História Unidos por uma Amortentia - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Amortentia, Bangtan Boys, Bottom!jimin, Bts, Harry Potter, Jikook, Poçao Do Amor, Top!jungkook, Xxpujinxx, Yaoi
Visualizações 113
Palavras 1.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Hentai, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo dois


Fanfic / Fanfiction Unidos por uma Amortentia - Capítulo 2 - Capítulo dois

 

— O que foi aquilo Jimin? 

Perguntava Taehyung, após o incidente no salão principal na noite passada, Hogwarts inteira comentava sobre o beijo que Jungkook deu com tanto afinco no Park. Todos sabiam da relação cão e gato que ambos tinham,e, ninguém esperava que de uma hora para outra, estariam se agarrando.

— Não sei! Quem deveria me dizer isso é você, o plano não era seu?! — Dizia retoricamente irritadiço. 

Os dois estavam no banheiro proibido, sentados no chão de madeira despojada enquanto se integravam com o ocorrido. Jimin deixou escapar um longo e lento suspiro e contemplou o céu muito azul, pela grande e redonda janela do cômodo. Todos os dias deste semestre tinham sido a mesma coisa: a tensão, a expectativa, o alívio temporário, e mais uma tensão crescente...  e sempre, a cada dia com maior insistência, as brigas e disputas com o Jeon, tanto nas aulas, quanto nos corredores. Até mesmo os quadros falantes se acostumaram a ver os dois em bate boca por besteiras. A grande pergunta era: O que aconteceu com o Sonserino? Jungkook estava fazendo mais uma de suas brincadeiras ou a poção foi a culpada? Não sabemos.

— Vamos olhar no livro, talvez tenha a resposta — Kim sugeriu.

— Irei pegá-lo nos meus aposentos — Se levantou, limpando a parte de trás da sua capa com as mãos.

Andará em passos rápidos pelos corredores escuros, alguns alunos ainda passeavam pelo local, distraídos conversando. Virou-se para entrar no salão comunal da Grifinória, quando um estalo alto e ressonante quebrou o silêncio como um estampido; um garoto saiu desabalado de trás de uma coluna — Que continha ali —. Mas antes que pudesse erguer completamente a cabeça para ver quem era, bateu com o cocuruto na parede de pedra. Felizmente nada muito violento.

Finalmente te achei, meu amor — Park de imediato reconheceu aquela voz, era Jungkook, sussurrando rente ao seu ouvido, com a voz rouca e os braços abraçando possessivamente sua cintura.

Saía de perto, Jeon — Ronsou o Jimin no ouvido dele — Agora...!

— Assim você machuca meu coração bebê — Fez um biquinho manhoso, colocando seu rosto na curvatura do pescoço do Park, cheirando e sentindo um doce cheiro... — Seu cheiro de morangos me enlouquece.

Jimin arrepiou-se mas logo se recompôs.

— Tire... as... mãos...de...cima...de mim!— Ofegou o rosado, quando o moreno distribuiu fortes selares — Quase chupões — na sua pele alva, deixando-à avermelhada.

Durante alguns segundos os dois pelejaram, Jeon inebriado pelo Jimin, e este, em sair daquele aperto. Park puxou as mãos do Jungkook e retirou da sua cintura e se afastou, com muito custo. Ofegante, Jimin cambaleou pro lado, ergueu-se e olhou a toda volta.

— Não fuja de mim, bebê — Sorriu malicioso, dando alguns passos à frente — Seu papai não gosta disso.

— Que diabos deu em você Jungkook?! — Perguntou com a voz rouca e tremendo de medo.

— O que deu em mim? — Rebateu, voltando a prensar o menor contra a parede — Não faço a mínima ideia, mas algo queima em mim, algo me guia até você, meu anjo. Ela me faz querer te ter, te sentir... — Falava baixinho, contornando os lábios do Jimin com os seus, quase do beijando.

— Ah-ah.. — Gemeu com um sussurro sôfrego, com os apertos fortes nas suas coxas,um local sensível do seu corpo.

— Tão sensível... pena que não posso ficar por muito tempo — Suspirou derrotado, se separando para sorte — ou azar — do Jimin. Mas antes de sair, selou rapidamente a boca do outro, num selinho.

Agora ele estava em apuros e sabia disso. Teria que dar um jeito antes que Jungkook fizesse algo a mais — coisa que Jimin não quer —. Park continuou a andar, sem prestar muita atenção ao caminho que estava seguindo, pelo que se passou poucos minutos antes. A cada meia dúzia de passos, olhava por cima do ombro, para garantir que Jeon, não estava o seguindo.

Quando chegou no quarto, os seus companheiros estavam dormindo já no sétimo sonho, agradeceu mentalmente por isso. Pegou o livro — Que estava guardando, escondido, dentre as vestes no guarda roupa do rosado — e retornou para onde, seu amigo estava.

— Por que demorou? Achei que estava fabricando o livro! — Ralhou, Jimin não respondeu, apenas deu-lhe as costas e se sentou no antigo lugar.

Kim por alguns minutos lia a receita da poção, na qual usaram no Sonserino. Com o que viu, se sentou estático, então esse foi o erro — pensou. Sentiu-se mal pelo mero, grande, erro que cometeu. Jimin o mataria com toda certeza.

— Eu... descobri o que deu errado — Falou estiante. O menor estava tão distraído, que não sabia mais quanto tempo ficará sentado no chão, quando o som de voz interrompeu seus devaneios e o fez erguer os olhos.

— Dessembucha logo! 

— Então... em vez de fazer a poção amedrontadora, acabamos indo para um caminho um tanto quanto... diferente — Fez uma pausa dramática, mas em seguida continuou — O que a gente deu pro Jeon, foi a poção Amortentia.

— Defina Amortentia — Arqueou as sobrancelhas, encarando o loiro curioso.

— A amortentia é a poção do amor mais poderosa que existe, ela pode ser facilmente identificada pelo brilho perolado, pela fumaça que solta (que sobe em espirais características) e pelo seu cheiro que varia de pessoa para pessoa de acordo com o que mais a atrai. Segundo o livro de magia é a poção mais perigosa que existe, porque pode levar a pessoa que a bebeu a fazer loucuras pela paixão obsessiva —  Respondeu, esperando um ataque do amigo, mas a única coisa que aconteceu foi o Park cair duro no chão.

[...]

— TAEHYUNG EU IREI MATAR VOCÊ —  Jimin gritava com todo pulmão, na mesma medida em que corria atrás do mesmo, se remoendo de ódio.

—  JIMIN SE ACALMA! FOI APENAS UM ENGANO! — Pedia desesperado, se protegendo por de trás de alguns móveis.

— ENGANO? VOCÊ DEU UMA POÇÃO DO AMOR PRO JUNGKOOK! AGORA ELE ESTÁ ME AGARRANDO A CADA DOIS MINUTOS!

—  ME DESCULPE! — Jimin não respondeu. O esforço para não bater no amigo pareceu exigir todo o seu autodomínio.

Aos poucos foram se acalmando, logo estavam sentados frente á frente, Taehyung ainda com medo e Jimin, com um olhar matador.

— Tem alguma forma do efeito da poção passar? — Perguntou com a voz baixa, no final suspirando.

— A Amortentia na realidade, não gera o amor, pois é impossível produzí-lo ou imitá-lo. Na realidade, ela causa paixonite, obsessão e desejo. Ela não tem um tempo determinado para passar, depende da pessoa, mas pelo que eu li, só tem uma forma de acabar com o efeito definitivamente.

— E qual seria? 

— No seu caso, Jungkook teria que amar você para o efeito passar. Quando a paixão se torna amor, a poção perde a intensidade — Jimin ficou muito quieto, todos os seus sentidos vibrando, procurando absorver as informações que recebeu.

—  Seu lesado! —  Berrou o rosado —  Isso aí é tudo culpa sua!

— Vejamos pelo lado positivo, você não passará mais o dia dos namorados sozinho!

Sorriu amarelo,mas depois voltou a correr quando Jimin pegou a sua Varinha dentro da capa.

[...]

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo de hoje!!
Comentem aqui em baixo o que acharam do capítulo!! Beijos de Suga <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...