História Unilateral - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Deadpool, Homem-Aranha
Personagens Peter Parker (Homem-Aranha), Wade Willson (Deadpool)
Tags Abo, Amante, Deadpool, Homem Aranha, Spideypool, Stony, Vingadores
Visualizações 46
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


07:00 Sexta-feira

Levantou-se da cama e em passos lentos caminhou até o banheiro. Molhou o rosto com a água fria da pia, escovou os dentes e por fim, tomou um banho rápido. Era assim todas as manhãs, até mesmo nos fins de semana aonde não tinha que ir para o colégio.

Jogou a toalha um pouco úmida em cima da cama e em seguida vestiu a blusa mais larga que encontrou no guarda roupa, disfarçando assim o pequeno volume em sua barriga. Suspirou, não poderia viver para sempre daquele jeito, uma hora ou outra seus pais iriam descobrir da gravidez. Mas tinha que tentar por Wade, aliás não queria ver o amante sendo preso por pedófilia ou algo do tipo. Sentiu uma fina lágrima escorrer pelo seu rosto ao se lembrar do alfa, que por sua vez não lhe mandava mensagem ou ligava deis de que o contou sobre a gravidez, fato que lhe preocupava muito, pois em sua cabeça era para o mais velho ter ficado feliz com a notícia.

Deixando seus pensamentos de lado, pegou sua mochila jogada no chão e retirou-se do quarto, vendo no caminho seu gato Loki deitado sobre a mesa de jantar. Fez uma leve carícia na cabeça do felino e não deixou de invejar o mesmo. Pois deveria ser muito bom ser um gato, ter comida grátis, aluguel grátis, dormir o quanto quiser e principalmente, não ter que se apaixonar por um completo idiota.

Chegando no colégio, encontrou-se com Ned vestindo uma blusa do "Batman". Sorriu pequeno e comprimentou o melhor amigo, que por sua vez agachou-se e acariciou sua barriga.

-Você acha que vai ser menina ou menino? -Perguntou o outro adolescente entusiasmado, ainda não acreditando que iria ser tio como costumava dizer.

-Eu não me importo, deis de que não seja um ômega. -Respondeu com sinceridade, pois era algo que não desejava para ninguém, muito menos para o seu filho.

-Um alfa talvez?! -Sugeriu otimista como sempre.

-Acho que um beta igual a você já está de bom tamanho. -Disse e em seguida abaixando a blusa. -Vamos alguém pode ver a minha barriga, estamos no meio da rua Ned.

-Oh desculpe, é que eu fico empolgado, amo crianças. -Explicou-se. -Quer que eu segure a sua mochila para você? -Perguntou preocupado.

-Estou grávido e não doente. -Respondeu irônico.

-Vamos é para o bebê, pense um pouco nele já que você não pode ir no hospital caso acontecer alguma coisa. -Tentou convencer o amigo. -Seja um bom pai.

-Ok não precisa fazer chantagem emocional, você venceu. -Suspirou derrotado. -Mas obrigado. -Agradeceu ganhando um sorriso vindo do beta.

-Sempre aqui!

***

10:43 Sexta-feira

Ser um aluno exemplar nunca foi um real problema para Peter, suas notas sempre eram as melhores da classe e os professores gostavam muito de si. Mas seus colegas, bem... eles eles diferentes e não gostavam nenhum pouco quando seu nome estava na lista dos 'melhores" alunos do colégio. Flash Thompson um alfa grande e cheio de músculos, era um deles. Por esse motivo em particular, o loiro gostava de lhe agredir tanto verbalmente quanto fisicamente, fato que se transformou em um grande problema.

-Ei seu merdinha! -Ignorou continuando a escrever o que estava no quadro, não tinha paciência para aturar Flash naquele momento. -É impressão minha ou a cada dia que passa você fica mais gordo? -Revirou os olhos, em seguida abrindo a boca para responder, mas logo desistindo, pois se tinha uma coisa que não queria, era que alguém daquele colégio suspeitasse de sua gravidez, principalmente quando esse alguém é o Thompson.

De uma forma lenta e entediante o tempo foi passando, chegando a vez da aula de história. A professora era uma senhorinha bem pequenina e um pouco lerda na opinião de Peter. Suspirou ao olhar para o lado e ver o casal "número um da sala" rindo baixinho, enquanto trocavam pequenos celinhos escondidos da professora. Billy e Teddy estavam juntos  deis do ano passado, eles eram excessivamente melosos e perfeitos. Ninguém nunca os viu brigando ou algo do tipo, sempre pareciam estar felizes e contentes um com o outro. Deitou-se deprimente na mesa ao perceber que seu relacionamento com Wade nunca iria ser ao menos parecido com o deles, mesmo se pedisse para todos os deuses existentes, aquilo nunca iria acontecer.

Graniu de dor ao sentir seu bebê dar mais um de seus chutes, fato que se tornou normal após alcançar os cinco meses de gestação. Nem podia acreditar que tinha se passado tanto tempo, ainda se sentia como se estivesse com apenas dois meses, aonde não parecia que tinha comido um melão inteiro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...