História Vendida ao dono do morro - Capítulo 50


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 64
Palavras 941
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 50 - Capitulo 50


Fanfic / Fanfiction Vendida ao dono do morro - Capítulo 50 - Capitulo 50

Alice narrando 

Acordei fiz minhas higienes, e fui no quarto da Jade por que agora ela dorme la, eu tenho uma baba eletrônica que ajuda muito.

Cheguei la e ela ainda dormia tranquilamente, voltei pro meu quarto e fui tomar um banho, e levei a babá pro banheiro, hoje é dia do Gb vim aqui visitar ela, ele me disse pelo whatts e eu falei com o Ph.

Terminei de banhar coloquei um short de pano fino e uma blusa do Ph, escutei pela baba eletrônica que a Jade estava chorando, fui la dei um pouco de leite materno e depois banhei ela, desci la pra cozinha, coloquei ela no cercado e fui tomar café da manhã, terminei olhei as horas e ja eram 10:12, quando eu pensei em mandar mensagem pra minas vim, elas ja estavam aqui, a Tay ja correu e foi logo pegando a Jade e as meninas ficaram em volta

Eu: bonito, ninguem fala mais comigo né.

Tay: não te vi linda.

Eu: sei.

Ana: mas eai como tu ta?

Eu: to querendo tomar um banho de piscina.

Gabi: bora.

Eu: então voces vão se arrumar que eu vou colocar um biquíni na Jade, ela tem uma boia que e ótima. Vesti ela coloquei em cima da minha cama e coloquei um biquíni, ela ta uma fofura, ja ta engatinhando, coisa mais linda, ela ta quase fazendo 7 meses, desci la pra baixo e as meninas estavam la, liguei pro Ph e falei pra ele trazer comida pra gente.

Aproveitei e postei uma foto da Jade no meu insta pra atualizar.(midia)

Coloquei ela na boia e entrei na piscina, ficamos ali muito tempo até o Ph chegar com a comida, ele colocou as marmitas em cima da mesinha la do fundo e eu sai da piscina e entreguei a Jade pra eles.

Sim veio os 3 meninos também. Eu acho muito legal o nosso "bonde", somos bem unidos, e não temos pais, mas a gente é a nossa própria família, onde um ta o outro ta tambem, sempre se ajudando independente de qualquer coisa, somos tudo irmão.

Mas voltando ao foco, terminei de almoçar me enrolei na toalha e fiquei conversando com o pessoal, a Jade começou a chorar e eu fui fazer mamadeira pra ela, a Tay quis da então eu lhe entreguei e bom que ela ja vai aprendendo.

Tay: gente alguem tem algum nome em mente, pro nosso bebe- falou em quanto dava mama pra Jade.

Ph: cleidisvaldo.

MANU: WANDERLEY.

Menor: joaquim.

Vn: ferdinando.

Ana: credo, coitado do menino.

Alice: Rodrigo

Gabi: eu gosto de Rodrigo.

Tay: bonito mesmo.

Manu: wanderley é mais, Rodrigo tambem é

Tay: é mais depois a gente vê isso então- o mama acabou e ela colocou a Jade pra arrotar, depois ela dormiu e eu coloquei ela no berço, liguei a baba eletrônica.

Os meninos foram pra boca e as meninas pra suas casas pra banhar, fui no meu quarto tomei um banho coloquei uma calça rasgada e um body preto de veludo.

Liguei pra Dona Fátima e perguntei se ela podia vim pra ficar com a Jade e claro que ela aceitou, em 15 min. ela chega, falei com ela, tudo certo e logo em seguida as meninas chegaram tambem, e sim, vamos ao bom e velho shopping, liguei pro Ph e falei com ele, eu tinha um cartão então tudo de boa.

Peguei um carro e fomos, cheguei no shopping por voltas das 3:39, passamos em varias lojas, comprei roupa pra mim pra Jade, pro Ph, comprei acessórios sapatos e outras coisas, comprei um vestido pra dona Fátima e as meninas tambem compraram varias coisas tanto pra elas quanto pros meninos.

Depois a gente lanchou no girrafas e fomos embora, coloquei todas as sacolas no meu quarto, agradeci a dona Fátima e entreguei o presente dela, peguei a Jade e ela foi embora, sentei no sofá e o Ph aparece.

Eu: chegou cedo- falei olhando as horas.

Ph: esqueceu que o bosta vem aqui?

Eu: a e mesmo, e amor não fala assim, ele ta mudado, tu mesmo viu.

Ph: sei não em- ele fecha a boca e a campainha toca, fui abrir com a Jade no colo, era o Gb.

Gb: oie-falou pegando a Jade- como tu ta grande em menina do tio.

Ph: que viagem cara, tu viu ela ontem.

Gb: mesmo assim, ela cresceu rápido.

EU: é mais entra ai- dei passagem e ele entrou, fomos pra cozinha e sentamos na mesa, servi um pudim que eu tinha feito, Ph pegou seu pedaço e foi pra tras do balcão, eu tava de costas pra ele, fiquei  conversando com eles e o Gb sempre brincando com a Jade, que dava otimos sorrisos.

Fiquei mexendo no celular quando percebo o Gb olhando sério pro Ph, coloquei o celular na minha frente pra refletir o que tava acontecendo la atras, e vi o PH apontando pro Gb e colocando a arma na cabeça e fazendo gestos de tiro e morte, olhei pro mesmo- Para ne amor, chega dessas graças.

PH: graça não, vacilou morreu.

Gb: eu em cara, pra que isso.

Ph: fica queto e segura a mina direito que desse jeito ela cai porra- depois disso ficamos ali mais um pouco e depois o Gb foi embora.

Eu: poxa amor não precisa ficar fazendo isso.

Ph: não confio nele.

EU: então confia em mim, e confia quando eu te falo que ele não vai machucar nenhuma de nois duas.

Ph: vai mesmo não, se não eu mato ele.

Eu: poiser então pronto.

Ph: é vou la na boca ver como ta.

Eu: ta bom, beijo te amo.

Ph: te amo mais.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...