História Vampires - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Got7, Jay Park, Monsta X
Personagens BamBam, Jackson, Jay Park, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Sehun, Won Ho, Youngjae, Yugyeom
Tags Amor, Got7, Hot, Romance, Vampiros
Visualizações 47
Palavras 1.146
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura <3

Capítulo 15 - Wonho!


ANTERIORMENTE..........

younjae: gosto do seu sorriso.
S/n: que? -falei rindo do que ele acabou de falar
: eu gosto do seu sorriso.
S/n: obrigada.-tenho certza que to vermelha.
younjae: denada.
S/n: falando em sorriso cade o jackson?
jackson: to aqui-falou parecendo na escada.- porque sorriso te fez lembrar de mim?
s/n: sei lá acho que é porque você é  alegre.
jackson: entendi.-riu em seguida.
(...) 

 

CONTINUAÇÃO.....

 

 


                       já estava escuro passei o dia tudo fazendo varios nadas. 
                    tava na sala sentada no sofá sozinha, quando os meninos apareceram.
mark: vamos sair pra casar.
s/n: vou ficar aqui sozinha?
mark: sim, você sabe se cuidar sozinha, não sabe?
S/n: sei.
mark: então, agora temos que ir não sai por ai ok?
S/n:ok.
(...)
           já faz 1 hora que eles sairam e eu to aki sem ter nada pra fazer, sentada nesse sofá.
S/n: aff que tedio. -falei indo pra cozinha ver se tinha alguma coisa pra comer, as luzes piscaram, não fiz nada fui até a geladeira, não tinha nada, escutei um barulho.
S/n: meninos.-falei indo pra sala, não tinha ninguém.- gente isso não tem graça.
                                                                     as luzes se apagaram.
S/n: quem ta ai.
           as luzes se acenderam de novo, e vi o mesmo homem da floresta parado na minha frente, paralisei na hora.
S/n: quem é você?
???: você sabe quem eu sou.- assim que terminou de falar sumiu e apareceu na minha frente bem perto, eu tava paralisada.
S/n: Eu não sei quem você é.
???: você ta com medo s/n?
S/n: como você sabe meu nome?
???:  EU TE FIZ UMA PERGUNTA. -me empurrou e bati na viga da casa, logo em seguida segurou meu pescoço, segurei sua mão era gelada.
S/N: não- falei baixo.
???: você ta com medo?- apertou meu pescoço.
S/N: Não, eu não to com medo de você.
???: tem certeza?-assim que terminou de falar seus olhos ficaram vermelhos e presas apareceram, arregalei os olhos.
S/n: me solta- falei tentando tirar a mão dele do meu pescoço.
???: você sabe quem eu sou S/n?
S/N: Não.
???: mais você sabe meu nome, qual é?
S/n: eu não sei, me solta.
???: VOCÊ SABE SIM.-falou me jogando da viga da cozinha no chão da sala me fazendo bater as costas na parede, comecei a tossir sangue pelo o impacto muito forte.
                     ele se aproximou e baixou até o chão segurou meu rosto e levantou o mesmo.
???: qual é o meu nome?
S/n: pergunta pra sua mãe ela deve saber.-deu um sorriso ciníco.
???: se acha esperta né? - riu
        mais uma vez fui jogada dessa vez com mais força até a outra parede da sala, tossia mais sangue que da ultima vez, o homem se proximou abaixou até o chão novamente e chegou perto do meu ouvido.
???: seus amigos são burros de mais pra te deixar sozinha, sendo procurados por mim, 7 vampiros com uma garota humana-se afastou do meu ouvido e segurou meu rosto virando pra olhar pra ele- achou mesmo que eles cuidaria de você não pesou que uma hora ou outra teriam sede por seu sangue, você é burra garota? agora você ta aqui sozinha comigo, enquanto eles estão la fora casando e checando pra ver se eu não estou aqui.-riu.- eu pudia acabar com você aqui agora.
S/n: vai pro inverno.-falei olhando em seus olhos.
???: você muito corajosa ou muito burra.
      me jogou mais uma vez dessa vez na mesma viga de antes, e mais sangue, ele se aproximou denovo.
???: eu sou o wonho.
S/n: foda-se seu nome seu desgraçado.
 ele riu.
wonho: só não acabo com você porque você não minha prioridade, e sim os 7 monstrinhos.
S/n: cala boca, não chama eles assim.
     ele riu olhou no fundo dos meu olhos e foi fechando a mão devagar, quando mais a mão dele se fechava eu senti sendo esmagada por dentro, dei um grito de dor muito alto.
S/n: p-par... AH S-seu filho d.. - ele fechou mais a mão me fazendo sentir uma dor insuportável.
 ele parou, eu já não tinha mais folego tossia muito sangue e não tinha força e sentia um dor muito forte por dentro.
Wonho: não de mais uma de maioral pra cima de mim se não acabo com você.
        as luzes piscaram e ele sumiu, eu tava ali jogada no chão cuspindo sangue, ouvi o barulho da porta sendo aberta e tive a visão dos meninos que assim que me viram correram até mim, yugyeom foi o primeiro a chegar até mim, colocando minha cabeça em seu colo.
yugyeom: Oque foi que aconteceu aqui?-falou olhando a casa.
Jb: S/n quem fez isso?
     todos os meninos estavam em volta de mim.
S/n: W-wonh.... -não consegui terminar de falar por conta de uma dor muito forte no coração.
younjae: Wonho! filho de uma ... droga.-falou levantando pondo a mão na cabeça andando de um lado pro outro.
mark: ele tava sozinho?
          afirmei com a cabeça senti a dor no coração de novo só que mais forte e dei um grito.
S/n: melin...
                                                                                  *flashback  on*
9 anos traz.
S/n: MELINDA CADE VOCÊ TA NA HORA DE IR EMBORA.-falei chamando a melinda na floresta já tinha casado de procurar ela, má ideia brincar de esconde-esconde.
       andei até a praça e a savannah tava la sentada, fui andando até ela mas no meio do caminho cai de joelhos por conta de uma dor muito forte no coração passou rapido quando ia levantar senti de novo só que mais forte cai no chão deitada e dei um grito que fez a savannah olhara pra mim e vim até mim.
Savannah: ei calma ta tudo bem eu to aqui.- falou colocando minha cabeça no seu colo.- cade a melinda?
S/n: e-eu não s-sei, savannah da doendo.
savannah: oque ta doendo s/n?
S/n: aqui -disse apontando pro meu peito do lado que fica o coração.
          ouvi um grito a voz a melinda e o peter aparecendo com ela nós braços, com sangue no braço.
quando a savannah olhou pra ela e despois pra mim imaginou oque seria essa dor.
                                                     2 semanas depois.
savannah: s/n e melinda vem ca!
s/n: oque aconteceu?-falei sentando no sofá
Savannah: nada, só quero falar uma coisa.
melinda: eu não fiz nada.
savannah: calma, s/n lembra da dor que você sentiu ?
S/n: sim.
savannah:ja sentiu ela antes?
S/n: sim, no mesmo dia que a melinda quebro o braço.
savannah: sabia.
melinda: sabia oque?
savannah: S/n sempre que a melinda se machuca feio você sente essa dor?
S/n: acho que sim.
savannah:Sabia.
Melinda: sabia oque?
savannah: S/n sempre que você tiver longe ou perto da melinda e sentir essa dor se você consegui corre até a melinda ou da um jeito de ajuda ela porque ela vai precisar de ajuda. ok?
S/n: ok!
                                                                            *flashback off*
S/n: melinda, A MELINDA PRECISA DE AJUDA- senti a dor de novo bem mais forte.

 

 

 

 

 

CONTINUA??????

 

 

 


Notas Finais


eittttttttttta
continua????????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...