História Vai ser sempre você. - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Nem te conheço.


Como sempre fui acordado com a minha mãe aos berros me chamando para ir pro colégio, eu odeio acordar cedo, levantei, arrumei meu quarto pra coitada da Ester não ter que ficar arrumando, tomei um banho, me arrumei e desci tomar café.

Ester: Bom dia seu Augusto, seu café já esta na mesa.

Guto: Bom dia familia, obrigado Ester mej quarto já está organizado.

Sônia: Bom dia filho, dormiu bem?

Pedro: Bom dia filho, anda logo que eu vou levar você e sua irmã.

Leticia: Eu terminei, só vou subir escovar os dentes e já volto.

Minha irmã subiu escovar os dente, eu terminei de comer e já fui escovar os meus também e fui para o colégio, cheguei no colégio e meus amigos ainda não tinham chegado, então fui ate o banheiro dar uma ajeitada no cabelo e fui pro pátio esperar eles e vi apenas a Samantha.

Samantha: Bom dia Gutinho.

Guto: Bom dia Sam, Tudo bem?

Samantha: Ah tô bem virada e você?

Guto: Tô bem, passou a madrugada na balada denovo?

Samantha: Não só eu, tava a Clara, Felipe, MB e a Lica.

Eu realmente não entendo o porque desse povo amar ir em balada todo final de semana, isso enjoa, esperei meus amigos chegar e a gente subiu para a sala.

Acordei cedo e fui correr como de costume, cheguei em casa tomei um banho rápido e fui para o colégio, chegando la Keyla e Ellen já estavam me esperando no portão, antes de conhecer elas eu não tinha nenhuma amiga, elas me ajudaram a enfrentar a timidez.

Keyla: Bom dia Benêzinha.

Benê: Bom dia Keyla, Bom dia Ellen.

Ellen: Bom dia Benê, você ta bem?

Benê: Estou sim e vocês?

As duas responderam que sim e ficamos conversando na frente do colégio ate bater o sinal para entrarmos na sala, a aula correu normalmente, na saída Tato estava esperando a Keyla para irem buscar o Tônico.

Tato: Vamos Key?

Keyla: Vamos sim, não querem ir almoçar na lanchonete meninas?

Ellen: Eu tenho uns assuntos para resolver.

Benê: Eu preciso fazer os exercícios de Física, mais tarde eu passo lá Keyla.

Keyla: Ta bom Benê, tchau meninas.

Tato: Tchau Benê, Tchau Ellen.

Se despedimos do casal e fui para casa junto com Ellen, pois ela morava perto do meu prédio, passamos em frente ao colégio Grupo e o olho de Ellen começou a brilhar.

Benê: Amiga, aconteceu alguma coisa?

Ellen: Não Benê, só estou admirando esse colégio incrivel, meu sonho em estudar aqui.

Benê: É muito bonito mesmo, agora vamos se não perdemos o metrô.

Ellen: Vamos sim.

Saímos correndo e quase que perdemos o metrô, cheguei em casa e minha mãe estava terminando o almoço.

Na casa dos Sampaio, cheguei em casa, almocei e subi dar uma descansada, mais tarde acordei e sai pra caminhar um pouco e quando vi fui parar na frente da lanchonete do Roney Romano, entrei e pedi um lanche e um suco, sentei numa mesa no canto e fiquei admirando aquele lugar, quando de repente me deparei com um piano encostado num canto, esperei meu pedido chegar para pergunta pra alguem sobre o piano, não demorou muito um rapaz que deveria ter a minha idade veio trazer meu pedido.

Guto: Ei, será que você poderia me tira uma duvida?

Tato: Pois não, o que seria?

Guto: De quem é o piano?

Tato: Eu acho que é do seu Roney, ta ai desde quando cheguei, por que?

Guto: Porque eu amo tocar piano e quando eu vi me deu uma vontade de tocar.

Tato: Se quiser eu pergunto pro seu Roney ele já deve estar chegando.

Guto: Tudo bem então eu espero.

Tato: Ok, como é seu nome mesmo?

Guto: Me chamo Augusto, mais pode me chamar de Guto.

Tato: Ok, prazer me chamo Teobaldo, mas pode me chamar de Tato.

Guto: Prazer!

Tato se retira e vai cuidar da chapa, não demora muito Roney chega e o genro chama num canto e fala sobre o piano, Roney libera Guto tocar e logo sai para resolver alguns problemas, em seguida chega Ellen e Benê juntas conversando e Benê escuta o som do piano e vai ver quem estava tocando.

Benê: Oi? 

Guto se assusta e levanta rápido.

Benê: Me desculpa não quis assustar.

Guto: Não foi nada.

Benê: Faz anos que você toca?

Guto: Desde criança.

Benê: Tem como me ensinar?

Guto: Ta maluca garota? Eu nem te conheço.

Guto sai e deixa Benê sozinha, no caminho de volta para sua casa ele vai pensando na besteira que tinha feito, mas acaba deixando pra lá pois ele nem conhecia a menina.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...