História VHS - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 969
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, LGBT, Mistério, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Um triângulo conturbado


Fanfic / Fanfiction VHS - Capítulo 1 - Um triângulo conturbado

Tudo começou no dia 22 de julho de 2018, na verdade essa foi a experiência mais incrível e ao mesmo tempo apavorante da minha vida e até hoje me pergunto se isso realmente aconteceu, me chamo Vitor e essa é uma história um tanto curioso de se ouvir (ler).

Em um dia qualquer na época do colegial, eu conheci o ser mais incrível em toda minha vida, ele era tão incrível, divertido, inteligente, gentil, eu não conversava tanto com ele, me lembro dos seus olhos, sua voz, as curvas do seu corpo masculino, seu nome é Heraldo Chaar, o garoto mais popular da escola, com sua reputação de um bom galã. 

Em um dia eu tomei a coragem para chamar ele para sair, eramos colegas de classe falava com ele as vezes, e pensei que ele iria recusar, mas ele aceitou e fomos ao cinema eu estava tão alegre, não acreditava que Chaar estava ali no meu lado era uma noite calma, e no momento em que estávamos comprando os ingressos Chaar concentrava o seu olhar para um único lugar, eu curioso olhei também, e ele estava olhando para um certo garoto, que aparentava ter a nossa  faixa etária.

Claro que isso me deu um certo ciúme, pois Chaar olhava tão repentinamente para esse rapaz, enfim, fomos assistir o filme e não tocamos no assunto, depois disto cada um foi para sua casa:

-Muito obrigado Vitor pelo passeio que tivemos, eu precisava relaxar um pouco. 

~Abraço 

Chaar me abraça!!!! 

A AAAAAAAAA 

Foi a melhor noite da minha vida! 

Apesar desse Abraço, fiquei encabulado com aquele  garoto que o Chaar ficou olhando, eu não consegui ver ele diretamente pois ele estava meio com a cabeça virada para o  outro lado, meio disfarçando.

~No dia seguinte 

Eu acordei para ir à escola e no meio do caminho, eu me deparo com o mesmo garoto que estava ontem no cinema me pergunto se ele está me seguindo Ou é só uma grande coincidência, ele tem um ar de misterioso e eu nunca havia visto ele por esses bairros. Enfim vou direto para a escola e depois que acaba as aulas eu volto  com o Chaar pois a minha casa era a quatro quadras depois da dele, e no meio do caminho encontramos de novo esse garoto DE NOVO!!!!!, Chaar fica olhando para ele com o mesmo olhar no dia do cinema, eu fico WTF????QUE TÁ ACONTECENDO AQUI.

Então este "misterioso" garoto se aproxima de nós, e do nada ele olha para o Chaar fixamente e depois olha para mim fixamente também, eu sinto o olhar dele penetrante, fico meio com vergonha e intimidado com isso e desfio o olhar, ele se vestia com roupas neutras, tinha um olhar frio, meio sedutor e firme, as curvas de seu corpo também era de se admirar, os braços dele, as mãos e pelo visto exalava um cheiro tão bom, não forte, meio que  suave e ele se apresentou: 

-Eae, me chamo Samir e tenho observado vocês e que estudam em um dos melhores colégio da cidade,  gostaria de saber se tem vaga lá? 

Ele veio com o papo de querer saber de vagas, e então por incrível que pareça ele e o Chaar começaram a conversar sobre esse assunto entre outros assuntos, então eu meio que fiquei sobrando, e fui para a casa, já eles ficaram na frente da casa do Chaar conversando, ele e Samir logo de cara se deram super bem, eu fiquei meio desconfiado desse tal de Samir, como Chaar é super gentil e educado, convidou Samir para entrar, pois já estava ficando de noite, ambos entraram na casa, os pais de Chaar não se encontravam, pois passavam a maior parte do tempo trabalhando e lá estavam os dois sozinhos, numa casa tão grande, Chaar  oferece um copo d' água para Samir  e ambos caminham até a cozinha, e Chaar foi, deu água para ele, e devolveu o copo para Chaar, e no momento em que Chaar vira de costas para guardar o copo ele sente uma presença bem perto da nuca dele, uma respiração ofegante, e ele vira os olhos, e ver Samir se apoderando dele, tocando em suas mãos lentamente descendo até suas coxas. Chaar fica paralisado sem saber o que fazer: 

- Que merda é essa que tá acontecendo aqui! Que sentimento é esse que estou sentindo!?

Chaar sente seu corpo esquentando cada vez mais e Samir sem nem uma vergonha na cara começa a tirar o cinto de Chaar, e sussurra 

- Calma, só fique em silêncio

Chaar estava gostando daquela sensação, começou a sentir calor, a casa estava estava em silêncio total, e o clima surgiu entre eles, Chaar estava meio aflito de fazer tal ato, pois ele tinha uma reputação na escola, mas o desejo foi mais forte, se entregou totalmente para o Samir que mal conhecia

Samir começou a alisar o corpo de Chaar, tirou o cinto, depois a camisa,e sua calça e cueca   e então Samir pega o Chaar e coloca de frente na mesa e o deita sobre ela, e começa a penetrar:

-Como isso pode ser tãooooo bommm! ?

Disse Chaar, e ambos estavam tão eufóricos e suados, a campainha toca, interrompendo as preliminares e eles param e se vestem rapidamente e Chaar vai abrir a porta assustado 

E era eu Vitor, arranjando a desculpa de devolver o estojo de lapiseira para Chaar só para ver ele,  e noto que Chaar esta ofegante, vermelho e suado e vejo Samir saindo da cozinha do mesmo estado que Chaar  e pergunto o que estava acontecendo ali e Chaar ficou todo enrolado em suas palavras, como se estivesse bolando alguma desculpa na sua mente e Samir o interrompe dizendo que Chaar lhe ofereceu para entrar e tomar um pouco de água, então Samir  se despede de nós e vai embora, me deixando sozinho com Chaar. 






Notas Finais


Continue.....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...