1. Spirit Fanfics >
  2. Vai se Ferrar, Kim Taehyung >
  3. Faixa 9. Não me culpe (4:25)

História Vai se Ferrar, Kim Taehyung - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Hoje vou postar três capítulos, e vou conversar com vocês um pouquinho...

Boa leitura 😘

Capítulo 14 - Faixa 9. Não me culpe (4:25)


Fanfic / Fanfiction Vai se Ferrar, Kim Taehyung - Capítulo 14 - Faixa 9. Não me culpe (4:25)

Taehyung

— A SOCIOLOGIA É O ESTUDO do desenvolvimento, estrutura e funcionamento da sociedade humana— . Namjoon repete pela enésima vez esta noite. — Sociologia é o estudo do desenvolvimento, estrutura e funcionamento da sociedade humana...

— Por favor, me diga que chegou mais longe em seu livro do que isso, Namjoon. — Assisto enquanto ele anda de um lado para o outro na nossa sala de estar.

— Eu cheguei, — ele diz. — Li os sete primeiros capítulos do livro até agora. O teste é dos cinco primeiros nesta sexta-feira, mas caso esse imbecil tenha me enganado, eu fui além e memorizei os próximos dois, sabe?

Meu amigo Park Seojoon balança a cabeça do outro lado da sala.

— Acho que estou oficialmente substituído como seu amigo mais louco.

— Concordo. — Sorrio e faço sinal para ele me seguir até a cozinha. — Bom saber que ainda está vivo.

— Posso dizer o mesmo para você, meu amigo.

Nós dois não saímos tanto quanto costumávamos, já que o doutorado em medicina estava chutando a bunda dele nesses últimos semestres, mas os tempos imprudentes que compartilhamos durante novatos e no segundo ano serão algo para os livros dos recordes. Algo que sempre poderemos lembrar.

— Ok, — ele diz, pegando uma cerveja da minha geladeira. — Vim para pedir-lhe um grande favor.

— Poderia ter ligado.

— Eu liguei. Você não respondeu.

Olho para o meu telefone e com certeza há uma ligação perdida dele, mas tem também quarenta mensagens que pertencem aos amigos de Yumi.

Ugh. Aceite a dica, Yumi.

— Qual é o favor? — Pergunto.

— É simples. Preciso que elimine a melhor amiga de uma garota que estou interessado.

— Por que sinto que é um pouco mais complicado do que isso?

— Porque você tem uma grande intuição. — Ele sorri. — Isso precisa ser um tipo de coisa prolongada desde que quero hum, a certa altura conseguir com ela uma viagem sênior.

— Há algo de errado com a melhor amiga?

— Além do fato de que ela me odeia e acha que sou uma má companhia para sua amiga? — Ele dá de ombros e me mostra suas fotos em seu telefone. — Na verdade, não. E me chame de louco, mas fora isso, acho que vocês dois realmente se darão bem.

— Ela é fofa, — digo, então balanço a cabeça. — Então, de todas as coisas que você disse, devo presumir que sua garota está disposta a sair com você, se ligar a sua amiga com um de seus amigos gostosos?

— A palavra 'gostoso' nunca foi usada, Sr. Presunçoso. — Ele ri. — Mas sim, sua intuição vence novamente. Posso te dar o número de telefone dela? O nome dela é Nina.

— Claro.

Enquanto guardo no meu telefone, Sarah entra na cozinha usando um sutiã esportivo e um short preto. Ela vai direto para a geladeira, movendo todo o álcool e cerveja até encontrar a garrafa de água.

Eu e Seojoon olhamos para ela, e começo a imaginá-la em cima de mim, no banco de trás do meu carro.

Merda...

— Ei, Taehyung. — Ela finalmente se vira, estendendo a mão para Seojoon. — Ei, amigo do Taehyung.

— Park Seojoon, — ele diz, olhando-a de cima para baixo. — E você é?

— Sarah Yeon.

— Ah, — Ele concorda. — A 'Viajante no mar' amiga de Taehyung.

— Nós não somos amigos, — dizemos em uníssono, um hábito.

— Por um tempo, achei que ele estava inventando você. — Ele continua falando como se não ouviu nossa intrusão. — Devo dizer que a descrição dele não lhe fez justiça.

— Tenho certeza. — Ela sorri. — Mas se você é o Park Seojoon que ele escreveu de vez em quando, ele nunca falou nada sobre você.

— Bom saber.

Outra imagem dela envolvendo as pernas em volta da minha cintura passa pela minha cabeça e não me afasto.

— Adivinha? — Ela diz, olhando para mim.

— O que?

— Acabei de ser convidada para sair em um encontro! Como um encontro real que não acontecerá em um navio de cruzeiro ou em uma excursão internacional.

— De alguma forma, o navio de cruzeiro e a excursão internacional soam muito mais atraentes.

— Não para mim, — ela diz. — Só queria passar o nome do cara antes de dizer sim. Você conhece um Chanyeol?

— Chanyeol é um cara incrível, — Seojoon diz, ainda olhando de cima abaixo.

— Ele é um antigo sócio meu, — digo, fazendo uma anotação mental para fazer uma visita a ele neste fim de semana. — Éramos mais próximos antes dele se juntar a uma fraternidade, mas é um cara legal.

— Ótimo! Alguém que você pode garantir. — Ela me abraça, pegando completamente desprevenido, e no segundo em que seus seios batem em meu peito, começo a ficar excitado. — Se este encontro for bem, e nós saímos mais algumas vezes, vou pedir a ele para compartilhar o meu bilhete de amiga para a viagem sênior!

Eu recuo.

— Quando é o encontro?

— Este fim de semana. Posso mostrar alguns vestidos para você para não dar a impressão errada?

— Claro.

— Ótimo, — ela diz. — Sabe, você é um bom amigo temporário, Taehyung. — Ela corre para longe e Seojoon olha para ela até que está fora de vista.

— Que diabos? — Ele se aproxima e bate no meu ombro. — Você nunca me disse que a garota que 'supostamente' odiava parecia assim.

Ela não parecia...

— Inferno, — ele diz, rindo, — Eu provavelmente escreveria de volta todas aquelas vezes também. Especialmente se soubesse que ela voltaria e moraria comigo. — Ele baixa a voz. — Você já pegou?

— Não, — digo, apreciando as novas imagens de Sarah debruçada sobre o sofá que atualmente brinca em minha mente.

Pego meu telefone e tento me concentrar no favor em minhas mãos. A garota Nina.

Enquanto mando uma mensagem para seu número, tento me convencer de que a sensação no meu peito quando Sarah mencionou Chanyeol não é ciúme. Não pode ser.

Ela ainda é a garota do lado que eu odeio... Nada mais. Nada menos...


Notas Finais


No original: Don't Blam, canção de Taylor Swift.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...