho, onde continha todas as anotações feita por ele mesmo, rumo ao seu colo. Era um processo simples pra quem já tinha experiência no assunto. Logo, começaram a preparar tudo, Park se conteve em somente fazer a mistura no caldeirão.

Assim que terminou, o líquido passou a borbulhar e o Taehyung mexeu com a colher de pau, pegada na cozinha. Estranhamente a poção adquiriu a tonalidade rosa — Quase vermelho — perolado.

 — Pensei que ela deveria ser azul — Comento, em seguida, pegando uma concha de metal que havia ali, mergulhando o objeto e buscando uma quantidade generosa da poção, logo preenchendo o vazio do frasco de vidro, depois tampou com uma rolha — Guardarei um pouco, caso for preciso usar novamente.

 — Também, mas deve ser efeito da pérola — Fala Taehyung, segurando o bolinho com delicadeza, enquanto misturava o líquido rosado com o recheio, auxiliado por uma seringa — Vamos, num instante anunciarão o jantar. Será a hora ideal 'pra última etapa do meu plano.

Correram até o salão principal, onde poucas pessoas já se alimentavam. Jimin foi pro seu lugar de costume mas sem deixar de notar Taehyung conversando com o tal Yoongi.

 — Olá! Você é o Yoongi, estou certo? — Fingiu uma expressão de dúvida, se sentando ao lado do rapaz pálido.

 — Sim Taehyung — Se conteve em apenas murmurar pesado — O que quer aqui? — Perguntou encarando o loiro.

 — Aish queria conversar, aproveitar e também, entregar esse bolinho — Mostrou o alimento em cima de um prato, todo decorado de forma atenciosa nos detalhes.

 — Isso aí é 'pra mim?

 — Não, uma garota da Sonserina mesmo me pediu para trazer até você, que irá entregar pro Jungkook — Respondeu o Kim.

 — Certo, quando ele vier eu entrego.

 — Obrigado — Agradeceu com um sorriso quadrado — Queria conversar mais... Mas olha a hora! — Fingiu surpresa, olhando para o seu relógio de pulso — Tenho que ir! Até algum dia — Por impulso, selou seus lábios na bochecha gélida do Min, que corou fortemente.

 — A-Até.

De longe, Jimin estava contente. Finalmente devolveria a travessura do moreno na mesma moeda.

[...]

 — E aí Yoongi — Jungkook dizia assim que se aproximou do amigo — Onde tem esse bolinho? Parece bom — Comentou apontando para o mesmo sob um pratinho de porcelana branca perto do pálido.

 — É 'Pra você — Revirou os olhos de forma entediada — Pediram para te entregar, alguma admiradora que fez — Bufou. Da forma que sempre fazia quando estava sem interesse. Mas quem iria enganar, também queria ganhar um .De um certo Loiro e ruivo.

 — Ah... — Deu uma mordida grande no doce, saboreando-o — Está ótimo, seja lá quem for, sabe cozinhar.

Alguns minutos depois, Jungkook começou a olhar para o nada, como se estivesse em um transe. Observou a mesa da Grifinória e se deparou com uma cena nada agradável, TaeMin com os braços ao redor da cintura do seu Jimin. A mente do Jeon estava confusa, seus olhares — Antes odiosos — continham desejos pelo Park, como não notou o quão maravilhoso, gostoso e bonito o rosado era?!  No seu peito queimava uma chama de paixão, como fogo em brasa pelo pequeno. Não deixaria qualquer um agarrá-lo, estava com ciúmes bem evidente. Se levantou de forma majestosa e se dirigiu em direção ao rosado, sendo alvo de olhares curiosos, pegou uma taça de prata com suco de uva e derramou propositalmente em cima do rapaz ao lado do seu , somente seu, homem.

 — Qual é o seu... — Antes mesmo de TaeMin terminar a sua frase, foi interrompido pelo Jeon, que lhe deu um soco certeiro no rosto.

 — Tire suas mãos imundas do Meu Jimin, seu bastardo! — Pronunciava em alto e bom som.

Park estava em choque não entendendo a situação, aquele com certeza não era o efeito previsto que a poção deveria ter. Taehyung no seu lugar, do mesmo jeito que o amigo, não entendia nada.

 — Taehyung o que está acontecendo ali? — SeokJin aparece logo atrás, com a testa franzida cheia de dúvidas.

 —  Eu não sei..

Os de mais presentes se encontravam de olhos arregalados e de queixo caído, e piorou quando simplesmente Jungkook o beijou. Suas mãos ásperas e grandes deslizavam devagar pelo trono do Park, que se arrepiou pelos toques. As mãos pequenas de Jimin apenas ficavam inquietas apertando o suéter preto,que vinha como uniforme, e quando no meio daquela troca de saliva Jungkook mordiscou o lábio inferior do rosado com um pouco de força, arrancou lhe um ofego misturado com um gemido baixo  e manhoso. Quando o ar se faz necessária ambos se separam ofegantes, com a boca inchada e vermelha.

 — Te vejo mais tarde, meu amor — Sussurrou rente ao ouvido do baixinho, fazendo um carinho singelo na bochecha gordinha do mesmo.

Por fim saiu do refeitório, mas sem antes roubar um selinho de Jimin. Nos olhos do Jeon continha um brilho, possessivo, desejoso e apaixonado. 

Apaixonado pelo Park Jimin, que sempre jurou odiar com todas as suas forças.


Notas Finais


Para quem não sabe:

• Wingardium Leviosa: É um feitiço que faz objetos (ou pessoas) levitarem.

Comentem aqui em baixo o que acharam do capítulo de hoje.

Dias de atualização: Todo Sábado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...