História Velhos amigos - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Personagens Originais
Tags Adrinette, Marichat, Nerd, Romance
Visualizações 138
Palavras 691
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Ficção Adolescente, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


DESCULPA A DEMORA
ESSA FOI GRANDE, DESCULPA

ESPERO QUE GOSTEM DESSE CAPÍTULO
OBRIGADA POR TUDO

Capítulo 28 - Eu não sou mais uma criança


Fanfic / Fanfiction Velhos amigos - Capítulo 28 - Eu não sou mais uma criança

 

 

 

 

 

 

 

M a r i n e t t e 

            D u p a i n

                 C h e n g

 

 

    - Eu simplesmente não posso deixar Paris - eu olho para baixo - eu não posso deixar o Adrien... - volto meu olhar a ela

 

     - Marinette, filha... - ela olha no fundo dos meus olhos - é realmente muito lindo que vocês se amem mas já não temos condições para sustentar você em Paris e nossos netos aqui - ela gentilmente afaga minha cabeça - eu sinto muito, mas para te sustentar, eu e seu pai precisamos de você aqui

 

    - Eu posso me sustentar sozinha em Paris - eu insisto - eu posso trabalhar - suplico - por favor

 

   - E como eu poderia ter certeza de que você está vivendo bem? Como posso ter certeza de que você não ficará doente ou algo do tipo? Como posso ter certeza que... -

 

    - Eu te darei certeza - olho para a porta para ver o dono da voz - Te darei certeza de que Marinette viverá bem - Adrien diz chegando mais perto - Sinto muito por estar ouvindo a conversa tia Sabine mas por favor confie em mim quando eu digo que irei cuidar da Marinette

 

    - Adrien... - os olhos de minha mãe caem sobre ele - Como pretende fazer isso? - minha mãe insiste - Você vai deixar sua vida para ficar toda hora prestando atenção na Marinette? 

 

  - Na verdade é isso que eu sempre fiz - ele diz focando seu olhar a mim e sorrindo de lado como tipicamente faz

 

   - Obrigada - eu digo a ele como em um sussurro

 

   - Eu não sei... - minha mãe diz preocupada - ela se sustentar sozinha, mesmo com você sempre de olho nela...

 

   - E se ela morar comigo? - ele diz chamando minha atenção, QUE? MORAR COM ELE?

 

   - Eu não posso pedir para você sustentar minha filha, isso é - minha mãe mais uma vez tem sua fala cortada

 

   - É o meu maior desejo - ele diz com um sorriso sereno - Estivemos juntos desde sempre e eu não consigo ver minha vida se não dessa forma - ele me segura com seu braço direito - Por favor, me deixe cuidar dela 

 

.

.

.

 

 • ~~~ • ~~~ • ~~~ • ~~~ • ~~~ • ~~~ •

 

  De volta no quarto de estadia do casamento, fazendo a minha mala, Adrien saiu para negociar sobre a empresa do pai dele com seus tios já que sua mala já está pronta

 

  *TOCTOCTOC*

 

  Eu calmamente me levanto para abrir a porta

 

    - Marinette! - eu só posso sentir um abraço apertado, tem um ótimo perfume... - Você vai mesmo embora? - Luka olha nos meus olhos, com seu rosto extremamente perto do meu posso ver seus olhos perdidos e tristes de tão perto, posso sentir sua respiração ofegante, esse pirralho correu pra cá? - Eu finalmente te encontrei de novo e você vai embora assim? - Owch, eu não posso segurar a dor de ver a tristeza em seus olhos, eu calmamente faço carinho em seus cabelos negros azulados sem tirar o foco dos meus olhos nos seus

 

   - Você se lembra do que eu te disse quando éramos pequenos? - eu pergunto com uma expressão calma, ainda acariciando sua cabeça, sem cortar nossa proximidade 

 

    - Lembro... - ele diz desviando seu olhar triste

 

    - Luka - eu o faço voltar seu olhar ao meu - Não importa quão longe o seu sol esteja, ele sempre vai estar junto com você - eu aponto com meu dedo indicador para o lado esquerdo do seu peito - aqui - eu abro um grande sorriso

 

  - Marinette... - seu olhar triste se acalma e ainda com meu dedo encostado em seu peito posso sentir seu coração bater forte - eu sempre adoro quando você fala isso - ele segura minha mão que antes estava em seu peito - mas - ele sorri de lado - eu não sou mais uma criança - sem que eu possa pensar em mais qualquer coisa ele me beija

 

 

  PERA

 

  

  QUEEE?

 

 

 

 

 

 

    


Notas Finais


ESSE CAPÍTULO FOI BEEEM CURTINHO
DESCULPA HSHSHWHSHABSH
FORA ISSO
NADA A DECLARAR SOBRE ESSE CAPÍTULO
HEHEHEHEHWJHEJWWJ
DESCULPA MUNDO

EEEE
OBRIGADA POR COMENTAREM, ACOMPANHAREM, FAVORITAREM E APOIAREM A HISTÓRIA
OBRIGADA
♥️💗❤️💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...