História Uns Hentai Toploose aí :v - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 90
Palavras 1.114
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sim eu sei, como de praxe demorei pra trazer cap novo KKKKKKKKKKKKKKKK me ajuda @Deus

Mas eu tenho uma explicação (ao menos dessa vez). Durante essas "férias" eu fiquei em um real cárcere privado KK
E sem internet :") maas eu ressuscitei essa oneshot do tártaro só pra não deixar vocês sem capítulo :p
Enfim,espero que minhas medíocres capacidades de escrita possam acabar por divertir você

Eh isto

Capítulo 9 - Capítulo sem título ou contexto específico


Tinhamos acabado de voltar para casa Perry e eu passamos a tarde em um rio, eu por mim não teria ido mas nem morto que eu perderia uma chance de ve-lo sem camisa.

Maldito Seja!, bem acho que tive sorte por ele não notar o volume no meio das minhas pernas.

Ambos estávamos exaustos porém tinhamos que tomar banho e foi isso que fizemos eu fui primeiro.

Perry : -Koi -Chan?

-Diga...

Perry: -Você tá pelado?...

- Que merda de pergunta é essa!? Eu tomo banho de roupa?

Perry : -Nada é que eu só queria saber.

Rio baixo ainda surpreendido por sua pergunta.

Fechei meus olhos e continuei meu banho normalmente, enquanto a água quente do chuveiro caia em mim não conseguia parar de me lembrar da água do rio caindo sobre o peitoral semi definido de Perry. Isso me excitava logo eu não conseguiria mais esconder minhas segundas intenções.

Estava tão perdido em meus pensamentos que não notei a presença do mais velho no banheiro.

Perry: -Buu!

- O que você tá¡ fazendo!? - Digo um pouco surpreso.

Perry: - Sabe Koi - Perry ia se aproximando fazendo aquela voz de Seme que só ele sabe fazer - Ultimamente há alguma coisa em você que tem em chamado muito a atenção - Em um movimento rápido Perry me abraçou por trás e roçou seu membro em minha bunda- Viu o que você faz comigo?

Eu não posso mentir, aquilo estava me excitando de uma maneira mas eu não podia ser fraco queria aguentar suas provocações e provocar também.

Porém a vontade que eu tinha de ser fodido pelo Perry era maior do que a minha vontade de bancar uma de Seme.

Perry: Sabe Koi você está me deixando louco - Ele deu vários beijos em meu pescoço enquanto falava, isso estava me levando a loucura e tirando minha sanidade - E agora vou te fazer pagar.

- Me fazer pagar? - Disse um pouco surpreso - O que quer dizer?

Perry: Vem aqui que eu vou te mostrar! - Disse ele desligando o chuveiro.

Pensei que ele fosse me levar para a cama tirar minha roupa, me fuder e tals mas na verdade ele me levou para um quarto no final do corredor.

O pequeno cômodo tinha uma luz avermelhada um tanto erótica e nas prateleiras alguns instrumentos de sadomasoquismo.

- É isso então. Você pretende me bater?

Perry: Koi-Chan sadomasoquismo não é só tapas e chicotadas como aparece em 50 tons de cinza.

-Eu não tenho muito conhecimento nessa área - Falei tentando fazer uma voz bem Uke - Pode me ensinar um pouco?

Perry: Com todo o prazer!

Perry foi a uma das prateleiras e pegou um chicote pensei que ele já fosse começar mas ele foi até mim e me deu um beijo carregado de luxúria e desejo era excitante de certo modo, ele largou o chicote desceu suas mãos até minha bunda e a apertou a ação do mais velho me fez soltar um gemido fraco.

Perry: - Você gosta disso?

- Eu adoro! Ainda mais vindo de você.

O mais velho foi até um armário e pegou uma caixa e dela retirou uma venda e 2 pares de algemas.

Perry: - Você quer isso Baby Boy?

Mordi levemente o meu lábio, não ia ficar de cu doce quando a coisa que eu mais queria já estava quase dentro de mim.

Perry: - QUER OU NÃO QUER?

-Quero...

Perry: - Ótimo.

Sem mais delongas Perry me vendou no começo fiquei com um pouco de medo mas ouvi dizer que depois toda a dor que é proporcionada durante o ato acaba se transformando em prazer.

Depois foi a vez das algemas Perry pegou os 4 objetos e prendeu em meus braços e pernas depois a cama.

Senti o mais velho tirar minha camisa e passar lentamente seus dedos pelo meu peitoral nu aquilo fazia com que eu me arrepiasse ele podia sentir isso, após fazer isso ele desceu seus lábios quentes em meu tronco dando fortes chupões que com certeza deixariam marca mas eu nao ligo tudo que eu mais quero é dar prazer ao Perry e é isso que eu vou fazer hoje.

Ele se posiciona no meio das minhas pernas e leva sua boca a um dos meus mamilos e chupa o mesmo com vontade.

Ele desceu seus deliciosos lábios até o zíper da minha calça e o abaixou apos tirar minha calca ele pegou o chicote e começou a chicotea-lo com vontade.

Perry: Está doendo?

-Está !Mas a queimação que vem depois é tão boa.

Perry: - É estou vendo que você está gostando. - Disse Perry colocando a mão sobre meu membro já duro por cima do tecido da cueca e o apertando, o que me fez soltar um gemido alto.

Perry: - Isso é música para meus ouvidos!

Em questão de instantes Perry retirou minha cueca deixando a mostra meu membro já duro.

Perry: - Iremos nos divertir muito!

Disse o mais velho começando uma masturbação lenta em meu membro.

- P-Perry...

Perry: Shhh, Deixe seus gemidos falarem por você.

Disse ele descendo sua boca até minha glande e a lambendo, o pequeno cômodo estava sendo preenchido com meus gemidos.

Logo me desfiz em sua boca, ele tratou de engolir tudo deixando apenas um fio de saliva e gozo entre meu membro e sua boca.

Após tudo isso ele tirou a venda e as algemas me puxando para um beijo longo e demorado.

Perry: -Agora Baby Boy tire minha roupa!

- S-Sim Daddy.

Sem demora fui até Perry e tirei sua roupa.

Se ele já era bonito com roupa imagine sem ela, Era um Deus Grego.

Perry: - Ótimo agora...Fique de 4!

Rapidamente obedeci a ordem do Seme ficando na posição desejada.

Podia notar que seu membro já estava latejando.

Perry: - Viu o que você faz comigo?

Sorri de forma provocante ao ouvir as palavras de Perry.

Sem avisar ele me penetra violentamente me fazendo soltar um gemido de dor.

Ele fazia rápidos movimentos de vai e vem e isso estava me levando a loucura - não que antes não estivesse mas né... - Do nada ele sai de dentro de mim e se senta na cama, sabendo o que ele queria fui até ele e sentei em seu membro ficando de frente pra ele,o mesmo pega em minha cintura e me ajuda com os movimentos de vai e vem.

Me sentia gozar em seu abdômen e em mim mesmo, senti minha entrada apertar o membro de Perry.

Ele dá mais algumas estocadas fundas e logo em seguida goza dentro de mim.

Ambos mais cansados do que quando voltamos nos deitamos na cama meio ofegantes.

- Meu Brinquedão.- Digo o abraçando.

Perry: - Tecnicamente o brinquedo aqui foi você.

- Seu sem graça! Me deixa sonha um pouco!

Perry da uma risada fofa depois olha para meu rosto seu olhar era um pouco inocente.

- Te amo! - Falei beijando seu rosto.

- Também te amo! - Disse Perry me dando um beijo demorado.

Deitei em sobre seu peito e assim adormecemos.


Notas Finais


Lembrem de acessar a Fanfics Drogadas
O Sam é brabo
amo vocês

tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...