1. Spirit Fanfics >
  2. Vampire Knight >
  3. Other "Jungkook"

História Vampire Knight - Capítulo 13


Escrita por: e Anne_EJ


Notas do Autor


Boa leitura : )

Capítulo 13 - Other "Jungkook"


Fanfic / Fanfiction Vampire Knight - Capítulo 13 - Other "Jungkook"

PARK JIMIN

Saí do quarto do Jungkook meio desnorteado. Ele acabou de me beijar, meu irmão acabou de me beijar do nada. O pior foi que eu segui o fluxo, deixei aquilo continuar o que deu em mim?. Sem contar que hoje de manhã o Taehyung também me beijou e de novo... do nada. O que deu nesses dois?

Mas entre os dois teve uma diferença...

" Já faz tempo que quero provar algo"...— foi isso que o Taehyung disse antes de me beijar, foi algo rápido, eu literalmente saí correndo depois.

"Não amo você como irmão. Eu te amo com paixão, com desejo... Como homem, Jimin"— e foi isso que o Jungkook disse antes de fazer aquela loucura. Não sei porque diabos eu o correspondi? Nunca pensei no Jungkook além de um irmão mais velho, meu hyung. Ele tem razão, não temos laços sanguíneos, mas é essa a imagem que eu tenho dele.

Só que mesmo tendo uma paixão platônica pelo Taehyung desde criança... Não me senti bem quando o beijei. Parecia que algo estava errado, talvez o clima não fosse o ideal... Não sei. Ah, estou tão confuso.

[...]

 

 

 

No dia seguinte acordei disposto a encarar os dois. O Taehyung e o Jungkook não podem pensar que meu beijo é algo tão fácil assim. Ambos me devem explicações. Como falar com o hyung é mais fácil, assim que o vejo pelos corredores do colégio vou até o mesmo segurando seu braço e o levando para um canto escondido.

JM: O deu em você ontem?

— Em mim? Nada. — ele sorriu ladino completamente estranho.

JM: Como assim nada? Você me beijou e... Ah, você sabe, Jungkook.

— Quer repetir, gracinha?— ele tentou me beijar de novo, mas o empurrei.

JM: Quem você?!— o jeito e tom de voz dele estavam diferentes. Quando analisei vi que ele tinha piercings na orelha direita e o cabelo estava mais longo. Definitivamente não era o Jungkook.— Como...

— Jimin, não? Deve ser bem próximo do meu irmão pra saber diferenciar nós dois. Somos idênticos.

JM: Não poder ser, o irmão do Jungkook...

JG: Não morri como pensam. Bom, pode se dizer que sim.— ele me empurrou contra a parede.— Vampiros não são seres vivos, são?

JM: Me solta!!— dei um soco nele que não fez muito efeito e o mesmo me prensou de novo contra a parede.

JG: Estou com sede. Você vai ser meu café da manhã..— tentava alcançar minha adaga que estava no meu bolso.

Jin: Vai largar ele ou quer morrer, moleque?— o professor apontou arma para o mesmo.

JG: Continua o mesmo estraga prazeres de sempre, professor...— disse com certo desdém.— Cadê o meu irmãozinho, seu discípulo favorito...? Estou ansioso para vê-lo outra vez.

Jin: Então você está mesmo vivo, Junghyun. O Jungkook vai ficar tão decepcionado com você...

JG: Não devo nada pra aquele bastardo. Nunca disse que estava morto. Com certeza foram vocês que dizeram que eu estava morto.

Jin: Seu corpo tinha sumido. A última coisa que seu irmão lembrava era de você sendo mordido... O que queria que ele pensasse?

JG: Não me importo com isso.

Jin: Infeliz.— Jin o empurrou contra a parede.— Sabe como o Jungkook sofreu pensando que tinha ficado sozinho?

JG: Sério? Que pena do seu prodígio.— vendo ele falar assim, não era nada com o que o Jungkook descrevia do irmão ser gentil e bondoso.

Jin: E onde esteve todos esses anos?

JG: Não é da sua conta.— ele empurrou Jin e saiu andando.— Tenho que ter uma conversa com meu irmãozinho.

JM: Ele é idêntico ao Jungkook e ao mesmo tempo totalmente oposto dele.

Jin: Como ele vai reagir quando descobrir que o irmão está vivo?

JM: Não sei... Vou falar com ele.— o professor segurou meu braço.

Jin: Isso é coisa de família. É melhor deixar eles conversarem.

JM: Eu também sou a família dele.— me soltei e fui a procura do Jungkook ou do tal irmão.

Não via nenhum dos dois, acabei esbarrando com outra pessoa, Taehyung.

V: Precisamos conversar.

JM: Não posso agora. Tenho que encontrar o Jeon.

V: Está me evitando?

JM: Não, eu só preciso resolver algo antes.— olhava de um lado para o outro tentando vê-los.— O que está fazendo no colégio de dia?

V: Vim falar com o Namjoon e te ver também.— fiquei vermelho por ele ter se aproximado, da última vez que fez isso, o mesmo me beijou.

JM: Falar com meu pai sobre o que?

V: Sobre a volta de Junghyun. Permiti que o Jungkook estudasse na day class, por você. Não vou deixar o irmãozinho vampiro dele andando por aí.

JM: Você sabia?— o mesmo assentiu.— Desde quando sabe?

V: O Taemin veio me ver uma vez com seu mascote que incrivelmente era a cara do Jeon. Presumi que era o irmão.

JM: Taemin? O que assassinou os pais deles? Então ele sequestrou o irmão do Jungkook e esteve com ele todos esses anos.

V: Você é muito inocente, Jiminnie.— o mesmo me deu um beijo na testa.— Seria bom não se aproximar dos Jeon's para o seu bem.

JM: Não vou me afastar do hyung. Não importa o que todos dizem.— o Kim fechou a cara.

V: Realmente sinto ciúmes desse idiota, mas ele não é rival pra mim. Alguém como o Jungkook vai morrer cedo ou tarde.

JM: O deu em você? O Jungkook não vai morrer, eu não vou deixar.— passei por ele e continuei buscando por algum dos dois.

Fui até o quarto do Jungkook e nada, no campus também não. Já estava ficando preocupado de não ver nenhum nem outro.

RM: Eles não estão aqui.— meu pai veio até mim.— Jungkook foi na cidade a meu pedido e provavelmente o Junghyun foi atrás dele.

JM: Então eu vou...— ele ficou na minha frente.— Pai...

RM: O Jin me contou que você quer se meter nessa história, mas não é algo que diz respeito a nós.

JM: Você também? Pai, nós também somos a família do Jungkook...

RM: Jimin, conhece o Jungkook. Ele não vai querer a gente se metendo na vida dele.

JM: Eu vou dar um tempo, mas definitivamente não vou deixar o Jungkook sozinho com a bomba na mão. Imagina como a cabeça dele vai ficar?!

RM: Tudo bem... Só deixe eles conversarem a sós. Depois você vai até o Jungkook.— assenti.

JM: Pai, você acha que esse Junghyun voltou com boas intenções?

RM: De verdade?... Não sei, Jimin. Só espero que isso não machuque o Jungkook.

Era isso que eu esperava também. Meu irmão já sofreu tanto.


Notas Finais


Gente, o irmão do Jungkook é igual a ele, só muda os long hair e os brincos na orelha. Bom, até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...