História Unsolved--Darth Vader - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Anakin Skywalker (Darth Vader), Han Solo, Obi-Wan Kenobi, Personagens Originais
Visualizações 44
Palavras 1.349
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem desse novo capitulo!- Para quem perguntar, sim eu estou postando dois capitulos por dia e assim será enquanto eu tiver disponibilidade para isso.

Não se esqueçam do voto e do comentário, boa leitura!!

Capítulo 4 - Capitulo III-A missão


Fanfic / Fanfiction Unsolved--Darth Vader - Capítulo 4 - Capitulo III-A missão

Então tudo se revelou. Bastou um tiro contra uma das planícies daquele planeta que tudo ficou mais claro para todos os que tentavam entender o que era a tal "Mega Arma de Devastação".

— Vocês todos viram aquilo que eu vi bem na minha frente?!— Princesa Leia perguntou com a maior expressão de susto na cara que podia. Ela não acreditava no que via e era impossível de acreditar na verdade, como era possível haver uma arma que fazia um dano daqueles. Talvez ela não considerasse aos pés da estrela da Morte que aquilo não era nada mas ainda assim era complicado ter uma arma daquelas e aind apor cima no planeta da república. O que significava que o inimigo estava perto, muito perto.

— Aquilo não foi uma torre de defesa, isso eu tenho toda a certeza!— Vader falou e logo se levantou para se aproximar da janela daquela sala. Quando chegou perto da mesma, outro tiro acertou outra planície que estava ainda mais perto do castelo, fazendo tudo tremer e abanar de um lado para o outro. Aquilo tinha de ser parado de imediato ou eles morreriam ali sem poder fazer nada contra aqueles tiros de um canhão que nem sabiam de onde vinham.
Luke olhou também para o exterio e sarrou os seus alhos na direcção da planície destruída.

— Há algo nessa trama que não está certo é impossível tudo isso deve ser uma ameaça de algum grupo que quer que se crie uma nova guerra!— Disse Leia enquanto levava a mão ao queixo e ficou pensativa, andando de um lado para o outro enquanto pensava no que eles poderiam fazer para descubrir mais alguma coisa. O plano que surgiu em mente era arriscado, pois colocaria a vida de Luke, Han, Kenobi, Soldado Invernal e até mesmo do seu pai, Darth Vader.— Eu sei o que podemos fazer para descubrir mais sobre isso mas é muito arriscado!— Leia afirmou enquanto olhava para o seu pai, Han, Luke, Kenobi e Soldado Invernal que estavam alguns sentados nas cadeiras perto da mesa de reúnião e outros de pé, perto das janelas.
Darth Vader se virou para a princesa, também com a mão a agarrar o queixo, pensativo e tentou também pensar em um plano menos arriscado, mas infelizmente era impossível de arrumar outro jeito se não o que a filha havia falado. Sobre-voar as torres que estavam a atirar com aquele lazer massivo era quase impossível sem contar com a morte certa e fracasso da missão.

— Não podemos sobre-voar se não provavelmente iremos morrer fritos com a explosão da nave se formos atingidos por um dos tiros da torre que atira o lazer daquela potência.... O que significa que teremos de ir a caminhar e sabe se lá o que encontraremos para lá da cidade..— Luke falou um bocado em seco. Leia sabia que o seu irmão era astuto e já tinha experiencia de combate, tanto aéreo como fisico de corpo a corpo ou com armas. Ele sempre soube dar a volta aos problemas que se punham na frente dele e nunca teve de arriscar muito sendo um dos melhores Jedi's que a princesa conhecia. No entanto, esse não o problema com que se defrontavam no momento e sim uma arma qualquer de grande porte que podia destruir a cidade inteira se acerta-se na área certa da mesma.

— Não podemos ficar aqui parados, esperando a morte certo?— Han perguntou como se já fosse óbvio a pergunta. Realmente era óbvia, eles não poderiam ficar ali parados pois mais tarde ou mais cedo seriam o alvo principal da arma e para isso não tardaria muito, já que não existem muitas planícies na frente do castelo e da cidade. Leia caminhou até ás portas de saída daquela mesma sala e saiu da mesma, deixando a porta aberta e logo Han e Kenobi seguiram a mesma para verem onde ela iria. A princesa possuía uma imensa raiva da pessoa que estava no comando daquela arma e para ela, destruir essa mesma pessoa era agora uma prioridade maior do que qualquer outra que os rebeldes possam ter.

— Ei!..Leia!— Han Solo gritou, procurando ela por todo o canto dos corredores daquele enorme castelo repúblicano. Kenobi se separou de Han para procurarem os dois por lados opostos e assim talvez a encontrassem mais fácilmente, mas ao que parece estava muito mais dificil do que sendo apenas eles juntos. Ela estava na zona das tropas aéreas da aliança rebelde, onde ficava também a milénium Falcon que Chewie estava concertando em algumas partes que tinha circuitos queimados após a última batalha. Assim que a viu, Han a abraçou e ela logo de seguida retribuiu o abraço e assim ficaram durante algum tempo, até que Kenobi os encontrou aos doi e interrompeu o momento.


— Então como fica?— Obi-Wan perguntou para a princesa, em relação há excursão em busca de informações sobre a arma de devastação. Leia largou e Han e olhou para Kenobi com um sorriso e logo Han os deixou para ir ter com Chewie.

— Você, Han, Chewie,Luke e meu pai, vão procurar informações com um grupo de dez soldados que meu pai trouxe com ele e eu fico aqui analisando os danos do território ok?— Leia esclareceu para Kenobi como seriam distribuidas as equipes dos dois lados até se resolver o problema da arma que poderia causar uma nova guerra entre o Império e as facções seperatistas em conjunto com a aliança rebelde. Obi-Wan fitou a princesa com um olhar sério que a mesma já conhecia, era o olhar do tio Kenobi quando estava preocupado com algo que a envolvia.

— E.. Você.. Fica aqui sozinha apenas com seus guardas?— Ele perguntou cruzando os braços e olhando para os pilotos em todo o armazém das navez que concertavam as mesmas com alguns equipamentos que possuíam. Leia esfregou a mão no braço de Obi-Wan e o olhou sorrindo para o mesmo enquanto o tentava acalmar.

— Eu tenho um membro secreto aqui...— Leia falou sorridente enquanto revirava os olhos para a janela do alto da parede do armazém das naves que dava visão para a parte traseira da sala das reúniões, onde estavam Darth Vader e Soldado Invernal, Obi-Wan olhou também e deu uma breve risada ironica ao ver o homem que a princesa tanto falava.— Não se preocupe que ele aguenta tudo e sabe olha por mim muito bem!— Leia falou em conclusão e logo saiu do armazém das naves e foi para o quarto de onde ela dormira com Han e se sentou na borda lateral da cama.

                                    *****

Darth Vader olhou para o homem que estava equipado e armado no seu lado, ele sabia quem era o homem, mas não meteu conversa. O homem olhou para Vader, largou a arma na mesa que estava perto deles e cruzou os braços.

— Então você é que é o poderoso general do Império?— Ele perguntou com tom de brincadeira. O Sith não gostara do tom e se aproximou dele de mão aberta e agarrou o pescoço dele e o levantou. Ele se sentiu sufocado e tentou se liberar da mão de Vader mas foi em vão.

— Sim sou e se isso é motivo de brincadeira pode ficar sabendo que eu não gosto que usem o Império para motivos de brincadeira estamos.... Esclarecidos?— Vader, por fim, deixou o homem cair no chão e o mesmo tossiu como se tivesse ingolido kilos e kilos de poeira. A ports sala onde estavam se abriu e de lá de dentro veio Obi-Wan e Luke, cansados da correriam que haviam feito até chegarem ali o mais depressa possível.

— Está na hora pai, eu, você, Han e Obi-Wan vamos em excursão pelo território para lá da cidade para recolher informações sobre a tal "Mega Arma".— Luke disse se inclinando, tentando recuperar o fôlego que perdera na correria. Vader caminhou até chegar perto do mesmo e logo de seguida parou na frente dele.

— Ótimo!.. Não podemos perder mais tempo então!— Vader disse enquanto regulava algumas coisas no seu fato que percisavam de alguns ajustes.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...