1. Spirit Fanfics >
  2. Unmistakable >
  3. Prólogo

História Unmistakable - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Mais uma história pra vocês.
Espero que gostem de verdade, pois escrever essa história está sendo muito especial pra mim.
Falar sobre vidas passadas é algo totalmente diferente do que já escrevi antes.
E também peço um pouquinho de paciência, pois estou escrevendo duas histórias ao mesmo tempo, resolvi me desafiar.
No mais, espero que curtam a história.
Beijos.
Ivy.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Unmistakable - Capítulo 1 - Prólogo

Highlands, 1356 d.C

Anya Duncan era jovem garota quando viu Kendrick Scott pela primeira vez, na estrada que ligava a aldeia até a cidade, ela tinha apenas 10 anos, ele tinha 15 e estava cortando lenha, sozinho. A estrada era próximo a casa em que ela vivia com seus pais, estava acostumada a andar ali e ir até a floresta buscar frutas, estava segurando sua cesta quando o viu usando uma camisa branca aberta expondo parte de seu peitoral. Ela se escondeu atrás de uma rocha e ficou o observando, ele estava sério e concentrado em sua tarefa, sua seriedade lhe tornava mais bonito aos olhos da garota. Após cortar os pedaços de lenhas, os colocou em um carrinho que ele mesmo empurrou até a aldeia. Só após ter certeza que o rapaz já estava longe, Anya saiu de trás da rocha e caminhou até sua casa, sua mãe estranhou a volta repentina da garota, mas nada disse – achou que ela havia desistido de colher as frutas e voltou para casa.

Naquele mesmo dia, Anya foi até a aldeia na intenção de ir até o rio que ficava atrás do castelo e viu Kendrick treinando junto com os guerreiros do clã em que viviam, o clã Mackay. Anya sempre dava um jeito de passar em frente ao pátio do castelo no horário de treinamento dos guerreiros para ver Kendrick treinar, ela nutria uma paixão secreta por ele, não havia contado para ninguém, mas não deixava de admirar e observar o rapaz a cada vez que podia.

Em uma tarde, após tomar suas lições de afazeres domésticos, saiu para brincar com seu cachorro próximo ao rio que havia atrás do castelo. Caminhou tranquilamente, carregava consigo uma manta para forrar o chão e uma pequena cesta com algumas frutas. Diminuiu seus passos ao passar pelo pátio e se deteve por alguns minutos observando Kendrick, mas dessa vez não teve muito tempo, antes de ser puxada por uma garota que a levou para o outro lado do castelo, mais perto do rio.

- Você deveria parar de arrumar desculpas para vir observar o Kendrick! – A garota disse.

- Quem é você? – Anya perguntou confusa. – Por que acha que estou observando o Kendrick?

- Meu nome é Eyshila, sou irmã do Kendrick e estou acostumada a ver as garotas fazendo de tudo pra chamar a atenção dele. – Eyshila se apresentou. – Como a filha da curandeira, a Fany, ela não perde a oportunidade de observar meu irmão tomar banho aqui nesse rio.

Anya ficou surpresa ao notar que sua paixão secreta, já não era tão secreta assim, pelo menos para Eyshila – a irmã mais nova de Kendrick, 3 anos de diferença separava os dois. As duas ficaram conversando por alguns minutos, a mais velha dava conselhos pra mais nova, sabia que seu irmão não queria compromissos com nenhuma garota do clã, principalmente uma tão nova. A curiosidade infantil lhe fez perguntar sobre o rapaz que lhe despertava interesse e sobre Fany, a conhecia de vista e sabia que apesar de ser filha da curandeira mais bondosa do clã, não era tão bem vista por algumas pessoas, seus pais eram algumas dessas pessoas e até a pediam para não se aproximar da garota mais velha por medo de que ela lhe fizesse algo.

No final da tarde, as duas voltaram para suas casas, elas não sabiam, mas ali estava nascendo uma amizade que seria duradoura. Eyshila levou sua nova amiga até a metade do caminho, Anya morava um pouco depois do povoado, seu pai era um dos guardiões dos portões das terras Mackay e por isso viviam em um ponto estratégico para poder vigiar quem entrava ou saía da aldeia. E ao voltar para casa, Eyshila se deparou com Fany sentada na entrada, conversando com Kendrick animadamente, ela bufou e entrou em casa sem dizer uma palavra, esperou ficar sozinha com seu irmão para dizer o que a incomodava.

- Você não precisava ser mal educada com a Fany, ela é uma garota legal e só está tentando ser nossa amiga. – Kendrick repreendeu a irmã. – Por que você age assim com ela?

- Ela não é sua amiga, ela está apaixonada por você e acha que você irá corresponder. – Eyshila disse revirando os olhos. – Ela não é uma boa pessoa e você vai se magoar muito quando perceber isso, pois será tarde demais!

- Você nem conhece a Fany pra falar assim dela. – Ele disse se dirigindo ao pequeno fogão a lenha. – Você deveria dar uma chance e conhecê-la melhor antes de falar assim.

- Não, obrigada! – Eyshila disse emburrada. – Mamãe também não gostava dela e aposto que papai também não iria gosta!

- Nosso pai morreu quando você era muito nova e nossa mãe ouvia demais o que os outros diziam. – Kendrick acendeu a lenha e colocou uma das panelas sobre a chama. – Agora pare com isso e me conte quem era a garota que estava com você mais cedo.

- Anya, filha do guardião das terras. – Ela deu de ombros. – Assim como Fany, também está apaixonada por você, mas ao contrário daquela bruxa, ela parece ser uma boa pessoa.

Kendrick continuou a preparar o jantar deles enquanto Eyshila lhe contava sobre Anya, ele ouvia tudo com atenção, mas achava graça da forma em que sua irmã falava as coisas. Eles só tinham um ao outro, perderam seu pai ainda muito jovens e sua mãe havia morrido há alguns meses, fazendo com que Kendrick se tornasse responsável por sua irmã, eles se ajudavam da maneira que conseguiam, mas ele era o responsável por sustentar a casa humilde onde moravam. Viviam em uma cabana modesta, toda de pedra, de dois quartos pequenos, a sala e a cozinha dividiam o mesmo espaço e havia um quarto de banho no lado de fora da cabana. Todas as coisas da casa haviam sido de seus pais, com exceção dos objetos de madeira entalhados que ficavam no quarto que agora era de Kendrick.

Eyshila arrumava a casa todas as manhãs enquanto Kendrick trabalhava na floresta, cortava lenha e levava para o castelo em troco de algumas moedas de ouro que ele usava para comprar coisas para suprir as suas necessidades e as de sua irmã. As tardes treinava com os demais jovens guerreiros, queria melhorar sua vida e achava que ali estava sua oportunidade. Ele também fazia objetos de madeira, bancos, cadeiras, colheres... aproveitava ao máximo a matéria prima e levava para vender na feira do povoado. Vez ou outra, algum dos outros aldeões lhe encomendavam móveis e objetos como brinquedos para seus filhos, e ele prontamente fazia. Sempre foi muito trabalhador e isso era valorizado pelas pessoas que estavam a sua volta, principalmente por sua irmã.

Anya cresceu admirando e sonhando com Kendrick, arrumava desculpas para vê-lo treinar e descobriu em Eyshila uma cúmplice, a amiga lhe ajudava a observar o rapaz sem ser pega e ela a ajuda com suas obrigações. Os laços entre as duas se estreitavam cada vez mais, as tornando amigas inseparáveis.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...