História Vampire- imagine Xiumin -exo - Capítulo 16


Escrita por: e iwifiget

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 408
Palavras 1.788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá boa leitura espero que gostem ❤️
(Vai ter um "terrorzinho" e um pouquinho de hot)

Capítulo 16 - Passado


Fanfic / Fanfiction Vampire- imagine Xiumin -exo - Capítulo 16 - Passado

Xiumin on

Já estávamos no barraco digo casa do tao,ele pega aquela seringa com o sangue e fica olhando por um bom tempo.

- Oque foi ? - Lay pergunta em tom grosso como sempre 

- Nada,só estou achando estranho vocês trazerem em uma seringa,eles vão ter que tomar não engetar 

- Tá então me dá aqui - pego a seringa da mão dele 

- Juntos ! Isso pode soar entranho mas vocês vão ter que fazer tipo uma serimonia de casamento 

- Você é bem louquinho né ? - pergunto 

- Não sou não,não sou eu que tô apaixonado por uma maldição 

- Qualquer um se apaixonaria por s/n não é loucura - reviro os olhos - Até Kai mas eu matava ele antes 

- Tomem isso como uma serimonia ou... Tem a opção mais nojenta 

- Eu vou ver minha irmã se casar com um Kim tem coisa mais nojenta  que isso ?

- tem,vocês vão ter que tomar sangue da veia de sua mãe,direto e ainda juntos com...

- eles vão fazer isso - Lay diz com um sorriso no rosto - é melhor do que essa cerimônia

- com as mãos dadas - diz sério 

- A não

- eu já peguei em outras coisas da sua irmã além da mão...

- KIM MINSEOK ! - Kai grita me olhando fixamente

- Tá vocês vão fazer isso - Lay revira os olhos - vamos buscar s/n primeiro 

- Com prazer... - dou um sorriso irônico 

- olha seu muleque de merda... - Me puxa pela gola da camisa me jogando na parede - Eu acho melhor você parar com isso porque depois que isso tudo acabar você vai ser o primeiro que vou matar 

- que medo - falo ironicamente - Cuidado pra não se apaixonar por mim também... - me levanto piscando pra ele - e você nem pra me defender né Kai ?

- você mereceu - ri

S/n on 

Eu não consegui dormir de nenhum jeito,fico pensando no sonho no minseok e em várias coisas que devia deixar pra lá. Já que estava sem sono me levanto tirando o short que estava vestidindo já que não tinha ninguém em casa,adentro a porta e vou até o corredor descendo as escadas e indo até a cozinha pegar uma bolsa de sangue para beber B ? Só tem essa merda aqui na geladeira, que droga eu estou morrendo de fome,eu não vou sair a essa hora pegar sangue. Por um momento passou em minha cabeça em ir procurar humanos para beber,mas não eu não iria fazer isso.

Não me importando pego o b mesmo já que não tinha outro e ligo a tv deixando em uma série que passava. Pelo jeito vou passar a noite em claro mas tudo bem.

{...}

Escuto a porta sendo "destrancada" logo vou correndo até a porta ver Lay que provavelmente estava bêbado,a porta se abre e eu de fato vejo Lay mas com minseok e Kai em seu lado esquerdo e direito,olho assustada prós dois 

- Oque foi ? - falo envergonhada

- S/n você pode por favor colocar uma calça temos visitas - fala sério 

- Eu estou super a vontade assim - Xiumin diz em tom irônico piscando pra mim - não é mesmo Kai ?

- Eu tô ótimo digo... Respeite o irmão de S/n e principalmente ela minseok 

- entrem... - Lay olha feio pra mim pegando sua jaqueta e a deixando entre minhas pernas 

Eles entram e se sentam no sofá eu ainda envergonhada me sento no chão com a jaqueta de Lay cobrindo minhas pernas 

- Irmã a cura é você e minseok ir tomar o sangue de nossa mãe lá no cemitério por tanto coloque uma roupa e de preferência levem outras já que provavelmente vão sujar essas 

- okay,eu posso levar minseok ao seu quarto pra ele pegar umas roupas suas ?

- não ! 

- Lay eu acho que eles já fizeram coisa pior então ver um ao outro pelado não vai ser errado 

- Vão... - revira o olho 

{...} 

Levo xiumin até o quarto de meu irmão e vou até o meu colocar uma roupa,pego uma calça legging e um moletom bem largo já que queria colocar uma coisa confortável e pego uma mochila colocando uma camiseta e outra calça e óbvio uma bolsa de sangue que havia encontrado em meu quarto

- A amém... - falo a mim mesma colocando na mochila e acabo ouvindo uma risada olho para o lado e vejo minseok apoiado na porta 

- A- é melhor 

- a quanto tempo você está aí ? 

- A um bom tempo pra saber que seu sutiã é vermelho - ri malicioso

- Tá... - reviro o olho - você não pegou a jaqueta de couro do meu irmão né ? 

- talvez... 

- Você tá ferrado... - vou em direção a porta - posso sair ?

- Provavelmente depois que essa maldição acabar não vamos poder mais fazer oque eu quero a muito tempo - fecha a porta

- E nem com a maldição - o empurro abrindo a porta - Eu nunca transaria com você... 

- Mentir é feio sua mãe não te ensinou ? 

- ela morreu antes de ensinar...

- OQUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO AI EM CIMA QUE ESTÃO DEMORANDO TANTO ? - Lay grita 

- CALMA - corro até la em baixo 

{...}

Eu não sabia que ir até o cemitério demorava tanto tempo,já estava ficando com fome,na verdade eu sempre tô com fome. Sem falar no silêncio, ninguém falava com ninguém parecia que em algum momento iam se matar então resolvi quebrar aquele silêncio

- Lay... Porque só tem sangue do tipo B em casa ?

- Porque acabou o do tipo "A" eu não tenho culpa 

- Mas eu sou a que mais toma sangue você devia ter consideração por mim... - faço bico

- Eu não tô afim de brincar agora - fala sério 

- Eu não perguntei se você tá ou não eu perguntei dos sangues 

- bem feito - Kai fala baixinho enquanto minseok ria igual uma hiena 

- Eu sou seu irmão mais velho você sabe que não aprovo esse tipo de comportamento... - olha feio pra mim 

Continuamos andando normalmente e na nossa frente via um grupinho de garotos de mais ou menos 15 ou 16 anos bêbados e chapados,pude sentir o cheiro do sangue de um deles de longe e era O- o sangue mais difícil de se achar é pra ser sincera o mais gostoso também,eu nessesitava daquilo mas tentava me controlar contando até dez mentalmente

- Gente vocês podem me esperar um pouquinho ? - minseok diz olhando prós garotos 

- a não agora não ! 

- é O- da um tempo... - fala baixinho pra Kai indo em direção aos garotos 

- Sem chance é meu... - falo a minseok 

- você nem toma esqueceu ? 

- Eu tô morrendo de fome... - falo manhosa 

- VOCÊ NÃO VAI - Lay grita e eu apenas olho com deboche pra ele me aproximando dos meninos 

- Olá garotos... - dou um sorriso

- você não vai fazer isso - tenta se aproximar de mim mas minseok acaba segurando seu braço 

- Deixa ela... 

- Hnn que gatinha... - um dos garotos dizia 

- qual de vocês tem sangue O- ? 

- Eu mesmo... - o mesmo que me elogiou levanta a mão 

- Ótimo... - mostro minhas presas 

- você é um vampiro... - o menino dizia assustado enquanto os outros garotos corriam 

- não vai doer nada... - o seguro avançando em seu pescoço o mordendo e sugando seu sangue,eu nunca me senti tão viva

Em poucos minutos o garotos já estava desmaiado não liguei e continuei sugando seu sangue até não sobrar mais nada

- uau... - minseok dizia me olhando assustado 

- Parabéns atrasou o caminho... - me olhava feio 

- não me enche Lay 

{...}

Chegamos no cemitério e vamos procurar os túmulos dos nossos familiares,achamos sim o problema era que não havia ninguém la,ninguém mesmo 

- Tomara que os primos não tenha saído 

- saíram... - Lay me olha assustado

- Fudeu - todos falamos em sintonia 

- Kai vai ver os túmulos de nossa família 

- Eles também não estão lá... -fala assustado 

- devemos ter medo ?

- sim... - respondo 

- onde eles podem ter ido ? - Kai pergunta 

- Se fosse eu iria pra floresta - respondo

- podemos ir acampar pra procurá-los

- Sim, mas são 3:00 da manhã

- vamos descansar... Tem barraca ?

{...}

Vamos até a floresta depois de pegar as barracas e tudo mais,as montamos e cada um vai pra sua barraca,eu estava com medo de dormir e ter outro sonho daqueles então apenas fechei meus olhos e fiquei pensando coisas meio que "impuras" sobre mim Kai e minseok(pensem oque quiser é a maldição não é culpa minha !)

Sinto um peso no meu corpo abro os olhos e vejo minseok encima de mim tento falar mas ele acaba tampando minha boca fazendo sinal de xiu 

- Surpresa - sussurra em meu ouvido - espero não estar te atrapalhando 

- Sai daqui...

- A para de ser difícil - tira a camiseta deixando a amostra seu abs - eu sei que você quer isso tanto quanto eu... - me beija tirando meu short e logo em seguida minha calcinha

- isso não é certo...

- É ? Foda-se - desabotoa sua calça tirando seu membro  já ereto abrindo lentamente minhas pernas - Eu não prometo ser bonzinho... - falava sorrindo maliciosamente

Ele encaixa seu pênis lentamente em minha vagina logo começando a me estocar fraco mas aos poucos indo com mais intensidade. Eu poderia negar aquilo,é poderia se eu também não quisesse,eu não vou me arrepender disso eu tenho certeza

Enquanto ele me estocava ficava com os olhos fechados me segurando para não soltar nenhum gemido,por um segundo abro meus olhos e vejo os de minseok vermelhos e brilhando,eu deveria ficar feliz ? Bom... Eu não vou deixar isso estragar o clima. 

Quando estava chegando em meu apice uma forte dor de cabeça me atinge com aquela voz novamente em minha cabeça "ele não te ama,só ama o prazer que você pode oferecer" "isso te lembra muitas coisas do passado não ? Vou te dar uma dica... Seu querido e falecido irmão Jaebeom"  não,aquela lembrança estava vindo a tona abro meus olhos e não vejo o rosto de minseok e sim do meu irmão... Fico nervosa e o empurro de perto de mim começando a chorar enquanto aquelas vozes continuavam em minha cabeça 

- s/n ? - se aproxima de mim - eu te machuquei ? - pergunta preucupado 

- Eu... - o abraço ainda chorando 

- se acalma... Eu tô aqui... - tenta me acalmar 

Por mais que ele tentasse aquelas vozes ainda estavam em minha cabeça e elas só conseguiam me fazer chorar 

Continua...


















 






Notas Finais


Obrigada por ler ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...