História Versos Esquecidos - Capítulo 71


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Frases
Visualizações 16
Palavras 176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lírica, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 71 - Eu e meus muros


Eu vejo as muralhas que eu construí em torno de mim mesma caindo aos poucos, eu tenho medo
Então eu peço a todos antes que seja tarde demais:
Vá embora caso você saiba que não vai aguentar o meu verdadeiro eu, não vá aguentar o caos que eu sou, não fique se não aguenta a tempestade
Não é tão simples quanto parece ou quanto a maioria acha que é
Eu sou o caos
Eu sou a tempestade e não sei apenas chover, eu trovejo, eu brando, eu faço barulho
Eu sou a bala que saí sem direção 
Quando os grandes muros caírem por completo, escolha estar longe ou perto, porque nas duas formas e em qualquer forma eu vou precisar que você esteja fazendo o que vai te deixar feliz
Porque eu sou o caos e você é minha calmaria
Porque eu sou a tempestade e você meu sol
Porque eu sou a bala sem direção e você não tem medo
Mas eu tenho, tenho medo de toda essa sua coragem
Eu tenho medo de mim


Notas Finais


.
.
.

Tava até com saudades de escrever

~_Lost_


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...