História Union force - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 1
Palavras 863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Saga, Sci-Fi, Shounen
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem pois infelizmente num posso fazer capítulos longos

Capítulo 1 - Um dia ruin


Tudo começou décadas atrás com um evento que atingiu países esse evento ficou conhecido como contato de 3 grau, depois disso a ONU desenvolveu uma cidade equivalente a 3 estados super tecnológica, cujo apenas pessoas selecionadas podiam viver essa cidade foi chamada de academy city! ,porem academy city tem um diferencial único , que são usuários de poderes psíquicos ou psy para encurtar, e tipo não são poucas pessoas são quase a população toda da cidade tem poderes porem ninguém sabe o por que da criação de academy city e por que so nela a psy-users , e oque foi o contato de 3 grau. Porem 1 ser melhor disendo 2 seres serão capazes de descobrir esses mistérios.

No meio da noite em um apartamento luxuoso em academy city um homem de terno elegante atende o telefone e diz calmo.

-Diga oque aconteceu ?,a experiência demostrou alguma habilidade nova ou algo do tipo? .

Do outro lado da linha o cientista preocupado diz .

- A experiência fugiu!. De alguma forma ela se apossou do faxineiro e fugiu!.

Ouvindo aquilo o homem elegante muda sua postura de calma para de uma pessoa furiosa e diz irritado.

- a encontre agora não podemos deixá-la a solta , você sabe muito bem oque pode acontecer com agente caso alguma autoridade maior descubra aquela existência!, elimine qualquer prova agora! .

E o mesmo bate o telefone na parede com tanta força que causou rachaduras na parede e deixou o telefone em cacos.

Ouvindo aquilo o cientista olha para os outros cientistas e diz de forma séria.

-Sinto muito mas a partir daqui e confidencial!.

O mesmo estica sua mão em direção aos cientistas e queima tudo a sua volta.

Já em outro lugar um garoto de 18 anos estava em uma lanchonete comendo seu cachorro quente enquanto observava 5 caras de uns 20 a 24 rodeando uma garota de 18 anos e eles falavam coisas como hey gata que sair daqui e se divertir com agente, nos conhecemos um lugar legal hey oque me diz, mas era visível pela sua expressão quê ela não estava afim e já estava perdendo a paciência vendo aquilo o garoto se levanta e joga o resto do cachorro quente em uma das camisas dos catas e o mesmo diz meio nervoso.

- O bando de animais num tão vendo que ela não esta afim, por que não vão irritar alguém do seu tamanho!.

Os 5 olham ele com ódio e berram.

- Você é um cara morto!.

E assim ele corre com os 5 correndo atrás dele.

Enquanto corria o mesmo diz em pensamento

- (o dia hoje só foi de mal a pior primeiro eu tomo uma punição na escola por ser distraído, depois eu acabo sendo empurrado na avenida e piso na bosta do cachorro, agora tenho que banca o herói mais azarado que eu impossível)

Enquanto corria o garoto percebe que já estava em uma rua domiciliar e o mesmo para recuperar folego, enquanto recuperava o fôlego num percebeu uma Pessoa chegando por trás ele puxa o garoto para que um olhasse para o outro a pessoa tinha roupas de faxineiro e o mesmo beija o garoto na sua boca o garoto surpreso fica sem reação mas sente que alguma coisa liquida atravessou em sua garganta o mesmo empurra o faxineiro e lhe da um soco fazendo o mesmo perder o equilíbrio e cair no lixo desmaiado. O garoto começa a guspir de nojo e depois diz irritado .

- pronto meu dia já estava horrível! , ai do nada vem esse faxineiro gay me beijar, pior que esta num fica! .

-Achamos você desgraçado !.

O garoto ouve os 5 caras com fúria nos olhos estralando os dedos e um deles diz de forma debochada.

- Quis bancar o herói achando que estava salvando a garota!, e agora quem vai te salvar de parar no hospital!.

E o garoto respira e diz calmo.

- Você tem razão eu estava bancando o herói mas num era pra salva ela de vocês, mas vocês dela!.

E confuso o cara diz .

- Como assim?, HARG!.

E do nada os 5 caras caíram no chão desmaiados e a garota da lanchonete aparece irritada e diz.

- estão achando que eu sou uma princesa da Disney?, perderam noção do perigo.

A mesma olha para mim e diz .

- Eu não precisava da sua ajuda consigo me virar sozinha.

E serio o garoto diz.

Eu sei mas só por quê você e uma level 5 isso não significa que tem que menospreza os outros!.

E eletricidade sai do seu corpo ela tava prestes a atacar , mas sua expressão muda e ela berra.

- Cuidado! .

Mas o garoto num ouve a única coisa que consegue ouvir e o som da buzina do caminhão e assim ele se vira e vê o caminhão, sua vida passa pelos seus olhos e o mesmo diz.

-que vida ridícula eu tive mas bem que eu queria viver mais !,

E estranhamente ele ouve uma voz doce que diz.

- eu não vou deixar você morrer.

E o caminhão o atinge e ele  sai voando ,tudo fica preto e perde a consciência.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...