1. Spirit Fanfics >
  2. Versão HOT - Neji e Tenten - Parte 2 >
  3. Um novo amigo para Iori

História Versão HOT - Neji e Tenten - Parte 2 - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Senti que Iori precisava de alguém para conversar e já que transformei outro um personagem em bi, adicionei ele aqui para ser uma espécie de orientador, não sei se vai aparecer mais vezes.

Para conhecerem a minha história sobre ele, deixo aqui o link da primeira fic deste personagem (tem outras) para quem ainda não leu:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/kakashi-e-yamato--algo-para-recordar-21369918

Capítulo 19 - Um novo amigo para Iori


 

Na manhã do dia seguinte Iori se levantou, ainda estava com o corpo dolorido, tomou café depressa e se despediu de Tatsuo e Ume, mas a garotinha queria ir com ele, insistiu tanto que acabou levando ela junto a pedido do pai. Iori caminhava e sentia seu coração acelerado, não sabia o motivo, chegando no campo, Neji já estava lá. Ume correu e abraçou as pernas de Neji.

- Neji-nii-san!!! 

Neji não era muito de demonstração de carinho, a única exceção era com Tenten, então achou bem estranho aquele gesto e ficou imóvel.

- UME!!! - repreendeu Iori 

- Tudo bem! - disse Neji a Iori. 

Neji resolveu corresponder a garotinha, pegou ela no colo e esta agarrou o pescoço de Neji.

- Neji-nii-san, você tem olhos bonitos.

- Obrigado. - disse um Neji incomodado, colocando-a de volta  ao chão. 

- Me desculpe, meu pai me fez trazê-la.

- Hum… vamos para o básico então.

Neji perguntava quais jutsus básicos Iori sabia e observou quanto controle de chakra ele tinha para usar o estilo raio. Resolveu passar alguns exercícios de meditação e concentração para Iori, mas precisou se afastar com Ume para não distraí-lo. Iori sentou-se e começou a se concentrar, Neji pensava em alguma distração para Ume e sentou-se com ela bem afastado de Iori. Depois de um tempo Iori conseguia sentir todo seu fluxo de chakra e tentava concentrar um pouco em um ponto específico, mas foi distraído por uma risada alta ao longe. Ume e Neji jogavam pedra, papel e tesoura com as mãos e ela estava ganhando dele e ria quando ele fazia cara de aborrecido. Iori não conseguiu se concentrar mais, sua concentração estava voltada aos dois, Iori conheceu um Neji antipático, frio, sério e grosso em sua casa, aquele Neji que estava vendo nos últimos dias parecia outra pessoa.

Neji ao longe notou que Iori estava olhando para eles, se levantou, segurou a mão da garotinha e caminharam em direção a Iori.

- Você conseguiu?

- Só um pouco.

Alguém se aproximava, era Tenten vindo na direção deles. Se sentia desconfortável na presença de Iori. Cumprimentou a todos quando chegou e olhando para Neji disse:

- Vou sair em missão amanhã cedo, vamos nos encontrar mais tarde?

- Claro! Passo na sua casa no final da tarde.

- Certo. 

- Neji-nii-san vai ficar comigo! - disse a garotinha que ainda segurava a mão dele.

Tenten riu, Iori repreendeu a irmã novamente e pegou-a pelo braço.

Tenten pediu licença para falar com Neji a sós por um momento e segurou a mão do amado puxando-o para longe, atrás da árvore mais próxima, conversaram.

- Está tudo bem Neji?

- Está sim. - respondeu com um sorriso.

Tenten estava aliviada.

- Estava com saudades. - disse ela manhosa. Deu um beijo suave em Neji e se despediu.

Iori, curioso, quando se afastaram, lembrando do básico para um shinobi fez um clone das sombras e foi se aproximando a fim de ouvir a conversa. Chegou próximo, se esgueirando e presenciou o beijo, voltou e desfez o jutsu rapidamente. Aquilo o aborreceu. Neji voltou.

- Podemos encerrar por hoje? - perguntou Iori.

- Você está bem?

- Só um pouco dolorido ainda.

- Tudo bem.

Voltaram e cada um foi para um lado. Dentro da casa, Iori recusou o almoço e foi deitar, cochilou a tarde toda e sonhou. Inicialmente sonhou que estava no campo com Tenten, ela era sua namorada, seus olhos brilhavam e caíram no chão aos beijos, depois lutaram com suas armas em um treino e ela o derrubou, mas quem veio ao seu socorro foi Neji, estendendo a mão, com seus cabelos soltos e com um sorriso no rosto. Deu a mão ao shinobi e Neji se posicionou para a batalha, Tenten havia sumido, Iori se posicionou também, começaram a luta e assim como da primeira vez, recebeu um golpe no centro do peito e caiu estendido ao chão, Neji deitou ao lado de Iori e este sentiu seu coração bater acelerado, ouviu Neji perguntar: "Você está bem?" e Iori procurou, tateando o chão, a mão do outro e segurou-a, Neji entrelaçou os dedos aos dele e olhando um para o outro permaneceram deitados ali.

Iori acordou assustado com o sonho, "o que tudo isso significa?" pensava ele. Levantou, já era noite, saiu para caminhar um pouco. Perdido em seus pensamentos, Iori andava distraído, não tinha com quem conversar sobre tudo que estava sentindo, se sentia sozinho e perdido, andou bastante até que sem querer esbarrou em alguém e viu sacolas de compras caírem ao chão. Instintivamente se abaixou para pegar as coisas e viu uma figura de um homem com cabelos grisalhos, um olho vendado e uma máscara no rosto, estava  abaixado recolhendo suas coisas.

- Me desculpe… eu estava...

- Distraído! - interrompeu o homem.

- Isso.

- Não tem problema, a culpa foi minha.

Iori não podia ver o rosto do homem, apenas um olho, mas sentiu o sorriso se formar por debaixo da máscara.

- Deixa eu ajudar o senhor pelo menos?

- Tudo bem.

Caminhou segurando algumas das sacolas, acompanhando o outro. Pararam numa porta e ele abriu, entraram e colocaram as coisas sobre a mesa. 

- Você não me disse seu nome, rapaz.

- Iori.

- Prazer Iori, eu sou Kakashi. Obrigado pela ajuda.

- Não tem de que Kakashi-sama.

- Não precisa de tanta formalidade. Mas me diga, por que você está com essa cara tão triste e andava tão imerso, o que está te incomodando?

- Não é nada…

- Você não me engana, garoto.

- Eu só estou confuso.

- Confuso com o que? 

- Hum…

- Está com fome? Sente-se um pouco.

- Não, muito obrigado.

- Você é o rapaz que chegou a pouco tempo, não é? 

- Sim. 

- Não tem muitos amigos por aqui, não é?

- Não.

- Estou tentando ser seu amigo.

- Mas você é um estranho.

- Você é esperto. Só quero ajudar. Confie em mim se quiser. 

Kakashi guardava suas compras e Iori se sentou na cadeira.

- Eu tive um sonho esquisito. - tomou coragem para falar, precisava muito desabafar e apostou sua confiança. Ele era um estranho e falar sobre aquilo ficava um pouco mais fácil.

- Hum… que tipo de sonho.

- Eu estava com uma garota linda, estávamos nos divertindo, mas depois ela sumiu e um garoto apareceu e eu quis segurar a mão dele, mas eu…

- Entendo. Essas são pessoas que você conhece? Ou nunca as viu na vida?

- Eu conheço.

- Hum… você está se descobrindo.

- Como assim?

- Você sempre achou que gostava de meninas, e gosta, mas apareceu esse sentimento voltado para um garoto e você está confuso. Não é isso?

- Eu… eu acho que sim.

- Às vezes acontece. 

- Como você sabe?

- Eu passei por isso.

- Você gosta de garotos?

- No momento não gosto de ninguém, mas já gostei de garotos e garotas, o sentimento é igual pra mim.

- Eu ainda estou confuso.

- Isso vai passar, se precisar conversar mais vezes você pode me procurar. 

- Obrigado.

Iori se levantou, se despediu e voltou para junto de sua família. Se sentia um pouco melhor depois de desabafar, mas tudo estava bagunçado em sua mente. Quando chegou, seu pai estava preocupado.

- Onde você foi? Saiu daqui tão triste.

- Fui caminhar. Fiz um amigo.

- Oh! Que bom.

- O senhor conhece muita gente por aqui?

- Não muito.

- Já ouviu o nome Kakashi?

- Oh! Sim! O ninja copiador! Kakashi do Sharingan.

- Ninja copiador?

Tatsuo contou tudo o que sabia sobre o ninja. Iori ficou impressionado, seu novo amigo era legal, pensava ele, começava a gostar de estar ali naquela Vila. Mais tarde, foi deitar e estava com medo de sonhar novamente, pensava no porque tudo aquilo estava acontecendo com ele, porque sua vida não podia ser mais simples. Demorou pra dormir e não sonhou aquela noite.

 


Notas Finais


Sem muitas surpresas por aqui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...