História Vampiros - Sobrenatural imagine Yoongi - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lisa, Lu Han, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Rosé, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Blackpink, Bts, Exo, Imagine, Min, Min Yoongi, Sobrenatural, Suga, Vampiros, Você, Yoongi
Visualizações 41
Palavras 1.930
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Eu não posso viver aqui


​Point Of View (S/n)

– Vai chegar dizendo "eu sinto muito?" – Falei entre aspas. – Não precisa, sermões não me ajuda. – O olho e o mesmo me solta.

– Vim dizer que você pode não ter mais essas cicatrizes, aqui existe fadas que curam isso. – Ele sorria para mim gentilmente, eu apenas o olhei

– Eu estou muito bem assim. – Umas meninas passaram cochichando enquanto olhava meu pescoço e rosto.  – Porque me ajuda tanto Yoongi? Eu matei um dos seus guardas! Deveria me punir ou me matar, não sei, eu não entendo como funciona esse negócio de rei.

– É eu sei... – Ele abaixa a cabeça soltando um suspiro. – Mas é que você é diferente! Não dá em cima de mim ou muito menos se veste pra me agradar, você é independente! – Bufo e reviro os olhos. – Aposto que todos lá no mundo lhe amavam.  – Ele da de ombros. – Kook e Tae querem falar com você mais tarde. O jantar será no salão  de jantar, as 18:00 em ponto. – O mesmo saiu me deixando plantada ali e suspiro sentando na grama vendo o vestido sujar e arrumo a flecha até que ouço vozes femininas rindo e zombando.

– Ali meninas! A menina que roubou meu marido. – Ela apontava pra mim enquanto falava com mais 2 meninas

– Seu ? Ele é nosso! –  Uma delas questionam. Logo apontam para mim novamente, e se aproximaram lentamente e ignorei aquele fato.

 – Olha flor, fazemos de tudo para conquistar o Yoongi! E você simplesmente chega e ele diz que vai casar com você, oque quer com ele? Riquezas? Comida? Anda, não fique calada, me responda.– Elas me olhavam furiosa e me levanto soltando uma risada nasalada, onde elas se entreolharam confusas.

– Oque eu quero com ele? Simplesmente nada! Eu odeio todos aqui, eu não vou casar com ele muito menos morar aqui, e para sua informação não sou igual a vocês que se vestem pra agradar os outros, e de cãozinho para correr atrás dele, se valorizem mais.– Disse entre dentes logo cerrando meus punhos, minhas unhas maltratavam a palma da minha mão.

– Se não gosta, apenas vai embora! Acha que engana a gente com esse papo? Você está interessado nele mas não irá ganhar – Disse debochado me dando um leve empurrão, e a afastei para longe.

– Meu deus moça! Eu não quero nada com ele, e irei lhe provar. – Seguro seu braço forte e a puxo para dentro onde Yoongi estava me observando, solto a menina que caia no chão de joelhos e aponto a flecha na direção da mesma. – Essa menina aqui,  ela quer casar contigo e ela já planejou tudo!  E ela deu uma ideia maravilhosa, vou embora! – Dou de ombros e a menina de levantava 

– Jennie... Meu nome é Jennie – Disse em um sussurro

– Eu não me importo. Só me deixe em paz ou na próxima vez, não terá um olho. – Olho os dois friamente e dou de ombros onde me esbarro com alguém.   – Aah! – Olho quem era e era o Tae sorrindo pra mim. – Oque quer ?. – Ele me ajuda a levantar e sussurra algo em meus ouvidos "não se atrase por jantar hoje" e sai saltitando, volto para meu "quarto" e olho mais um vestido na cama, um vestido preto longo, suspiro retirando aquele vestido colocando na cadeira e procuro a capa vendo que não havia jogado fora, já estava a anoitecer e todos e todas estavam vestidos lindos, coloco minha capa e pego minha flecha com o arco que acabou virando minha companheira e suspiro abrindo a porta passando pelo salão que todos estavam ali pararam pra prestar atenção em mim quando eu estava a sair, abro o portão e coloco o capuz vendo que estava chovendo, estava um pouco longe da vila, e me viro dando a última olhada para aquele local. – Eu não sei pra onde ir.. – Susurro e sinto uma lágrima escorrer dos meus olhos e ouço alguém gritar.

Point Of Kim Jisoo

Tomei coragem e comi a comida toda passando-se 10 segundos e nenhum enjoo. –Aish... – Susurro e guardo o prato vendo Namjoon entrar sorrindo sapeco, ela corre em minha direção dando cócegas em mim. –P-Pare Nam!. – Ele ria e eu também mas logo parou se sentando ao meu lado me olhando atento. – Nam... Você votou em sim ou não ?. – O mesmo enguliu a seco

– Não... E você? 

– Sabe que nosso relacionamento é sem mentiras ou segredos, eu votei em sim! E antes que pergunte só porque ela é sua amiga, não quer dizer que votarei em não, fiz isso por bem da vila. – Ele me olhava sem nenhuma expressão e depositei um beijo em seus lábios umidos e quentes.

– Mas ela foi a primeira a morar na vila... Venha vamos ver a votação.  –Tento pegar em sua mão mas ele colocou em seus bolsos e suspiro pesadamente abrindo a porta vendo uma multidão 

– Bom... A (S/n), ainda não voltou e eu acabei de ir na floresta e encontrei isso. – Ele levanta a cesta com muita comida. – Ela conseguiu pegar! Mas, nosso elfo parece que a matou. – Todos estava apavorados. – Eu mandei a procura dela mas fiz uma bobagem... Tecnicamente eu a matei.  – Ele abaixou a cabeça e uma mulher misteriosa andou em sua direção, usando um enorme vestido longo, com uma capa que cobria metade de seu rosto, deixando de fora apenas sua boca avermelhada

– Por mais que a gente não gostasse dela!  Não tem o direito de mata-la, acha isso justo? – E todos ficaram concordando com a moça, um tumulto começou e todos ficaram acusando Chanyeol.

– Ela ainda está viva... Tenho certeza.  – Sussurrou Namjoon e saiu dali comigo vendo que iria rolar mais briga, hoje teria uma festa da volta da (S/n), mas acabou tendo foi velório, todos estavam esperançosos pela volta dela.

Volto pra casa e vou ao banheiro me jogando no chuveiro deixando a água me banhar e ele entra no box cabisbaixo.

[...]

Terminamos o banho e desligo o chuveiro me vestido e ele também, me deito na cama com ele abraçados e dormimos ali daquela posição

Point Of View Min Yoongi

– Jennie. – Ela me olha. – Venha aqui. – Nós saimos para o jardim e a olho, ela me encarava com doçura

– oque foi Rei ? – Se curvou delicadamente, e pousou suas mãos em meu ombro direito

– Sabe porque casarei com a (S/n)?. – Ela negou, retirando suas mãos rapidamente. – Ela é a menina mais odiada desse mundo, ela é a menina mais triste desse mundo, ela sofreu nesse mundo! Não acha que pelo menos ela poderia ter um momento feliz na vida?

– quer casar com ela por pena ? – Ela me olha incrédula, fazendo uma expressão confusa

– Não exatamente... Eu ouvir suas histórias e ela não foi bem falada, sim estou apaixonado por ela

– Mas ela é má, e muito, meu rei! – Ditou as palavras, balançando suas mãos – Tem muitas mulheres, como eu, que ia ser uma boa rainha e esposa

– Por conta do anel Jennie, seja boazinha com ela... Tenho certeza que quando ela confiar em você ela será boa! Ela é uma menina boa... – Me virei e sai voltando ao salão não vendo mais o Tae, suspiro olhando todos. – Eles voltarão...

Point Of View (S/n)

– por favor (S/n) não vai. – Taehyung susurra e abaixa a cabeça. – A gente é legal com você, só nos der uma chance para provar. – Eu estava chorando novamente, e tratei de secar as lágrimas

– Vou voltar a minha vila, estou decidida.

– Mas você nem sabe onde é... E eles te tratam tão mal... Aqui pelo menos todos lhe respeitam e se importa com você, fica por favor! Você pode criar novas memórias aqui, novos momentos, e até encontrar a tua felicidade – Sussurrou me abraçando

– Mas e o Namjoon ? – Susurro me virando​ para o mesmo chorando. – Meu melhor amigo, espera, ele nunca se importou comigo ? Ninguém gosta de mim? – Tae me abraçou mais ainda vendo que já estávamos completamente molhados 

– pra mim você é uma irmã. – Eu não​ retribui o abraço mas também não sai de seus braços, depois de meses, eu havia recebido uma atenção, a sensação era até estranho sabe? Era reconfortante.

– Eu só tenho tristeza desprezo e ódio na minha vida... Eu só queria ser feliz...

– Mas aqui você será! Venha vamos entrar para ir ao salão de jantar, todos estão a sua espera

– Olha como estou... Porque não posso ser igual a essas meninas daqui? Bonitas, gentis...

– porque se fosse... Não seria a (S/n). E pra ser sincera, você​ fica mais bonita com essas cicatrizes. – Eu rir e entramos onde eu retirei a capa ficando com a blusa e o short na porta do salão onde exatamente todos gritaram "Bem vinda (S/n)!" e olhavam sorridentes pra mim, toda aquela atenção... me deixava feliz e alegre, mas não conseguia demonstrar. – Obrigada... – Susurro onde vejo que meus olhos se encontraram com os do Yoongi e dou de ombros voltando ao meu quarto, fechei a porta suspirando olhando o vestido e ouço duas batidas na porta e abro vendo o Yoongi ali. – Quando vai parar de me seguir ?

– fizemos uma festa a você... deveira ir. –Suspiro o olhando

–Porque? Nem penteado sei fazer. – Dou de ombros . – Ok... Eu vou. – Digo derrotada e me troco rapidamente jogando as roupas molhadas no cesto, meu cabelo estava arrumado, só que feio para a ocasião.

– venha, farei um penteado em você!. – Ele sorria vindo atrás de mim fazendo um coque com uma trança e por fim pegando a tiara colocando em meu cabelo, me olhei no grande espelho vendo que nunca me arrumei tanto, coloco o salto e vejo que meu rosto e pescoço estava a mostra e mostrava as cicatrizes, suspiro abaixando a cabeça e Yoongi fez sinal para sairmos e ainda andava com dificuldade por conta do salto, ao descer me sentei longe de todos e ficava observando a comida até que alguém fala comigo

– você é tão incrível! Essas cicatrizes mostra que você é valente. – Olho quem era a dona da voz, Jennie, logo me encontro arqueando uma sobrancelha e todos me observava atento.

– Hm... -Contei como ganhei essas cicatrizes e todos estavam chocados e fazia de tudo para não chorar novamente.

– e sua mão... quando você pega algo não doi ?

– Já me acostumei com a dor. –Me levantei. – Olha... Realmente estou contente por isso tudo, obrigada de verdade mas agora estou cansada. – Me retirei indo em direção ao meu quarto mas paro ao ver uma sala de treinamento, forço um sorriso e olho uma roupa em cima da cama, visto e desço indo naquela sala, tinha equipamentos de luta e resolvi treinar já que não tinha mais forças, estava treinando golpes até que vejo a luz ligar e olho pra trás vendo o Kook. –Que susto garoto!

– pra quem perdeu a força luta muito bem! Eu sou o professor daqui, vem vou te dar aulas. – assenti e fizemos uma "luta" e toda hora Kook me derrubava e ficava em cima de mim. –Você é tão fofa irritada. – Ele rir e chuto sua barriga o fazendo sair de cima de mim.

– Xeque-mate!. – O olho rindo e o ajudo a levantar.

– deveria ensinar as meninas daqui a usarem flecha! Amanhã as 08:00 no jardim para treinar, e aí depois você ensina a elas. – Assenti e deu um beijo em sua bochecha.  – Irei avisá-las! – Ele saiu e eu vi que estava suada, vou ao banheiro e tomo um banho rápido colocando a roupa íntima e vou em direção ao meu quarto me jogo na cama e fico fitando o teto até que me enrolo e me viro dando de cara com a parede pegando no sono.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...