1. Spirit Fanfics >
  2. Vendido Para O CEO -INFANTILISMO- >
  3. Capítulo 3

História Vendido Para O CEO -INFANTILISMO- - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Capítulo 3


Passo um tempo esperando e vem a minha cabeça pensamentos de que eu deveria voltar ao Japão pelo menos para ver e me desculpar com Yami por passar tanto tempo longe, acabo deixando essa ideia de lado e continuo a esperar os itens leiloados até que eram interessantes, algumas pessoas humanas estavam sendo leiloadas, acredito que essas pessoas foram vendidas para cá depois de que alguma família ficou devendo divididas ou etc... enquanto esperava o leiloeiro anunciava seus nomes, idade, altura e características, não me interesso por nenhum já que a maioria são mulheres e também não estou afim de um escravo ou sei lá...

Leiloeiro- Agora temos aqui Luan Yagami, jovem de 22 anos 1,59 de altura cabelos azulados e olhos também o corpo é bem modelado, os machucados são algo temporário, é bem obediente. O jovem garoto tem infantilismo e faz tudo que vocês desejarem.

Me assusto ao ouvir o nome da família Yagami, olho para o palco e parecia realmente Yami mais... oque ele está fazendo aqui?! Parecia bem confuso e sem saber oque estava acontecendo ali, acho estranho pois seus feromonios estavam descontrolados por toda a sala muitos alfas se interessaram rapidamente e começam muitos cochichos sobre ele... o nome é diferente estou ficando louco? Mesmo assim é melhor eu prevenir do que remediar!

O compro por 3 bilhões já que tinha muitas outras pessoas o querendo e eu queria sair logo dali mesmo sem ter conseguido ainda os anéis. Depois de consegui-lo saio rapidamente dali e vou até a parte onde pegavam seus itens comprados, pego o garoto no colo e coloco meu casaco em cima dele, quando o peguei já não estava mais acordado.

Assim que saio de lá vou para o carro entrando e me sentando no banco de trás com ele.

Alexander- Oque é isso? Você o comprou? E os anéis conseguiu?

Kaiuki- Consiga para mim amanhã o nome da pessoa que conseguiu os anéis agora... eu preciso cuidar disso aqui

Olho para o pequeno em meu colo, minhas dúvidas foram indo embora e surgindo novas, ele de perto percebia que não era Yami mais era tão parecido até os nomes de suas famílias eram iguais.

Luan- Ahn~ e-esta tão quente

Kaiuki- Oque ele tem Alex?!

Alexander- Acho que você já sabe...

Ele abre o porta luvas e pega algumas cāmįsinha jogando para mim, o olho com uma cara de nojo e desgosto me perguntando por que ele tem essas coisas dentro do carro 🤡

Chegamos em minha casa e Alex vai embora após eu pedir a ele que investigue mais sobre Luan, entro no banheiro deixando Luan na cama ofegante. Mesmo que ele não seja o Yami não tenho certeza se deveria fazer isso com ele...

Celular Toca- Atende

Alexander- Então o nome do garoto é Luan Yagami, o filho mais novo da família Yagami faz 5 anos que ele está... meio que morto, isso aconteceu em uma das visitas dele a casa da mãe que estava separa do pai na época. A causa da morte é desconhecida... Eu só tive alguns minutos então espere até amanhã e terei mais pra você ok?

Kaiuki- Está bem... É melhor ter mesmo!

Desligo o celular e volto ao quarto, Luan havia tirado a roupa que estáva usando e seu corpo era realmente perfeito, acabo não pensando muito e me deixo levar indo até a cama..

...Autora Narrando...

Ele leva sua mão ate o pên¡s do menor o mastūrbāndo enquanto observava aquele pequeno corpo em seus braços, de longe ate podia parecer o seu antigo amor mais assim tão pertinho a diferença era muito grande.

Na intenção apenas de [email protected]ā-lo para livra-lo da droga ouvindo aqueles gemidos baixos que eram abafados pelo pequeno mordendo sua própria mão.

Kaiuki acaba sentindo algo subindo por baixo de sua toalha, apenas os gemidos daquele pequeno o levavam a loucura.

Sem pensar muito ele para o colocando sobre a cama e pegando as camisinhās dadas pelo amigo. O maior tira a toalha a jogando longe e o segurando em seu colo e colocando um de seus dedos dentro do seu buraquinho

Luan geme com aquela quando o maior coloca mais um, a sensação daqueles dois dedos o invadindo de forma tão repentina não conseguia segurar baixos e altos gemidos saindo de sua boquinha pequena

Kaiuki levava seus dedos ao alcance máximo que conseguia e com a outra mão abre a bunda do pequeno e aperta em seguida a deslizando lentamente pela coxa e dando fortes apertões, deixando marcas de seus dedos na sua perna

O maior para tirando seus dedos, segurando o queixo de Luan e o beijando calmamente para acalmar sua respiração, suas línguas entre-lançavam de forma prazerosa

O pên¡s de Kaiuki pulsava que chegava a doer, mal podia se segurar e esperar para colocar dentro do pequeno.

Kaiuki Shikai- Eu posso colocar Luan?

Luan assente com a cabeça e o maior o coloca de quatro e roça o pên¡s em sua entrada em seguida mete tudo até o talo tirando um gemido muito alto do pequeno e o fazendo chegar ao seu ápice logo no início da pen£tração.

Kaiuki segura em sua cintura o puxando para seu colo o deixando sentado de costa pra ele enquanto esperava o pequeno se acostumar, as paredes internas do pequeno apertavam e o suor escorria de seu rosto para seu corpo...

Kaiuki Shikai- Relaxe um pouco pequeno... -Sussurra

A voz rouca e grossa do maior deram um breve arrepio em todo seu corpo mais o ajuda a relaxar, Kaiuki aperta seus mamilos e esfrega seus dedos brincando com a sanidade do pequeno.

 Logo começa a descer até a cintura de Luan a controlando fazendo-o rebolar de forma rápida em seu pên¡s enquanto mordia e deixava chupadas pela suas costa. Os gemidos de ambos ecoavam por todo quarto.

Kaiuki continua a dar estocadas fundas e lentas ate achar o ponto de Luan, desde então começa a ir mais rapido fazendo o menor gøzar muitas vezes oque o deixava exausto, Kaiuki continuava ate gøzar também e ambos cairem exaustos sobre a cama.

Continua


Notas Finais


É isso espero que gostem 😊

vou tentar postar o mais rápido possível bjos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...