História Unsolved--Darth Vader - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Star Wars
Personagens Anakin Skywalker (Darth Vader), Han Solo, Obi-Wan Kenobi, Personagens Originais
Visualizações 34
Palavras 1.028
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O Exército Separatista avança, quem será que esta por de trás disso tudo?- O que será que eles querem?

Não se esqueça do Voto e do comentário! ;)

Capítulo 5 - Capitulo IV- Uma Guerra se aproxima..


Fanfic / Fanfiction Unsolved--Darth Vader - Capítulo 5 - Capitulo IV- Uma Guerra se aproxima..

Darth Vader encarou os portões da cidade sériamente. Era essa a hora em que eles iriam explorar o exterior para recolher mais informação de que necessitavam para poderem se defender ou até mesmo punir quem criara tal arma como a que eles estavam em risco de morrer. O plano estava traçado e era só seguir em frente, tinha todos uma arma com eles para além dos guardas que Vader trouxera com ele. O medo era pouco mas o receio do que poderiam descubrir ser algo mais perigoso do que achavam era grande.
 
— Acham que é seguro irmos a pé até lá?— Luke questionou e todos pararam olhando para ele de relance. Luke parou também e se sentiu um pouco constragido por ter um enorme número de pares olhando para ele fixamente. Vader logo continuou a caminhar e assim todos o seguiram de uma vez e ficaram caminhando pelas ervas verdes e árvores altas e castanhas que por ali haviam. Han ia caminhando atrás dos guardas imperiais, sempre de arma na mão assim como Chewie que decidiu acompanhar eles também.

— Temos de ter cuidado todos, com os tiros que houverem por causa daquela mega arma..— Vader interviu, olhando para o alto que os rodeava e logo continuaram a caminhada. Já estavam perto de uma das planícies quando uma nave passou por cima deles e fora em direcção há zona de onde vinham os tiros da "Mega Arma de Devastação". Darth reconheceu logo aquela nave e ficou analisando em seu "Digital-Ledd" o tipo de nave que era e logo se apercebeu de algo que poderia ser importante.  A nave era de uma classe única e especial, este tipo de naves como a que passara pertenciam uma classe que fora feita apenas para os Separatistas na última república muito antes do Império ter se formado.— Uma nave Separatista?— Vader pensou em voz alta e logo todos pararam e olharam para ele. Parado, fitando o céu e tentando entender o que se passava nessa trama toda.

— Como assim.. Pai?— Luke perguntou a Vader enquanto fitava o céu também. Darth Vader se aproximou do filho e do resto grupo e cruzou os braços, olhando para todos os que ali estavam.

— Aquela nave que passou agora por cima de nós pertence aos Separatistas e vai em direcção há zona de onde vieram os tiros da mega arma.— Ele falou enquanto observava a trajectória que a nave havia feito de um lado para o outro. Vader já tinha muito conhecimento de trajectórias de naves pelos tempos de guerra em que esteve e agora era bastante útil para ele. Obi-Wan observou o seu antigo discípulo por mais um tempo e depois franziu o sobre-olho na direcção do mesmo.

— Isso significa que são os Separatista por de trás de tudos?— Han perguntou enquanto observava  Darth Vader caminhando de um lado para o outro e tentando pensar em algo como se o assunto fosse um enígma, e talvez até fosse mesmo. Logo que acabou de pensar em uma hipótese, Vader mandou os seus seguranças irem pela planície primeiro e os mesmos obedeceram sem questionar nada, tal como era suposto eles fazerem.
Um outro tiro da mega arma acerta dessa vez a planície de onde os guardas caminhavam e do alto eles caíram todos e quando chegaram novamente em baixo, já estavam mortos e com um buraco no peito, o sangue escorria sem nunca parar e várias poças de sangue foram se formando em torno dos corpos.

— Seja quem for, tem uma visão muito boa do que se passa nas planícies, o que significa que não podemos caminhar por cima ou acabamos como esses guardas aqui...— Darth Vader olhou para baixo e se abaixou para ficar perto de um dos guardas que ele trouxera e ficou observando o tamanho do buraco que o mesmo tinha no peito e tentou imaginar que tipo de tiro lazer poderia causar um buraco daquele tamanho e destruir uma planície ao mesmo tempo.

                                 *****

Leia estava quieta, sentada na borda da sua cama enquanto pensava em como estaria o grupo por caminharem, talvez, para a morte certa. Ela sabia que tinha de fazer a sua parte enquanto eles estavam fora, investigar mais sobre a tecnologia que existia em redor do castelo e da cidade central. De repente, a porta do seu quarto se abre e ela logo olha para a mesma, do outro lado, aparece o Soldado Invernal que logo se senta do lado dela. Ele sorri e decide puxar conversa com ela.


— Então... Quando vão começar as pesquisas?— Ele pergunta a Leia com um tom de firmeza. Leia se levanta e pede para o Soldado a seguir e ele obedece. Os dois vão até há varanda daquele mesmo quarto e logo ficam observando tudo o que os guardas estavam fazendo.

— Em breve...Muito breve..— A princesa responde com um tom seco, que faz o Soldado ficar preocupado. Ele coloca uma mão no queixo e tenta pensar o que lhe dizer naquele momento, no entanto, nada veio á cabeça.

— Você está preocupada com eles não é verdade?— Ele pergunta para a princesa que logo acena com a cabeça em confirmação e ele sorri irónicamente.

— Um pou..— Leia é interrompida por um plutão de seis naves grandes que aparecem a sobre-voar aquela zona e da lateral das mesmas, aparecem soldados com "Torret's Lazer",  como se fossem os morteiros do Império, mas aquela nave não pertencia ao Imperio e isso ela tinha a certeza. As próprias naves começam a disparar contra o chão de onde estavam os guardas da princesa que acabam sendo mortos pelos tiros das mesmas. Uma chacina foi o que acontecera naquele momento, Leia ficou em choque e só piorou quando viu um pequeno batalhão de trinta soldados com armaduras pretas e com o símbolo dos Separatistas pintado nos capacetes a vermelho.

— Venha Princesa!— O Soldado Invernal disse para Leia e fez um gesto para que esse a seguisse e os dois foram para uma parte subterrânia daquele castelo. Era uma zona secreta, onde supostamente os guardas não iriam saber que eles ali estavam e seria útil para abrigo até tudo se acalmar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...