1. Spirit Fanfics >
  2. Verdades ocultas >
  3. Capítulo 1

História Verdades ocultas - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Bem vindos queridos leitores, sou a autora desta estória junto com uma amiga (Ella e Manu), peço perdão por qualquer erro de português, é nossa primeira estória, a protagonista é a Fernanda, se tudo ocorrer bem teremos três temporadas narradas por outros protagonistas, bem boa leitura e divirtam-se. ~Ella

Capítulo 1 - Capítulo 1


2034 - 3 meses atrás

Era verão, um dos dias mais quentes de Junho, estou feliz por finalmente ter ganhado as minhas preciosas férias, me sinto relativamente cansada, então estava planejando passar as férias com uma amiga, procurei tanto pelas férias dos nossos sonhos, ainda não acredito que isso está acontecendo...

2034 – 3 meses depois

Acordei, liguei meu celular e olhei a tela, havia uma notificação “Sáb, 31 de agosto” 11 horas da manhã, estava ansiosa por este dia, a viagem estava marcada para hoje às 18:30; não consegui fazer com que minhas férias fossem antecipadas, além de ter um chefe Filho da puta, essa empresa me explora do jeito que pode, como não tenho dinheiro e tenho muitas dívidas feitas, não posso simplesmente largar meu emprego, isso acarretaria muita dor de cabeça, não estou afim de lidar com essas merdas por agora.

17:55, mandei uma mensagem para a Manu.

Vagabunda q amo d   está digitando...

Manu - Porque você é tão impaciente? Tô te falando estou quase pronta!!

Você – Não sou impaciente, você sempre se atrasa para eventos importantes, pelo menos me diga que Junior está pronto.

Junior era namorado da Manu desde a faculdade, eles são tão grudentos que as vezes sinto nojo, pode ser um pouco de inveja? Talvez, mas mesmo reclamando e sendo essa pessoa difícil que sou, esses dois nunca me deixaram na mão.

Vagabunda q amo d   está digitando...

Manu - Claro que ele está! Você sabe como o Junior mudou, a carreira militar fez diferença kkkkkk Ele é mais ansioso que nós três juntos, amiga não se preocupe vai dar tudo certo!

Você - Não sei estou com um pressentimento ruim...

Manu - Fernanda não seja tão negativa, vai dar.


Chegamos ao aeroporto, não sei o porquê de estar tão nervosa, será que tenho medo de avião e não sei? Emanuelly estava fazendo o check in, estamos indo para BURJ AL ARAB em Dubai, um resort com temática diferente, meio futurista, dizem que é cheio de prédios magníficos, comidas deliciosas e atendimento fantástico. Enquanto Manu está fazendo o check in, estou conversando com Junior, Junior é um cara muito brincalhão, parece ser um pouco intimidador por conta de sua aparência militar mas é um crianção em um corpo extremamente sarado, nem quero imaginar como a Manu ainda anda kkk, ele me disse que não teria que viajar ao exterior esse ano ao comando das forças armadas americanas, ele ama servir, mas até ele gosta de um pouco de conforto de vez em quando. Manu chegou até nós, mandou pegarmos as malas, pois estávamos atrasados.

Pegamos tudo rapidamente , e fomos direto ao portão de embarque, havia uma fila imensa para a entrada do avião, alguns nomes foram chamados, e os nossos estavam incluídos. Entramos no avião, e enquanto procurávamos os nossos assentos uma moça passou na minha frente, me prensando contra uma poltrona. Quando estava me preparando para xingar, ela se virou rapidamente jogando seus cabelos macios e cheirosos ao meu rosto, pedindo desculpas, assenti com a cabeça. Observei que ela estava com um panfleto, o mesmo do nosso resort, me deu aquela estranha sensação que senti á algumas horas atrás; olhei para Manu e ela estava um pouco dispersa; nos últimos 3 meses estava agindo estranho, mas antes que eu pudesse falar algo...

- Hey, achei nossos assentos!! - diz Junior alegremente.

Entregamos nossas malas ao Junior, o mesmo colocava no compartimento superior, passei e sentei na janela, Emanuelly se posicionou no meio, já proferindo-se a mim e junior para colocarmos os cintos, e ele sentou ao seu lado. No início da viagem conversamos sobre os nossos trabalhos e a época de faculdade, rimos, comemos, mas Manu continuava estranha, parecia estar apreensiva, ela já viajou várias vezes por conta de seus trabalhos voluntários que faz como médica, e não é muito chegada em remédios, mas nessa viagem em específico ela tomou muitos soníferos. Antes de começar a cochilar, sinto sua mão em meu ombro direito, ela olha para mim e para Junior.

- Tenho que confessar uma coisa.



Notas Finais


Oi galerix, estamos escrevendo essa estória e esperamos que gostem, a opinião de vocês valem muito para a gente continuar escrevendo :)

Espero que tenham gostado. ~Manu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...