1. Spirit Fanfics >
  2. Vício >
  3. 07. Chapter seven: contrato

História Vício - Capítulo 7


Escrita por: OtakuBaka99

Notas do Autor


Krai eu demorei bastante né KKKKKKK tava muito focada em one shot lawlu, mas finalmente cheguei aqui feliz da vida kajdkwkdkskd

Eu espero que gostem
E boa leitura

Capítulo 7 - 07. Chapter seven: contrato


Quando menos esperavam — ou talvez já desejassem isso a um tempo —, seus corpos se chocavam um contra o outro num ritmo rápido, carente e necessitado. Zoro apertava bem a cintura de Sanji, com certo receio de deixá-lo escapar de suas mãos enquanto o fodia com vontade.

Sanji soltava sua voz em um gemido alto e gostoso que fazia o esverdeado ter seu pau duro dentro de si, gemendo baixo toda vez que seu interior se fechava nele. 

Zoro passou a deixar mais marcas de mordidas no pescoço de Sanji, como um ato possessivo onde dizia que aquele rapaz era seu e ninguém poderia tocá-lo da mesma maneira que Zoro. Sorriu ao escutar seu nome ser chamado em meio a vários gemidos que inundavam aquele lugar, gemidos esses direcionados apenas para Zoro.

Com as mãos grandes passou a masturbar o membro enrijecido de Sanji ainda intocado, com a intenção de gozarem juntos — visto que ele já estava no limite após três fodas daquela —, aumentando a velocidade das estocadas e dos gemidos.

Em segundos, ambos se aliviaram. Sanji na mão de Zoro e no seu próprio abdômen e Zoro no interior de Sanji, que parecia tão satisfeito com o que fizeram que soltou uma risadinha.

Aquele dia em questão não estava sendo um dos melhores para o loiro e depositar toda sua frustração numa foda, havia feito ele relaxar mais. Afinal, Zoro estava ali com ele, certo? Ele tinha Zoro e Luffy para apoiá-lo, e não precisava de mais nada.

Quando Zoro de dentro de si deitou-se ao seu lado no colchão, fez questão de olhar nos olhos azuis marinhos do loiro e certificar-se se estava tudo bem. Ele sorriu ao ver o rapaz sorrindo para ele e fechou os olhos cansados, abraçando o corpo do outro e adormecendo em segundos.

Mas Sanji não conseguiu dormir naquela noite.

(...)

No trabalho, eram mil e umas maravilhas.

— Ace, fica longe do fogão! Já disse pra você ir preparando os sucos da mesa 12 e não para enfiar a sua mão suja na panela! — Sanji era quem comandava a cozinha com seus novos membros, e aquele lugar era um caos sem ele.

Luffy ficava na recepção e atendendo os clientes pois assim era mais fácil deixá-lo longe de desastres — afinal, o garoto do chapéu de palha era mestre em desastres — e Sanji estava se questionando quem era pior, já que o irmão do mesmo também não era a pessoa mais comportada do mundo, apesar de ser mais velho que eles.

Law era calado e o sabe-tudo. Ele conseguia fazer de tudo um pouco e ajudava Sanji consideravelmente com absolutamente tudo que envolvesse a cozinha e o loiro agradecia aos céus por ter pelo menos uma alma consciente dentro daquela cozinha.

Já Zoro, era um caso à parte. Gostava dele na cozinha pois ele sabia manusear uma faca muito bem e fazia cortes impressionantes que ajudavam sim na composição de um prato bem feito, mantê-lo por perto era essencial, não só por sua incrível habilidade com facas, mas também por estarem envolvidos num relacionamento estranho onde nenhum dos dois se atrevem a se separar.

Zoro não era nada útil na cozinha, porém ele tinha seus pontos fortes e apesar de atrapalhado, aprendia rápido.

A única coisa que desconcentrava Sanji do trabalho, era o contato visual e os olhares predadores de Zoro em si, como se ele fosse um pedaço de carne que estivesse afim de experimentar mais de uma vez.

Aquilo deixava Sanji nervoso.

— Marimo idiota, termina de cortar esses cubos de queijo agora! Não fica me olhando assim… — corou e disse a última parte um pouco baixa, apenas para o esverdeado escutar.

— Certo, certo, Cook! Mas não me peça pra fazer algo que não consigo resistir. — ele sorriu com a provocação vendo o rosto do loiro avermelhar-se. 

Sanji desferiu um chute nas pernas do moreno e se afastou irritado — e com muita vergonha — voltando a misturar seja lá o que na panela. Estava perdendo o foco!

Law e Ace, desde o começo perceberam a tensão sexual que aquela cozinha transmitia, às vezes, por causa de aqueles dois. Certa vez Ace até teve receio de imaginar e comentar sobre Sanji e Zoro terem transado naquela cozinha em algum momento onde ainda não trabalhavam ali, mas foram refutados por Luffy — que estava por perto — que eles não se conheciam tempo o bastante para saírem transando em todo lugar.

Ace fez uma careta indignada para o mais novo e Law se limitou a rir, suportando a presença exageradamente alegre daqueles dois.

Algo que rendeu ainda mais mini explosões de raiva, já que Law raramente escondia o que sentia para aqueles dois em questão.

Vinsmoke suspirou e gritou novamente para todo mundo voltar ao trabalho e que ele daria uma volta rápida para se acalmar, estava se sentido estranhamente ansioso. 

Todos concordaram e ele saiu da cozinha, indo para o beco onde costumava fumar fazer justamente isso, porém se lembrou do acordo que fez com Zoro. E ele não tinha cigarro. Não teve escolha a não ser chupar o pirulito que estava no lugar do cigarro, na intenção de acalmar seus nervos, mas nada.

Chupou três pirulitos inteiros e nada. Já estava abrindo o seu quarto pirulito quando Zoro aparece, observando ele na batente da porta, sério.

— Pensei que fosse fumar.

— Eu não tenho cigarro agora, Zoro. — chamou o moreno pelo nome e se limitou a sorrir, novamente sentido aqueles olhares ferozes em si.

— E os pirulitos deram certo? Já tem um tempo que você saiu. Está tudo bem? — ele se aproximou lentamente do loiro e encostou na parede, ao seu lado.

Sanji suspirou, não tinha porque esconder o que sentia para Zoro que estava ali ajudando-o a superar seu vício e quem sabe, seus maiores problemas causadores deles.

Além de transarem, ele dormiu mal a noite, pensando se era realmente o certo ter desafiado o pai e ir contra suas vontades. Ele queria saber se era realmente certo estar com Zoro naquela situação tão delicada que o fazia sentir medo de assumir qualquer tipo de relacionamento com o moreno, pois no fundo tinha medo da reação das pessoas.

Estava aflito por dentro e tão expressivo e demonstrativo por fora, que Zoro percebeu o desconforto do outro. Sanji estava confuso e talvez com medo, tanto que suas mãos suavam, seu corpo estremecia e suas pupilas dilataram. Estava ansioso. Sentia falta de ar.

Ele não sabia como Zoro se sentia em relação a ele e não sabia como deveria lidar com o resto de seus problemas nos próximos dias sem parecer acabado e derrotado. Sanji estava à beira de um surto.

Mas um único abraço foi o bastante para que ele se sentisse em casa e seguro. Abraçou Zoro com força e tentou ao máximo segurar o choro, não queria demonstrar sinais de fraqueza e naquele momento, ele se sentia fraco. Zoro foi compreensivo e acariciava as costas do loiro a fim de confortá-lo. Era tudo o que precisava agora, conforto e compreensão.

— Está tudo bem… — Zoro falou baixinho, mesmo que pouco confiante, não era confiança que gostaria de passar para Sanji agora. — Você quer algo? Eu posso te trazer água, cerveja… qualquer coisa.

— Um beijo! — Sanji respondeu com a voz embargada, como se desejasse chorar. — E-Eu não sei ao certo, mas tudo o que eu quero de você agora, Zoro, é um beijo.

Olhou no fundo dos olhos castanhos escuros que examinaram a expressão nervosa de Sanji ao dizer aquilo, ele estava confuso, mas convicto. Zoro deu um pequeno sorriso e segurou ambas as bochechas de Sanji, deixando um pequeno selar em sua testa.

Mesmo que aquilo não correspondesse à expectativa de "beijo" do loiro, foi o suficiente para que sua respiração suavizasse. Seu coração estava calmo, ele se sentia até mais leve. Aquilo foi uma reação inesperada, mas ele não quis pensar tanto naquilo.

— Se sente melhor agora? — perguntou o outro ainda preocupado. Sanji sorriu e voltou a abraçá-lo, como se aquilo fosse depender de toda sua vida.

— Sim… vamos voltar! Luffy deve tá surtando no salão e não duvido nada que o Ace tenha posto fogo em tudo. — ele riu sem graça, vendo o outro rir também.

Voltaram juntos, mas separados. Sanji se sentia um pouco melhor e Zoro aliviado por isso, e foram "bem" recebidos pelos colegas de trabalho. Luffy estava correndo para todos os lados com os pedidos, ao que parecia, havia se perdido com o número das mesas e como havia previsto, Ace colocou fogo no fogão.

— Mas que porra é essa? Eu só saio por alguns minutos e vocês já estão destruindo a lanchonete? — exclamou irritado, colocando a mão na testa. — Vocês são uma vergonha!

— E você acha fácil cuidar do caixa e das entregas de pedidos ao mesmo tempo? — Luffy perguntou emburrado enquanto corria até a mesa 2 para entregar o pedido certo, que outrora estava na mesa 12. Confusão de números.

— Antes era pior só com nós dois, porque com mais gente parece ter virado o inferno? — murmurou.

— Como eu vou saber, Sanjin! — gritou do outro lado do salão. A cena era cômica e nada estranha naquele ambiente. 

Em outros casos, os clientes iriam parar de frequentar aquele lugar por causa daquilo, porém eles sempre voltavam e se divertiam com os casos mal resolvidos dos funcionários daquele lugar. Não era desagradável.

A surpresa veio depois que uma jovem ruiva entrou na lanchonete que estava uma zona, observando a situação dos rapazes. Ela olhou para Luffy que entregava mais dois pedidos e voltava para o caixa para atendê-la, e aquilo fez seu sorriso aumentar.

— O q-que deseja? — perguntou ofegante.

Ela se debruçou na bancada olhando diretamente para Luffy como se quisesse seduzi-lo — algo que não estava funcionando — e com a voz manhosa, fez seu pedido ousado.

— Me chamo Nami e gostaria de trabalhar como caixa aqui. — ela sorriu travessa. Sanji podia jurar que havia se apaixonado, mas assim que olhou para o moreno ao seu lado, ele confirmou sua teoria.

E sem pensar duas vezes…

— Só anda logo, minha bela senhorita! 

Falou educado vendo o sorriso da outra aumentar. É, havia entrado mais uma para o bote quase inundado pela água.



Notas Finais


Então KAKKSSK eu gostei desse cap, a história tá tomando rumo :)

E eu gostaria de perguntar uma coisinha pra vcs

Segundo fontes, amanhã é o dia dos lawlu (06/06) e eu particularmente não sabia que alguns shipps tinham data, igual narusasu (03/08), então sei lá, se alguém souber, poderiam me dizer se zosan tbm tem?????

É bem aleatório esse rolê kajxkwnkdkwkske mas eu fiquei curiosa, se tiver de outros shipps que conhecem (não precisa ser só de OP) me digam pfvrrrrr kskss brigada


Bom, acho que é isso
Espero que tenham gostado
Até a próxima
Kisus de purpurina~♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...