História Viagem aos multiversos - Capítulo 35


Escrita por:

Visualizações 106
Palavras 1.602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hoiiiii pessoas, eu sei que eu demorei um pouco para postar, mas tá ai...


Aproveitem

Capítulo 35 - Tentando ajudar esses dois


Fanfic / Fanfiction Viagem aos multiversos - Capítulo 35 - Tentando ajudar esses dois

Jake on

Eu acordo... A minha cabeça ainda tá doendo por causa da pancada que o Murdoc me deu... Nossa! Eu tenho que procurar a Elle...

Eu me levanto e eu olho para os lados e a Elle estava no chão, ela estava com as mãos amarradas, com os olhos vendados e ela estava chorando.

- ELLE! - Eu corro até a direção dela. - O que aconteceu ?

- E-eu não consigo levantar...

- Perai... - Eu tiro a venda dos olhos dela e eu tento desamarrar as mãos da Elle. - Elle aonde está a sua faca ?

- Tá no meu bolso...

Eu pego a faca que tava no bolso da Elle, eu corto a corda e depois coloca a faca dentro do bolso da Elle.

Depois eu ajudo a Elle a se levantar, mas ela nem conseguia andar direito, então eu deixei ela sentanda na calçada em frente de uma casa... Eu acho que eu já sei aonde a gente tá... Mas isso não importa agora.

- O que aquele des... Fez com você ?

- E-ele me assediou e... - A Elle começa chorar mais. - E-eu não conseguia fazer nada para impedir... E-eu fiquei implorando, mas...

- Calma. - Eu abraço a Elle e eu fico fazendo carinho na cabeça dela e é aí que ela chora mesmo. - Fica calma, já passou, agora você tá comigo... - Eu beijo a testa da Elle e eu apoio o meu queixo no ombro dela.

Enquanto ela chorava, ela falou que o Murdoc tinha colocado ela dentro de uma van, ela não conseguia se mexer por causa do sedativo que o Murdoc ejetou nela, ela também falou que o Murdoc falou que se ela não fizesse o que ele manda, ele iria punir ela, a Elle ficou provocando o Murdoc, ele ficou nervoso, freio a van e ele ficou assediando a Elle... Se eu encontrar aquele filho da... De novo, eu juro que eu mesmo esgano ele...

- J-Jake...

- O que foi ?

- E a s-sua cabeça ? O Murdoc falou que te deu uma pancada...

- Ah! Mas não tá doendo muito, fica tranquila, isso não é nada.

- M-mas a sua testa tá sangrando...

- Não é nada, não precisa se preocupar.

- Jake você sabe aonde a gente tá ?

- Eu acho que estamos no incrível mundo de Gumball.

- Como você sabe ?

Eu ponto para a janela aonde o Gumball e o Darwin ficavam nos observando, mas eles se esconderam quando a gente viu os dois.

- Vamos até lá.

- Mas como se você não tá conseguindo nem andar direito ?

- O efeito do sedativo tá passando, mas você podia me ajudar a...

- Nem precisa pedir.

Eu passo o braço da Elle pelo o meu ombro e a gente vai até a porta da casa dos Waterson, eu bato e a Nicole nos atende, mas ela leva um susto quando vê a nossa situação.

- Nossa, o que aconteceu com vocês ?

- Bem é uma longa história, mas você poderia nos deixar entrar ? É que ela não tá muito bem e...

- Ah! Sim... Podem entrar. - Ela abre mais a porta e a gente entra, eu olho para o lado e o Gumball e o Darwin saem correndo. - Por favor, sentem no sofá.

Eu e a Elle fomos até o sofá, eu coloco a Elle com cuidado no sofá e logo em seguida eu me sento do lado dela.

- Nossa, eu acho que vou ter que pegar um curativo. - Diz Nicole olhando para a minha testa que estava sangrando um pouco.

- Isso não é nada, não precisa...

- Você poderia trazer um por favor, se não esse machucado vai continuar sangrando e ele vai falar que não tem nada.

- Sim, esperem um pouco. - Diz Nicole saindo da sala. - Ah! E Gumball, devolva o DVD para a locadora.

- Tá bom mãe... E AGORA DARWIN O QUÊ A GENTE FAZ ?!

A Elle tenta se levantar, mas ela acaba caindo.

- Elle! O que você tá fazendo ? O efeito do sedativo ainda não deve ter passado.

- Eu sei, mas eu quero ver o Gumball e o Darwin... Você poderia me ajudar ? Por favor. - Diz Elle fazendo uma cara fofa.

- Tá... Só porque eu te amo muito. - Digo eu ajudando a Elle se levantar.

- Obrigada, fofo.

Eu passo o braço da Elle pelo o meu ombro e nós fomos até a cozinha, aonde o Gumball e o Darwin estavam, eles pareciam desesperados e eu já sabia o motivo.

- Vamos contar para a mamãe e enfrentar as consequências. - Falou Darwin.

- Não e... - O Gumball percebe que a gente tá ali. - O que vocês estão fazendo aqui ?

- Nada demais, nós ouvimos vocês gritarem e...

- Por favor não falem nada para a...

- Ah! Vocês estão aí. - Diz Nicole vindo na minha direção com um curativo. - Vocês não vão para a locadora ? - Diz Nicole olhando para o Gumball e o Darwin.

- É que...

- Eles estão esperando a gente, nós vamos junto com eles. - Diz Elle interrompendo o Gumball.

- Certo, mas antes de vocês saírem, vamos colocar um curativo nesse machucado. - A Nicole enfaixa a minha testa. - Agora sim, vocês podem ir, mas você tá bem ? - Diz Nicole olhando para a Elle, ela ainda não tava conseguindo andar direito.

- Sim, ele vai me ajudando.

- Então tá bom, é muita gentileza vocês irem junto com os dois e Gumball não se esqueça de colocar uma calça. Bom até logo. - Diz Nicole saindo.

O Gumball e o Darwin ficam esperando a Nicole sair, depois que ela sai os dois se ajoelham no chão.

- NÓS AJUDE ! POR FAVOR !

- Ajudar com que ? - Perguntou Elle.

- Nós temos que devolver um DVD para a locadora, mas o Gumball quebrou.

- Não fui eu que quebrei ! Você tava usando o DVD como cortador de pizza.

- É, mas pelo menos eu não risquei o DVD e eu também não fui eu que derrubei o DVD no triturador. - Diz Darwin cruzando os braços.

- Foi por acidente e foi você que...

- Calma, nós vamos ajudar vocês dois. - Digo eu tentando fazer os dois pararem de brigar.

- Obrigada! - Diz os dois em coro.

- De nada, mas o que vocês estão planejando ? - Perguntou Elle.

- A gente fala no caminho, mas antes de mais nada... Como vocês se chamam ? - Perguntou Gumball.

- Eu me chamo Jake e ela é a Helena...

- Mas se quiser pode me chamar de Elle. - Diz Elle completando.

- Eu sou Gumball e esse é o Darwin e...

- Gumball é melhor irmos logo, se não a locadora vai mandar cartas do atraso e se a mamãe ver, ela vai ficar muito brava. - Diz Darwin interrompendo Gumball.

- Sim, mas e ela ? - Diz Gumball olhando para a Elle.

- O Jake vai me ajudando a andar.

- Mas por que você tá assim ? - Perguntou Darwin.

- É uma longa história, mas é melhor irmos logo.

- Certo, então vamos.

Quebra de tempo

Lá estamos nós, o Gumball estava com a capa do DVD, só que ele teve a brilhante ideia de cortar um pedaço de papelão com o formato do DVD, coloca o nome do filme e colocar na capa... Melhor ideia, só que não.

- Pronto ! Podemos fazer qualquer coisa com o papelão que ninguém vai perceber a diferença. - Diz Gumball.

- Parece bem falso para mim. - Diz Darwin com bastante sinceridade.

- Concordo, não parece um DVD e sim um pedaço de papelão com um formato estranho, porque isso com certeza é tudo menos um círculo. - Diz Elle.

- A mesmo coisa que todo mundo. - Digo eu.

- É vocês que estão dizendo. - Diz Gumball fechando a capa do DVD. - Eu perdi a minha calça e ninguém percebeu. - Diz Gumball colocando o DVD dentro de algum tipo de caixa de correio, depois ele saiu andando e ele tava usando uma calça feita de papelão... Eu tento segurar a risada, eu olho para a Elle e ela também estava segurando a risada, mas ela tava quase chorando de tanto rir.

- Todo mundo percebeu o jeito que você anda. - Diz Darwin.

- Sério ?

- Parece que foi ao banheiro com um traje espacial.

Eu e a Elle não aguentamos, a gente começou a dar risada, a Elle chegou ao ponto de cair no chão e eu já tava chorando. O Gumball e o Darwin ficaram olhando para a gente, como se a gente fosse dois retardados rindo de uma besteira e o pior que é bem isso.

Depois de nós ficarmos horas rindo, a Elle conseguiu se levantar sozinha, o efeito do sedativo deve tá passando, mas mesmo assim eu ajudei ela e assim fomos para a casa do Gumball e do Darwin, entrando lá, eu e a Elle, nós sentamos no sofá e Gumball pega o controle remoto e se joga no sofá,ele cai em cima da Elle e ela fica bem brava.O Darwin parecia incomodado e ele foi dar uma olhada na caixa de correio e bem, tinha chegado uma carta da locadora.

- Gumball ! Chegou uma carta da locadora !

- E daí ?

- É uma carta vermelha!

- A carta ou a letra ?

- Isso faz diferença ? - Perguntou Elle.

- Eu não sei, mas a carta é vermelha e a letra também, é até difícil de enxergar. - Diz Darwin tentando ler a carta. - Aqui tá falando que a gente vai ter que pagar 25 dólares.

- O que a gente vai fazer ? - Falou Gumball que parecia bem desesperado.

- Contar para a mamãe e enfrentar as consequências.

- Eu acho melhor vocês fazerem isso. - Digo eu.

- Não, eu já tenho uma ideia...






Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...