História Verdadeiro Amor - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias DRAMAtical Murder
Personagens Aoba Seragaki, Koujaku, Noiz, Ren
Tags Aobaxmink
Visualizações 44
Palavras 1.283
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Cap 2


Fanfic / Fanfiction Verdadeiro Amor - Capítulo 2 - Cap 2

Ainda não estava acreditando que estava na casa do Mink depois de te lo procurado bastante, achava que nunca mais iria querer olhar na minha cara, mas me deixava alegre saber que não era isso. Mas queria saber do porque ele ter sumido dessa forma, so espero que ele diga né.

Acabei de tomar banho e vesti as roupas que ele me emprestou, ficaram grandes mas não me importei, saio do banheiro segurando a toalha e o procurando, ao encontra lo noto que estava lendo sorri.

-Mink...onde eu coloco a toalha? –pergunto o vendo me olhar, as vezes sou doido pra ver uma expressão diferente na aquele rosto tão sério.

-Pode me da aqui...eu estendo –diz se levantando e pegando a toalha de mim, mas voltou a me encarar, fico curioso –voce parece menor ainda com essas roupas –diz e sai andando me deixando surpreso e com o rosto rosado.

-N-Não fico não –digo emburrado mas não por muito tempo pos um sorriso se abriu.

Agora pude reparar melhor que Mink tinha uma estante enorme de livros, sua casa era linda, diferente do lugar em que estavamos, olho alguns quadros, vários lugares bonitos, ele foi para todos eles?

O vejo vindo novamente, será que pergunto? Não quero parecer intrometido, o medo de abrir a boca e falar besteira sempre era grande mas isso não é uma besteira certo?

-Voce...foi pra todos esses lugares? –pergunto o que faz antes dele se sentar vim para meu lado olhando os quadros.

-Fui...na verdade em um deles eu morei algum tempo, é bem diferente daqui...ar puro, clima agradavel, acordar com uma visto aberta...sinto falta de la –diz me deixando surpreso, ele praticamente se abriu pra mim o que me deixou contente.

-Imagino, deve ser incrivel –digo, ele sente falta de la, da pra ver em seus olhos, mas agora fiquei com um certo medo, se ele...resolve se mudar nunca mais o verei, desvio o olhar pro outro lado.

-O que foi? Ficou triste do nada –diz me encarando, preocupado? Fico meio sem jeito.

-Ah não hehe...so estava pensando, bom...o que voce faz por aqui? –digo curioso, me referia a fazer coisas divertidas ou coisa parecida.

(AOBA NARRANDO OFF)

(ESCRITORA NARRANDO ON)

Mink havia ficado incomodado com o silencio e a troca de assunto de Aoba, se perguntava por que ele nao fala de uma vez, mas deixou quieto, pensou por um tempo na pergunta...era meio complicado pra ele ja que passava a maior parte do tempo sozinho lendo.

-Bom eu...so fico lendo, só fico com as pessoas da minha gangue as vezes, eles adoram ir encher a cara e fazer algazarras, não tenho paciencia –diz sério o que deixa Aoba surpreso e triste, Mink sempre ficava sozinho? Isso era triste.

-Bom...que acha de fazermos algo agora...ver um filme, a gente faz pipoca...que acha? –pergunta curioso, Mink fica pensativo mas faz que sim com a cabeça.

-Tudo bem...parece ser uma boa ideia, vamos então? –diz deixando um sorriso aparecer que paralisou Aoba, se pudesse tiraria uma foto, o menor fez que sim com a cabeça e andou ao lado de Mink até a cozinha.

Chegando la Mink pega as coisas e assim começam a fazer a pipoca e mais algumas coisas gostosas como brigadeiro, ideia de Aoba, Mink não era acostumado com isso mas não podia negar pra si mesmo que estava gostando, estava até um clima gostoso em sua casa.

Depois de tudo pronto foram pra sala, começaram a procurar algum filme legal para verem, assim que encontraram, um que ambos gostavam pos pra iniciar, comigam e as vezes conversavam, hora ou outra Aoba abraçava o braço de Mink que retribuia com carinhos na cabeça de Aoba. Foi uma noite divertida e diferente, depois do filme limparam as coisas e foram pro quarto, Aoba se ofereceu para dormir no sofá afinal não tinha nenhuma coragem de dormir na cama do maior e ele no sofá, mas foi surpreendido quando Mink fala para ambos dormirem na cama, mesmo corado aceitou.

-Não some mais...fiquei triste por voce ter sumido –diz deitado virado de frente pra Mink que se surpreendeu mas sorriu.

-Eu não sumi exatamente so...fui fazer algumas coisas, mas tudo bem, prometo –diz sorrindo o que fez Aoba sorrir tambem e assim os dois adormeceram.

Pela manha Mink foi o primeiro a acordar, observou Aoba dormindo, não resistiu em fazer carinho no rosto do menor, Mink estava feliz por ter Aoba tão perto, mais feliz ainda por ele ter ido o procurar, era surpreente afinal não se via como uma pessoa boa apesar de ter ajudado o menor antes mas de qualquer forma, suspirou e se levantou indo pro banheiro. Aoba permanesceu dormindo por um tempo mas foi acordando, quando acordou totalmente procurou Mink pelo quarto mas não aguentou em se deitar de novo onde o maior antes estava e sentir seu cheirinho, era como se estivesse abraçando o proprio...mal percebeu que Mink estava na porta surpreso com o que estava vendo.

-Ah se quisesse me abraçar tanto assim era so falar –disse dando um susto em Aoba que pulou da cama e o olhou quase uma completa pimenta.

-N-N-Não é nada disso que e-esta pensando –diz completamente envergonhado nao sabendo onde escondia, Mink estava encostado na porta bebendo café –n-não devia da susto nas pessoas assiiiiim

-Eu so vim te chamar pra toma café...não imaginei que encontraria essa cena, bom vem logo –diz se retirando indo pra cozinha.

Aoba se levantou mas foi pro banheiro lavar o rosto pra tenta volta pra coloração normal, suspirou e foi pra cozinha, se sentou ao lado de Mink sem saber o que dizer e logo começou a comer, estava muito envergonhado. Mink estava achando graça da aquilo tudo, estava surpreso e envergonhado tambem mas não tanto quanto ele, comeram em silencio, quando terminaram Aoba se ofereceu para limpar as coisas e o fez.

-Me diga...sua avó deixa voce viajar ou algo assim? –perguntou Mink curioso o que deixou Aoba do mesmo jeito.

-Posso sim...se tiver dinheiro mas por que? –perguntou Aoba secando suas maos, Mink o olha diretamente.

-Estou pensando em voltar pra la, as coisas aqui não estão muito...boas pra mim, voce gostaria de ir comigo? –perguntou curioso e ansioso com a resposta.

-T-Ta falando serio? –perguntou Aoba de boca aberta mas logo abre um sorriso enorme –claro que quero, vai ser muito legal –disse animado

Mink sorriu com a resposta positiva, na verdade Mink queria se mudar pra lá, aproveitando que Aoba iria poderia o conhecer melhor e quem sabe o menor nao fique definitivamente lá tambem, fez carinho na cabeça do azulado e foi pra sala fazer ligações enquanto Aoba deixou avisando para a avó aonde estava, logo correu pra sala se sentando ao lado de Mink.

-me conta quando iremos? –pergunta ansioso, se pudesse estaria pulando mas seu jeito ja dizia isso.

-Ainda vou ver, nao se preocupe caso nao tiver dinheiro eu compro as passagens, tambem irei pedir pessoalmente a sua avó, afinal ela ira fica preocupada com quem exatamente voce vai –diz olhando Aoba que concordava com a cabeça.

Sabia que a avó ficaria bem surpresa com quem iria mas...ela tambem sabia que esses dias havia andado triste por ter perdido contado com Mink, agora finalmente estava com ele e prestes a viajar, encostou seu rosto no braço de Mink abraçando tambem com um sorriso enorme.

-Mal vejo a hora haha –diz animado e de fato mal via mesmo.

Mink aproveitou aquele momento para ir contando algumas coisas de como é la, ja que o menor perguntou tambem, Mink estava ansioso tambem mas sabia guardar melhor pra si mesmo, o sorriso de Aoba o motivava pra fazer essa viajem ser incrivel e unica.

CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...