História Vai ver, isso quer dizer AMOR - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Fátima Bernardes
Personagens Fátima Bernardes, Personagens Originais
Tags Fátima Bernardes, Fatu, Romance
Visualizações 49
Palavras 989
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não é que o capítulo saiu agora... Hahahaha resolvi postar logo.
Desculpem qualquer erro e boa leituraaaaaa

Capítulo 42 - Climão...


Já era terça-feira a tarde e Fátima estava na sua sala lendo umas matérias necessárias para o programa do dia seguinte, quando viu Eduarda entrar no local, sabia que não poderia mais fugir dessa conversa. Enfim, decidiriam sobre o evento de sábado a noite.

- Agora chega de enrolação, mocinha! – disse Duda sentando-se de frente pra amiga – vai ter festa ou não vai?

- Vamos com calma, né Eduarda? Festa não!

- Então vai ser o quê?

- Me diga você, não é quem tá toda afoita aí...

- Que bom que você perguntou...- Respondeu ela empolgada – Eu tava pensando que a gente pode procurar um lugar legal, não queria um restaurante, porquê quero muito que tenha uma pista de dança...

- Hmmm – Fátima ouvia a amiga atentamente e se divertia com sua empolgação

- Um lugar que desse pra fazer um jantar, mas que também desse pra colocar um DJ pra gente dançar, um karaokê, quem sabe...

- Duda...

- Amiga, vai ser simples, eu JURO. Pensa pelo lado bom, não vai ser na sua casa, você pode ir embora a hora que quiser e o melhor, sem bagunça depois.

- Uhum, tá bom!

- Calma! Pensa comigo...É isso! Vai ser um jantar pra poucos convidados, depois a gente abre a pista de dança, e o DJ é só pra organizar a bagunça, pra fazer uma playlist bem a sua cara. Entendesse?

- Entendi. Mas aonde vai ser?

- Eu não sei ainda! Mas deve ter um lugar no Rio de Janeiro que dê pra fazer isso.

- Vamos procurar.

- Vamos! Vai ser só pro pessoal daqui mesmo?

- Acho que sim!

- Tulipides vai vir?

- Ele disse que vai olhar na agenda dele, acredita?

- Hahahaha, Tá muito abusado esse garoto!

- Também acho.

* *

A semana passou e Duda e Fátima estavam sempre preparando algo pro evento de sábado.

Já era quinta-feira a noite, Fátima estava á sua escrivaninha estudando para o último programa da semana, quando ouviu o som do seu telefone tomar conta do seu quarto, era Túlio.

LIGAÇÃO ON

- Oi, meu amor...

- Oi, Minha Pequena. Como você tá?

- Estou ótima. E você? Como foi o seu dia?

- Foi normal! Tô cansado, mas bem e com saudade de você.

- É...eu também. Ainda bem que a sexta-feira já tá chegando.

- Ainda bem!

- Você já se decidiu?

- Decidir o quê? – O advogado quis brincar com a mulher

- Nada não...- Falou ela tentando soar o mais natural possível

- O que foi?

- Nada, Túlio! Vou ter que desligar agora.

- Você tá chateada?

- Tô não Túlio, não tô chateada não!

- Hahahaha Bobinha. Tô aqui fazendo minha mala pra ver a minha marrentinha preferida.

- Você gosta de me testar, né?

- É que você fica tão linda bravinha, precisa ver.

- Chato.

- Linda. Te vejo amanhã.

- Tchau.

LIGAÇÃO OFF

Fátima voltou sua atenção para as matérias e fez uma ligação pra Duda. Não demorou muito até que ela fosse pra cama.

Na sexta-feira ela saiu cedo, foi pra emissora com Vinicius e deixou o seu carro para que Túlio fosse buscá-la para o almoço.

Já tinha encerrado o programa e fazia a caminhada dos estúdios para a sua sala acompanhada por Lair, Jairo e Dr. Fernando. Comentavam sobre a festa do dia seguinte, quando ela viu que Túlio a esperava do lado de fora da área da sua sala. Ele assistia a cena e o seu sorriso deu espaço para um semblante sério. Era ciúmes. Fátima despediu-se dos amigos e foi até ele.

- Oi, meu amor – aproximou-se para abraça-lo

- Oi – deu um selinho nela

- Tá tudo bem? – indagou ela percebendo a frieza dele

- Tá tudo bem sim. A gente vai onde?

- Não sei. Pensei que pudéssemos comer aqui por perto, por que tenho que voltar pra reunião.

- Por min tudo bem!

Os dois saíram dali pro restaurante mais próximo, Túlio estava ao volante e Fátima fazia carícias na sua nuca mesmo percebendo que ele não estava a fim. Ele se manteve em total silêncio.

Estacionou no restaurante e deu a volta no carro, para abrir a porta para a namorada. Nem a maior das crises de ciúmes, lhe tirava o cavalheirismo. Estendeu a mão pra ela e entraram juntos no estabelecimento.

Depois de relutar um tempo, mas não conseguindo entender a indiferença do namorado, Fátima resolveu quebrar o gelo.

- Tá legal. Você vai me falar o que aconteceu ou a gente vai ficar nesse climão?

- Não estou de climão – respondeu ele

- Ah, não? Se for pra almoçar assim, preferia ter ficado lá na emissora com o pessoal.

- Por que afinal, eles devem ser muito mais interessantes, né?

- Oi? Do que você tá falando? Sem joguinhos, por favor! – Ela falou séria, o encarando.

- Vi a sua empolgação com o pessoal, principalmente com aquele tal de Fernando.

- Túlio, por favor. Você tá assim por ciúmes do Fernando? Tenha graça.

- Eu não vejo graça nenhuma. Tenho muitos motivos pra ficar inseguro com a presença dele.

- Não! Você não tem motivo nenhum. O que você tem é a cabeça cheia de notícias falsas que a mídia insiste em vender. Fernando é só um amigo. – Falou ela meio desapontada

- Hm

- Se era só isso, tá explicado! Agora vamos comer em paz que eu ainda tenho reunião.

Ele sentiu que ela ficou chateada, mas não fez por mal. A presença do Doutor realmente o deixava desconfortável. Mas decidiu que não falaria mais do assunto. Pelo menos não durante o almoço.

Terminaram a refeição e Túlio levou Fátima de volta pro trabalho e foi buscar a Beatriz em casa, eles iriam ao shopping comprar o presente dele pra ela. Deu um beijo na namorada e saiu, garantindo que a pegaria de volta no fim da tarde.


Notas Finais


O próximo já é a sequência do aniversário. Xeroooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...