1. Spirit Fanfics >
  2. Viagem no Tempo >
  3. Prologo

História Viagem no Tempo - Capítulo 1


Escrita por: Romance00

Capítulo 1 - Prologo


Aquela parecia um internato normal, porém guardava um segredo. Na verdade todos os ditos de sangue azul tinha um segredo.

 

 

O segredo é que eles de fato tinham um sangue especial, esse sangue permitia que eles tivesse poderes.

 

A partir da puberdade entre 9 a 14 esses membros da realeza, seja um príncipe seja um plebeu com sague real, era obrigatório frequentar aquela escola, pois ali garantia o controle e a liberdade de uso do poder com segurança.

 

Porém a nossa historia começa a 23 anos no futuro...

 

~~~><~~~

 

Boruto andava ao lado de Shikadai, este tinha o poder de bloquear o poder de quem estava em torno dele.

 

O loiro precisava do poder dele e pela convivência acabaram se tornando melhores amigos.

 

Já Boruto tinha o poder de viajar no tempo, toda vez que ele viajava voltava para o lugar que ele estava só que em outro tempo.

 

Apenas por causa dele criaram um arquivo que o Boruto do futuro que já conseguia controlar os poderes enviou para quando a escola foi aberta, eles nunca haviam finalizado aquele arquivo, apenas reescrito, toda vez que Boruto viajava no tempo anotavão hora e data para ver se havia um padrão nas viagens, e se houvesse uma viajem perigosa, o próprio Boruto escrevia em um caderno que ele sempre carregava consigo para quando tivesse adulto salvar sua própria pele, sempre depois de algumas horas ele adulto aparecia.

 

- Oi meninos, eu... Posso falar com você a sós é importante Bolt...

 

- Claro. - Shikadai deu um sorrisinho para o amigo de quem sabia de algo e saiu.

 

- O que foi? - Perguntou o loiro.

 

- Bem... É que... - Boruto ficava cada vez mais nervoso pela demora da morena.

 

- Fala Sarada, sabe que pode me falar qualquer coisa. - De menino seu melhor amigo com certeza era Shikadai, mas de menina não poderia ser outra pessoa a não ser ela.

 

Ele pode viajar para o futuro, porém era muito perigoso saber de certas coisas, então o Boruto do futuro bloqueou toda e qualquer ida dele mesmo mais novo pro futuro e para um certo tempo do passado, até poder controlar, porém a única vez que foi pro futuro ele viu que se casaria com Sarada, essa era a unica informação do futuro que guardou a 7 chaves para si mesmo.

 

- Sei lá...Qu...

 

- Quer ir tomar um cafe um dia desses comigo? - Perguntou interrompendo a menina, Boruto estava constrangido por deixar aquilo sair e derrepente sentiu um nervosismo que não era seu e olhou para a menina que estava com as bochechas vermelhas.

 

- Cuidado com o seu poder eu po... - Boruto sentiu seu corpo leve como se uma onda tivesse passando por si e logo se viu no meio daquele mesmo pátio, porém sentia que estava em outro tempo, não daria para explicar como sabia, mas era um sentimento de não pertencimento que tinha no seu peito, obviamente o desaparecimento de Sarada.

 

Boruto suspirou procurando seu caderno e quis se bater por ter esquecido na mochila na sala de aula, estava contando de mais com o poder de Shikadai. Apenas sua crush tinha o poder de fazer ele viajar sem querer, ela tinha o poder de manipular as emoções do outros ou fazer eles sentirem o que ela sente ou quer que sente.

 

Fazia alguns anos que ele havia controlado quando viajava, mas Sarada ainda não controlava bem o poder quando estava sob emoção forte.

 

Boruto andou pelos corredores até ouvir um grito que logo reconheceu, era uma voz extremamente parecida com a sua e olhou para o lado vendo um grupo de rapazes sem camisa jogando bola, e quem havia gritado não era ninguem mais ninguém menos que seu proprio pai que naquele tempo não deveria ter mais de 15 anos.

 

Suspirou, não ter o caderno dele nesse tipo de situação, o tempo que envolvia seus pais era bastante perigoso, pois uma informação errada faria ele deixar de existir.

 

Ele não sabia muito sobre a historia de seus pais, a unica coisa que sabia naquele momento foi que conhecer seu pai foi a pior e a melhor coisa da vida de sua mãe.

 

Sua existência em si era uma ameaça, mas graças as precauções de seu eu do futuro que nunca descobriram de que familia sua mãe era, mesmo que a de seu pai fosse inevitável, pois as caracteristicas marcantes eram passadas de pai pra filho, os benditos olhos azuis e o cabelo loiro.

 

No final houve uma perseguição contra os Namikaze eles quase foram extintos sobrando apenas seu avô que instruiu sua avó a não por o sobrenome Namikaze em seu pai, Boruto do futuro fez essa jogada mirando nos Namikaze para proteger os Uzumaki, coisa que o alto escalão so foi descobrir quando Naruto já era adolecente e não podiam fazer nada contra ele.

 

Enquanto isso acontecia os Hyuugas ficavam cada vez mais fortes com os casamentos entre familiares, era algo mal visto pelas outras familias, porém foi isso que deixou sua mãe tão poderosa, outro grande trunfo que ele tinha na mão eram todos os Hyuugas que tinham um poder que fazia enxergar o passado e o futuro. Resumindo, eles sabiam de muita sujeira, todos os Hyuugas sabiam, e isso protegeu tanto sua mãe quanto ele mesmo durante toda a infância.

 

Afinal Hiashi nunca deixaria uma pessoa tão poderosa que tem seu sangue nas veias escapar de seus dedos, em seu tempo seus avós tanto de parte de mãe quanto a de pai estão brigando para ver qual trono ele irá herdar.

 

Boruto ignorou e foi em direção a diretoria. Chegando lá encontrou uma velha conhecida.

 

- Senhora Tsunade. - Falou com respeito.

 

- Boruto quanto tempo!

 

- Para mim faz apenas 2 meses. - Suspirou o loiro.

 

- Para mim faz uns 2 ou 3 anos.

 

- Entendo... Cometi um erro desta vez, esqueci meu caderno e vai demorar para o eu recarregar meu poder - Quando usava seu poder ele ficava fraco pois sua habilidade sugava toda sua estamina. -  Meu eu do futuro até perceber minha viagem vai demorar. Vou morrer de tédio, logo agora que consegui convidar a crush pra sair, que mancada! - Reclama enquanto assina o papel colocando a data que ele viajou e entrega a Tsunade que coloca a atual e carimba para mostrar que a diretora naquele tempo era ela.

 

- Vai querer ficar na sala com seu pai?

 

- Melhor do que ficar olhando pra parede.

 

- Vai dar um baita choque na galera. - Fala dando uma risada.

 

- Poisé, mas fazer o que.

 

- Boruto... Sabe eu te conheço vai fazer anos e até hoje não consegui descobrir, quem é a sua mãe?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...