História Unlimited (Imagine Jackson Wang) - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Personagens Personagens Originais
Tags Bambam, Got7, Jackson, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 278
Palavras 1.349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi anjos! Demorei né? Pois é, desculpe ;-;
Esses dias aconteceram tantas coisas como:

• Transferência de escola (Até eu me acostumar com o colégio demorou muito!)

• Bloqueio de criatividade (Simplesmente a transferência me fez ficar tão nervos× que me deu um Bloqueio!)

Eu espero que entendam!
Boa leitura 💙

(Foto aleatória pq não achei outra melhor :/ )

Capítulo 16 - Lado oculto de Jackson...


Fanfic / Fanfiction Unlimited (Imagine Jackson Wang) - Capítulo 16 - Lado oculto de Jackson...


Acordo com a luz do sol invadindo o quarto, eu realmente não queria levantar da cama pois estava agarradinha com Jackson, o mesmo dormia cansado pela noite de ontem. Me viro contra ele e acaricio seu rosto. Decido levantar e deixa-lo dormindo já que ele pode estar cansado, vou so banheiro e tomo meu banho, pego um sutiã e calcinha porém eu estava sem blusa para vestir então peguei uma blusa de Jackson para vestir.


"Abusada essa garota né?" - penso e ri comigo mesma.


Sai do quarto e fui a cozinha, vejo Trico me acompanhar já sabendo que eu colocaria comida para ele. Coloco a ração em seu pote e troco a água dele, resolvo fazer café e panqueca doce (claro que vi no Google, até porque não sou nível Master Chef ^^) e infelizmente não tinha mel e nenhum tipo de calda para acompanhar; sinto alguém me abraçar por trás.

- Bom dia Jagi.

- Bom dia Tedi beeo.

- Hmmm panquecas! *diz todo felizinho*

- É estava afim de fazer, infelizmente não tem calda pra colocar.

- Não tem problema, tenho certeza de que está ótimo. Usando minha blusa...?

- Ehh... tem algum problema?

- Claro não, ficou até fofa. *diz e beija minha bochecha*

- Obrigado. *sorrio tímida* bem sente-se e tome seu café.

- Você é quem manda. *Diz e se afasta de mim, senta perto da balcada e coloca café em sua caneca, pego o adoçante que estava guardado e entrego a ele, coloco café na minha xícara e tomo um gole* aliás, ontém você foi ótima.

*Diz e quase me engasgo com café, ele percebe dá um riso nasal e em seguida come um pedaço das panquecas*


- Ehh... obrigado, eu acho... mas eu quero mais.


*dessa vez foi ele quem se engasgou, ri baixo*


- Tudo bem mas eu sou como a Caixa de Pandora.

- Então o Sr.Wang é imprevisível?

- Pode-se considerar que sim.

- Tem alguma coisa que esconde por centenas chaves?

- Sim... mas não quero te machucar.

- Pelo menos pode me dizer? *pergunta, ele me olha sério. Terminamos o café*

- *suspiro* eu gosto de fazer sexo selvagem, sem dó nem piedade.


Escutar aquilo me fez sentir calafrios pelo corpo todo, engoli a seco.



- ...m-mas você usa bri-brinquedos?

- Ás vezes, o que eu mais uso é o chicote.

- E... você trouxe?

- Sim. *ele se levanta e vai até o quarto, quando volta possuia uma vareta preta com uma ponta de couro* estenda sua mão.


*diz e estendo, ele passa o chicote pelo meu braço lentamente, quando chega na palma da minha mão ele bate com o chicote que latejou no local da dor*



- Ai! *digo e ele ri*

- Agora imagina essa dor no seu corpo todo.

-...eu quero tentar.

- Tem certeza?

- Tenho. *ele me olha sério, vai até a sala e se senta no sofá*

- Vem aqui. *me aproximo* quero que fique apoiada de bunda pra cima na minha perna.


*faço sem pensar duas vezes, ele retira minha calcinha e beija minha bunda primeiro*


- Pronta?

- Uhum. *digo, em seguida ele usa o chicote em minha bunda, arfo. A cada chicotava arfava, estava adorando aquilo. Na última chicotada deixei soltar um gemido*

- Gostou?

- Sim... nunca imaginária que você gostava disso.

- Como eu disse, sou uma Caixa de Pandora.


Enfim, sem palavras pelo o que aconteceu agora... nunca imaginaria que Jackson gosta desse tipo de coisa...e nunca pensei que eu também gostaria! Agora desconfio de todos os meninos do grupo e pelo que eles seriam capazes de fazer. O jeito com que ele recoloca minha calcinha me fez me sentir como uma criança (mesmo eu parecendo ser já que ele é mais velho que eu), me levanto e num movimento rápido pego o chicote da mão dele.

- Garota levada. *Ele diz, sorrio sem mostrar dentes* Me devolve vai.

- Não. *Digo sorrindo levada*

- Não vai devolver?

- Não.

- Retiro o que eu disse aos meus sobre você ser madura.

- Idiota. *rimos*

Dias depois


O show de talentos havia chegado, nos bastidores eu e o pessoal nos preparavamos para nossa apresentação. Com borboletas no estômago por:

• Nunca ter me apresentado a público
• Jackson está na platéia
• Medo de errar

- ...então a gente entra no palco e eu fico do lado da Milena ta bom? *Lucas pergunta, todos concordam* S/n? acorda menina!

- Huh? Que?

- Tá viajando menina? *Wesley pergunta*

- Sinceramente? Sim.


- O que houve? Fala pra gente. *Milena*

- Estou nervosa... nunca me apresentei antes.

- Também estou nervosa S/n, confesso. *Débora diz*

- Todo mundo tá nervoso, essa é a verdade. *Wesley diz*

- Menos eu! Eu hein. *Lucas diz e rimos*

- Fica nervosa não, vai dar tudo certo! *Milena diz*

- Assim espero.


Espiamos cada apresentação e fiquei impressionada! As apresentações eram muito boas e cada vez mais fui perdendo a esperança de ganhar o show de talentos. 



"O que eu ainda estou fazendo aqui? Eu vou perder..." - penso.


- Somos os próximos. *Wesley diz*

- Ai meu cu. *Lucas diz... "ué ele não tava nervoso?" *
- Agora vamos agitar com Lucas, Milena, débora, Wesley e S/n o grupo La Pax! ao som de Uptown Funk! Vamos lá pessoal! *nos anunciam*

- Vamos lá gente, chegou a hora. *Digo*

- Boa sorte gente. *Débora diz*


Entramos no palco e nos posicionamos, eu ficava bem no meio deles pois seria eu que iria cantar. Mas antes tento me lembrar do que Jackson me disse.


Flashback: on


- O segredo é não se desesperar mesmo se errar, fique calma e pense em coisas boas como memórias de momentos que você levará pra vida toda.

- Você tem alguma memória boa?

- Sim... quando eu te vi pela primeira vez, todos os momentos em que você ri... enfim, eu me lembro de você.

Ele diz, sorrio e o abraço.


Flashback: Off


No fundo da platéia podia ver ele me olhando, ao lado minha mãe e Anna sorriam. Mesmo com a voz muda ,com os seus lábios podia saber o que ele dizia.


"Não tenha medo." - ele diz, sorrio pouco.


O instrumental começa e logo começo a cantar e dançar junto com eles; na platéia tinha muita gente nos olhando, tentei ao máximo agir naturalmente. Quando vejo todos estavam cantando e dançando com a gente, sorri ao perceber que todos estavam gostando da apresentação, outros gravavam ou até arriscavam no inglês. Agora eu e entendo porque está no palco é tão bom!


Já no final da apresentação, todos aplaudem e gritam, eu nunca fiquei tão feliz na minha vida! Olhei para Jackson que aplaudia de pé assim como todo mundo e sorria de orelha a orelha. Saimos do palco e voltamos para os bastidores.

- AAAAAHAHA! *Débora grita em seguida ri igual uma hiena*

- MEU DEUS! *Wesley diz*

- Vocês viram isso? Eles aplaudiram! A-PLAU-DI-RAM! *Milena diz*

- Gente... eu tô em choque!

- -Imagina eu! *Lucas diz*

- A gente arrasou!! *Débora diz, nos abraçamos em grupo*


"Agora só falta saber o resultado..." - Penso.


~ Minutos depois ~


Nos chamam para voltar ao palco, todos que se apresentaram também estavam lá. Com o cu na mão para saber o resultado de quem ganhou.

- Enfim, vocês votaram e logo vão saber o resultado... mas antes gostaria de disser que não importa quem venceu e quem perdeu, o importante é que participaram, que treinaram em grupo e com muita dedicação; quero parabenizar cada um que se apresentou essa noite. Bem, o resultado está aqui nas minhas mãos... *Abre o papel* e quem venceu o show de talentos foram... o grupo La Pax!


Quando ouvi aquilo eu fiquei congelada! Não sabia o que fazer, Débora grita, Lucas abraça Wesley, Milena me abraça. Toda a platéia bate palma de pé,  eu e o pessoal nos damos as mãos e fizemos a reverência em agradecimento, nos entregam nosso troféu de vidro, não me controlei e chorei de alegria.




Eu nunca fiquei tão feliz!


Notas Finais


Então anjos, gostaram?

68 FAVORITOS! YEEEEY
Obrigado gente, Por tudo!

Por comentar, favoritar e principalmente ler! 💙

Amo vocês 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...