1. Spirit Fanfics >
  2. Vibrador - NoRenMin >
  3. Bônus

História Vibrador - NoRenMin - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Eu sei que prometi um bônus há quinhentos anos atrás, pra ser sincera, não estou 100% feliz com esse lemon, já fiz melhores, mas foi realmente difícil pra mim escrever um lemon com os três, mas enfim, espero que gostem ao menos um pouquinho.

Capítulo 2 - Bônus


Fanfic / Fanfiction Vibrador - NoRenMin - Capítulo 2 - Bônus

–Eu quero ficar no controle hoje – Jaemin disse interrompendo o selar com Jeno, enquanto Renjun marcava seu pescoço.

–Por mim tudo bem – Renjun disse, levando suas mãos até o abdômen já desnudo do Na enquanto deixava uma mordidinha no lóbulo de sua orelha.

–Por mim também – Jeno disse vendo o Na sorrir. Ele virou e deixou um selar nos lábios do chinês e do Lee antes de se levantar e pegar uma sacola com coisas que tinha comprado.

–Eu planejei uma coisa. – pegou duas algemas, prendendo as mãos de Jeno na cabeceira da cama, aproveitando para passar a mão por seu peitoral e deixar um selar em seus lábios.

–Quando comprou isso? – Renjun perguntou, olhando o conteúdo da mesma.

–Esses dias. Como eu disse, eu planejei algo para fazermos – disse com um sorriso sugestivo. O Huang se colocou no colo de Jeno de costas para ele, rebolando lentamente enquanto beijava Jaemin. Suas mãos se encontravam no pescoço do mais novo em um beijo calmo, enquanto as mãos do Na foram parar na barra de sua camiseta, a tirando e jogando em qualquer lugar do quarto. – Você é tão lindo – disse começando a marcar seu pescoço branquinho. – Vem cá amor – virou o menor de modo que Jeno pudesse ver seu rosto, o tirando de cima do membro do Lee e o colocando entre suas pernas.

Jaemin se ocupou em deixar mordidinhas e chupões no pescoço do mais velho enquanto estimulava seus mamilos com seus polegares, ouvindo seus gemidos manhosos soarem pelo quarto enquanto o Na olhava diretamente para Jeno, claramente o provocando.

–Você gosta assim, hum? – Renjun assentiu com os olhos fechados e a cabeça jogada para trás, apoiada no ombro do menor. Jaemin passou uma de suas mãos pela barriga lisinha do Huang, enfiando a mesma dentro de sua cueca e começando uma masturbação lenta, ouvindo seus gemidos ficando ainda mais alto.

–Jaemin-ah! – Jeno reclamou, o fazendo sorrir.

–O que foi Jeno? – perguntou – É ruim ficar assim não é, não poder se tocar, não poder tocar nenhum de nós – disse aumentando a velocidade de suas mãos ouvindo Renjun gemer mais alto – mas não se preocupe amor, eu não vou ser tão ruim com você. – sorriu tirando a cueca de Renjun – porque você não paga um boquete pro Jeno daquele jeito gostoso que só você sabe? – sugeriu deixando um último selar em seu pescoço, o vendo assentir.

Enquanto Renjun tirava a calça de Jeno o deixando apenas com sua boxer como Jaemin, o Na pegou a sacola procurando um pouco até finalmente achar o anel, e assim que o colocou em Jeno, Renjun começou a chupar o namorado do jeito que ele gostava, ele até tentou levar a mão até a cabeça de Renjun, mas foi impedido pelas algemas.

–Vai ser tão mau com seu hyung? – Jeno disse – Eu deveria te dar umas palmadas por ser um menino tão levado.

–Já estou ansioso – disse tirando sua cueca e indo até Jeno que estava sentado, colocando seu membro perto de sua boca – vai ser bonzinho e me deixar foder sua boca? – perguntou o vendo acenar positivamente.

Jaemin começou lentamente, deixando o maior se acostumar com sua extensão em sua boca, acariciou o cabelo do mesmo aumentando aos poucos a velocidade, os gemidos de Jeno faziam a sensação de ser abrigado pela sua boa ainda melhor. Cansado de enrolação, Jaemin começou a estocar mais rápido, jogou a cabeça para trás e aumentou a velocidade de seus movimentos a medida que se sentia mais próximo do ápice, aumentando também o volume de seus gemidos.

Se virou vendo Renjun entretido enquanto chupava Jeno, seus olhares se cruzaram por alguns segundos, e antes que Jaemin se sentisse perigosamente perto, saiu da boca do mesmo, suspirando ofegante, deixando um selar nos lábios do menor.

–Injunnie – chamou, o vendo parar o que estava fazendo – por que não fode a boca do Jeno enquanto eu te chupo gostoso. Isso é, se o Jeno aguentar. – se virou para o Lee, que negou com a cabeça rindo fraco.

–E alguma vez eu não aguentei? – arqueou uma das sobrancelhas enquanto abria a boca e deixava a língua para fora, já pronto para receber o pau do mais velho na sua boca. Renjun começou a estocar contra a boca de Lee, mordendo os lábios enquanto sentia a boca de Jeno em seu membro, não demorou muito para que Jaemin se colocasse atrás do mesmo, afastando os dois lados e começar a passar a língua em sua entradinha de um jeito extremamente prazeroso.

Renjun era extremamente sensível, assim que sentiu tantos estímulos congelou no lugar, sentia que qualquer movimento faria suas pernas fraquejarem, tanto que apoiou as mãos na parede enquanto gemia alto, sem se preocupar em ser ouvido pelos vizinhos. Jeno começava movimentos rápidos com a cabeça, vendo que a cada segundo as pernas de Renjun tremiam mais.

Jeno desejou estar com as mãos soltas para que pudesse estimular seus mamilos sensíveis também, e parecia que Jaemin tinha lido sua mente, saindo de onde estava para pegar as chaves e soltar as algemas, logo voltando a estimular Renjun ali, agora Jeno estimulava seus mamilos com seus dedos.

–Ah... D-droga – o menor disse – e-eu vou gozar... – disse com a voz baixa quase como um sussurro, logo chegando a sensação gostosa de um orgasmo, mas mesmo depois de gozar, Jaemin não parou de foder o menor com seu musculo molhado enquanto Jeno, embora tivesse diminuído a velocidade ainda pagava um boquete para si, prolongando a sensação – C-chega... Eu não aguento... – jogou a cabeça para trás gemendo alto, seu membro ainda estava duro e Renjun sentia que suas pernas finalmente cederiam, e teriam feito caso os braços de Jeno não estivessem o segurando pela cintura.

–Deita pra mim amor – Jaemin disse – nós vamos cuidar bem de você – sorriu para o menor, que tinha a respiração ofegante.

Jaemin tinha seu corpo sobre o de Renjun, estava de quatro, o que facilitou para Jeno levar seu rosto até a entradinha do na o fazendo gemer entre o beijo.

Renjun ainda estava sensível, e se aproveitando disso, Jeno se levantou para pegar o lubrificante, colocando uma boa quantidade em seus dois dedos começando a penetrar um dedo em sua entradinha enquanto voltava a estimular Jaemin com sua língua.

O ósculo dos dois agora era uma grande bagunça de gemidos, por isso Jaemin passou a deixar chupões no pescoço de Renjun, enquanto o mesmo o abraçava, gemendo perto de seu ouvido.

Assim que viu que Jaemin estava pronto, pegou um pouco mais do lubrificante, colocando nos outros dois dedos e penetrando os dois de uma vez só com Jaemin o fazendo gemer alto pela surpresa, enquanto penetrava o segundo lentamente em Renjun, continuando com movimentos lentos para não machucar o menor.

Depois de Renjun estar confortável, Jeno movia as duas mãos com rapidez querendo dar ainda mais prazer aos dois, Jaemin agora rebolava, não apenas pelos dedos de Jeno, mas para estimular o membro de Renjun e o seu também.

–Quem você quer primeiro amor? – Jaemin perguntou. Renjun normalmente o escolhia, já que Jeno era muito grosso, e Jaemin o preparava bem para recebe-lo melhor, mas ainda assim, eles sempre perguntavam.

–Eu quero você Nana. – Jaemin se levantou para pegar duas camisinhas, entregando a outra para Jeno. Cobriu seu membro com a mesma, depositando uma boa quantidade de lubrificante ali, e lentamente se introduziu em Renjun.

Como já dito, Jeno não era exatamente o tipo delicado, então Jaemin não esperava uma penetração lenta como fizeram em Renjun, pelo contrário, Jeno se enfiou de uma só vez dentro de si, mas ficou parado o deixando se acostumar.

–N-Nana – Renjun chamou – pode se mexer – disse baixinho. Jaemin começou lentamente, sentindo de um lado o membro de Jeno em si, e à sua frente, o interior quente de Renjun o esmagando.

–Droga – O Na sussurrou, jogando a cabeça para trás, encostando no ombro de Jeno, esse que estava parado, deixando Jaemin no controle. – Tão bom.

–Posso me mexer também? – Jeno perguntou em seu ouvido, deixando alguns chupões em seu pescoço. – Você é tão gostoso – desceu os selares para o seu ombro – Quando vai me deixar tirar esse anel? Ou prefere me chupar depois até eu gozar na sua boquinha? – Jaemin riu negando com a cabeça.

–Anda logo com isso Jeno. – O Lee se ajoelhou, começando estocadas mais intensas e fundas fazendo o corpo do Na impulsionar para frente, indo mais fundo em Renjun, vendo o menor se abraçar Jaemin e aproveitando para arranhar suas costas, escondendo o rosto na curva de seu pescoço.

Não demorou muito para que pegassem o ritmo, e que os gemidos dos três pudessem ser ouvidos pelos vizinhos, mas não era como se importassem com isso.

Jaemin tentava ao máximo ser mais carinhoso com Renjun, enquanto Jeno não se importava em ser delicado com Jaemin, pois sabia como ele gostava de quando era mais intenso.

Foram depois de mais algumas estocadas que Renjun se desfez, esse que já estava mais sensível graças aos seus estímulos anteriores.

Jaemin saiu de dentro do mesmo, e agora sim Jeno o fodia com força e mais rápido que fazia antes, Renjun, que ainda estava debaixo de Jaemin o beijava enquanto masturbava rapidamente o membro do Na até que ele viesse em sua mão, chamando pelos nomes dos dois.

Jeno se deitou na cama, Jaemin e Renjun estavam entre suas pernas, e foi depois que o Na tirou o anel de Jeno que eles puderam pagar um boquete para o mesmo. Renjun foi o primeiro a colocar o membro de Jeno na boca, enquanto Jaemin passava sua língua pela extensão do mais velho o masturbando rapidamente com as mãos, até que ele finalmente viesse, sujando o rosto dos dois.

–Eu sabia que não seria tão malvado. – Jeno disse fazendo o Na revirar os olhos.


Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...