História Vampira - Capítulo 44


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Aventura, Terror, Vampirismo
Visualizações 4
Palavras 344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 44 - A cartada da madre Edwiger.


O jovem então se prepara para dar o golpe final, mas o inquisidor, se virando rapidamente lhe golpeia os pés. O jovem cai e ela lhe dando uma gravata,  lhe quebra o pescoço. 

A madre não sabia mas o espírito de Ariana observava tudo em silêncio, visto que nada podia fazer. Até que a madre começa a ter uma crise de riso, e olhando da janela, ela ver as noviças recomendando o corpo de Ariana. Até que uma coisa como uma bola cai nos pés da madre Edwiger, e ela o pegando dar um forte grito, pois era a cabeça do seu amante. Em em sua frente o inquisidor se apresenta.

------ Agora chegou sua vez! Pensava tu que teu mal não teria punição?

------- Se me tocar, não sairás viva daqui maldita! Mas eu sei o que você quer, sei sim...

------ É mesmo? Pois  se sabes o que eu quero, então não precisamos mais prolongar a sua morte.

----- Não Aremis, esse é realmente seu nome? É bem interessante não acha? Eu sei do que gosta, mas me diga, por que tu age como homem, sendo tu mulher? Eu já vi mulheres como você. 

----- O que queres dizer com isso infame?

----- Dentro de você tem um homem, por isso tu se veste assim! Você gosta de se deitar com mulheres? Eu lhe darei quantas quiser, e todas virgens. O que me diz? Ou prefere as mais experientes? 

Nesse momento a madre Edwiger começa a tirar as vestes, e o inquisidor abaixa a espada, vai até a sua direção, e a madre Edwiger lhe mostra os seios, e o inquisidor passa as mãos lentamente no pescoço da madre e diz:

------ Como você me conhece!  Me conhece tanto que devia saber que eu fui consagrada pela a igreja para matar demônios como você. E para sua informação madre, eu já fui casada com um homem, e se hoje eu sou isto aqui, é por ele, que foi morto por um demônio como você.

Nesse momento, o inquisidor lhe atira pela janela e ela cai nos pés do povo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...