1. Spirit Fanfics >
  2. Urso De Pelúcia - HyunIn >
  3. 4 - O sono eterno...

História Urso De Pelúcia - HyunIn - Capítulo 4



Notas do Autor


acabou saindo meio tarde, porém aqui estamos!
boa leitura! ~Helen,,🍎

Capítulo 4 - 4 - O sono eterno...


Hyunjin observava o baixinho dormindo ao seu lado, depois de toda aquela conversa o mais novo havia chorado muito e isso havia quebrado o coração do Hwang, odiava o fato de ser o motivo de Jeongin ter chorado. Não mentiria, odiou o fato do pequeno não ter somente a ele como amigo, as vezes queria ser um humano como os outros, talvez assim pudesse ser um amigo melhor para o pequeno Yang. Por outro lado, isso também era bom, o pequeno havia conseguido se enturmar e até conseguiu um amigo novo que o deixou completamente feliz, então, se Jeongin estava feliz, Hyunjin também estava.

O Hwang tomou um pequeno susto quando ouviu os passos de alguém se dirigindo ao quarto do menor, estava certo que seria a sua mãe pelo som do que parecia ser um salto batendo contra a madeira do chão descoberto. Ficou parado do jeito que estava e então observou a porta ser aberta e a mãe do pequeno entrar ali, logo fechando a porta atrás de si.

─ Oh céus, você acabou dormindo. ─ Disse sua mãe em tom baixo enquanto se aproximava da cama, logo sentando-se ao lado do mais novo. ─ Jeongin? Você precisa acordar.

─ Hm? ─ Murmurou sonolento.

─ Você não pode dormir sem comer e também ainda temos que conversar.

─ Eu não estou dormindo. ─ Disse com os olhinhos fechados enquanto se sentava na cama.

─ Ah, me perdoe, pensei que estivesse mesmo dormindo. ─ Falou risonha enquanto observava o rostinho fofo e amassadinho de Jeongin.

─ Estou acordado. ─ Abriu seus olhinhos e encarou sua mãe. ─ O que a gente ia conversar?

─ Ah, sobre isso. ─ Fechou a cara em um tom sério. ─ Esses dias você vem estado muito distante da gente, está sempre em seu quarto e as vezes está falando sozinho. ─ Deu uma pequena pausa para ter certeza de que Jeongin estava a ouvindo. ─ Você já está crescidinho, está na hora de ter mais algumas responsabilidades, então eu e seu pai pensamos que seria melhor você estudar em tempo integral, talvez isso também te ajude a se enturmar mais e quem sabe você também arrume novos amigos além de Seungmin.

─ Mas se eu passar o dia todo na escola, não vou ter mais tempo para brincar.

─ Bom, isso é verdade... Você passará o dia inteiro na escola e no fim da tarde faria seus deveres e trabalhos escolares, por fim teria de ir dormir por estar cansado.

─ Se eu não tiver tempo, eu não quero estudar desse jeito.

─ Jeongin, você já está grandinho, e isso também não é muita coisa, é apenas o seu dever como estudante e também um pouco mais de estudo não faz mal a ninguém, então será desta forma você querendo ou não.

A mais velha então deixou o quarto, deixando também um Jeongin tristonho, pois sabia que se fosse desta forma, não teria tempo para brincar com Hyunjin ou até mesmo para conversar com o urso. Já tinha pensado na possibilidade de ficar mais distante do amigo, mas não queria que isso fosse tão cedo quanto estava sendo.

─ Vai ficar tudo bem, você irá se acostumar com a sua nova rotina e também irá passar mais tempo com o seu novo amigo, isso não é legal? ─ Perguntou o urso, tentando animar o mais novo, não queria o ver triste daquela forma.

─ É... Mas eu também não vou ter tempo para ficar com você.

─ Jeongin, você tem prioridades, eu sou apenas um brinquedo, lembra?

─ Tá... Mas você me promete que vai sempre me dar boa noite e também que vai continuar dormindo comigo?

─ Prometo sim.

── {♡} ──

Algumas semanas se passaram, Jeongin já estava adaptado a sua nova rotina, e como esperado, quase não tinha tempo para seu amigo, apenas o podia ver a noite, quando estava indo dormir. Jeongin agora passava mais tempo com seu novo amigo, Seungmin, os dois já eram melhores amigos um do outro, e isso deixava tanto Jeongin como Seungmin super felizes. E Hyunjin? Bom, o urso continuava no quarto do mais novo, sempre sentado à sua cama, apenas observava o sol entrar pela janela, sentia tanta falta de seu amigo no período da tarde, pois a noite apenas podia lhe dar um "boa noite" porque Jeongin sempre estava cansado naquele horário, e Hyunjin não iria atrapalhar o seu único momento de descanso, isso era fato. Ficou quieto quando a porta do quarto foi aberta, viu a senhora Yang adentrando o quarto e olhando em sua direção, a mais velha começou a se aproximar do urso e logo se sentou ao seu lado na cama.

─ Não entendo o que o Jeongin vê em você, és apenas um urso de pelúcia, apenas um brinquedo.

Hyunjin estava super ciente daquilo, e as vezes lhe doía saber disso, mas não entendia o motivo da mais velha estar ali no quarto de Jeongin, e principalmente não entendia o motivo dela estar falando consigo.

─ Bom, Jeongin precisa se desapegar de você uma hora ou outra, e terá de ser agora.

Senhora Yang agarrou o braço do urso e saiu do quarto com o mesmo, foi andando até estarem em frente à uma porta meio velha. A mesma a abriu e foi-se avistado uma grande escada que parecia dar em um espécie de sótão, adentrou o lugar com o urso em sua mão. Era de fato um sótão, haviam várias caixas e até alguns móveis velhos, estava cheio de poeira por todos os cantos, era de fato um lugar um tanto assustador. A senhora Yang então colocou o urso em um sofá velho, e apenas o deixou ali mesmo, logo após saindo do cômodo. Hyunjin estava incomodado com aquilo, mas entendia o propósito de tudo e também aceitaria pois queria ver o Jeongin bem e feliz, mesmo que ele não fizesse parte disto.

Algumas horas depois, Jeongin havia chegado de sua escola e foi diretamente para o seu quarto, com o mesmo sorriso animado de sempre, como hoje havia chegado mais cedo, teria tempo para conversar com seu urso. O mais novo adentrou o seu quarto, e seu sorriso se desmanchou quando viu a sua cama vazia, retirou a mochila de suas costas e a jogou no chão, saiu apressadamente do cômodo e foi correndo para o escritório de seu pai, pois sabia que os dois deveriam estar ali, como sempre. Adentrou a sala todo ofegante por ter corrido tão rápido, olhou diretamente para sua mãe e foi até a mesma.

─ Aconteceu algo? ─ Perguntou seu pai enquanto olhava para o computador a sua frente.

─ Vocês viram o Hyunjin? ─ Ignorou a pergunta de seu pai, estava preocupado com seu amigo.

─ Jeongin, o melhor para você é que não se apegue a um objeto, isso é para o seu bem, você não poderá mais ver o seu urso.

─ Onde ele está? ─ Perguntou com os olhinhos marejados, estava sentindo uma enorme vontade de chorar naquele momento.

─ Olha. ─ Sua mãe suspirou, ver o baixinho daquele jeito lhe quebrava o coração. ─ Você pode o ver por uma última vez, tudo bem?

O pequeno sentiu as lágrimas molharam suas bochechas vermelhinhas, aquilo era a pior noticia do mundo, não queria ter que deixar o seu melhor amigo, mas queria ve-lo então decidiu que aceitaria aquilo.

─ T-tá.

Apenas pronunciou aquilo e sua mãe saiu da sala com o mesmo, deixando o senhor Yang todo confuso em sua mesa. Os dois foram diretamente para a porta do sótão e pararam em frente à mesma, então a senhora Yang virou o menor para si e se ajoelhou a sua frente.

─ Vou te deixar ir sozinho, fique o tempo que precisar, ficarei aqui fora.

O mais novo nada disse, apenas abriu a porta e subiu as escadas correndo, sua mãe tratou de deixar a porta fechada, apenas pensou que Jeongin o quisesse assim. O baixinho logo avistou o seu amigo em um sofá velho, e tratou de ir abraçá-lo enquanto tinha um sorriso enorme em seu rosto.

─ Eu senti tanto a sua falta, voltei mais cedo para poder ficar com você.

Nenhuma resposta. O mais novo se separou do urso para o encarar.

─ Hyunjin?

Novamente nenhuma resposta, o mais novo então sorriu achando que aquilo era uma brincadeira do outro, mesmo com o sorriso em seu rosto, as lágrimas continuavam a descer em suas bochechas, molhando o seu rostinho.

─ Se isso for uma brincadeira, saiba que não tem graça.

Nenhuma resposta. O pequeno então forçou-se a rir, porém tudo o que conseguiu foi chorar ainda mais, estava desesperado com aquilo, queria o seu Hyunjin de volta.

─ H-hyunjin...

O chamou enquanto o abraçava, sentia um grande aperto em seu coraçãozinho o que fazia tudo aquilo piorar.

─ P-por f-fa-vor.

Não conseguia mais falar, os soluços altos não permitiam que saísse qualquer palavra de sua boca, queria muito o seu amigo de volta.

Hyunjin assistia aquilo dolorosamente, seu coração doía por ver o pequeno daquele jeito, queria tanto o responder e o abraçar, dizer que iria ficar tudo bem e que ele o amava muito, mas não faria isso, havia decidido que o melhor para Jeongin seria seguir a sua vida sem o urso, não o queria assim, mas teria de ser. Voltaria a ser um brinquedo normal, e após decidir isso, acabou dormindo enquanto sentia as lágrimas quentes de Jeongin a molhar sua pelagem, mas não iria acordar daquele sono, aquele seria o seu sono eterno.


Notas Finais


desculpem por qualquer erro ortográfico.
até o próximo! ~Lana♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...