História Victor(ia) - Neagle - REESCRITA - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Meghan Trainor, Neagle, One Direction, The Wanted, Zayn Malik
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Gabriel "Neox" Soares, Harry Styles, Jay Mcguiness, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Max George, Meghan Trainor, Michael Clifford, Nathan Sykes, Niall Horan, Personagens Originais, Siva Kaneswaran, Tom Parker, Victor "Eagle" Trindade, Zayn Malik
Visualizações 41
Palavras 1.417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - Victor(ia).


Fanfic / Fanfiction Victor(ia) - Neagle - REESCRITA - Capítulo 17 - Victor(ia).

Eagle POV

Eu me sentia estranho, mais que o normalmente. Do nada a minha pele começava a coçar, eu estava meio bipolar, eu tinha ataques de ansiedade do além... Eu nem sabia do porquê de eu estar ansioso.

Já vai fazer um mês desde que eu voltei pra casa. Eu até já voltei pra escola, na verdade eu passava a manhã inteira numa sala à parte com alguns professores me ensinando a matéria que eu tinha perdido e eu conseguia entender facilmente. O que era um milagre, porque eu nunca conseguia entender as coisas de primeira.

Além de passar a manhã inteira estudando eu já tinha perdido as contas de quantas provas e trabalhos eu já tinha feito. É incrível o tanto de coisa que conseguem passar em dois meses e meio. Eu ainda não ficava na sala de aula com o Neox, por causa que eu precisava recuperar a minha nota.

Eu também já tinha voltado a sair com a galera do pão doce. A minha mãe disse que eu podia ser sequestrado de novo e eu simplesmente disse que um raio não cai no mesmo lugar duas vezes. Depois de uma discussão de mais ou menos uma hora ela me liberou geral.

Eram 19:21 de uma sexta-feira e eu estava me entupindo de pipoca assistindo Marley e Eu com a minha irmã. Eu não chorei nesse filme, não... Só tem um novo oceano passando pela minha sala. Que foi? Vai dizer que nunca chorou um oceano nesse filme?

Eu estava abraçando o saco de pipoca enquanto via o John falar as últimas coisas para o Marley, quando o meu celular começou a tocar. Funguei um pouco e atendi o celular.

- Alô?

- Eagle você tá chorando? – ... Neox.

- Estou assistindo Marley e Eu – falei e ouvi ele dar uma risadinha.

- Você está chorando por causa de um filme? Tenha dó Eagle é só um filme – ele falou e eu limpei algumas lágrimas que insistiam em escapar.

- Mas o filme é baseado em fatos reais – falei e a linha ficou muda por uns 20 segundos.

- Mudando de assunto. Vamos sair? – ele perguntou animado e eu suspirei me levantando do sofá e entregando o pacote de pipocas para uma Anny chorando um mini oceano.

- Pra onde? – perguntei subindo as escadas e indo para o meu quarto.

- Tem uma balada rolando aqui no centro – ele falou enquanto eu procurava a minha camiseta cinza.

- Você já tá no centro? – perguntei puxando uma calça jeans preta do meu guarda-roupa.

- Já, você acha que eu vou ficar em casa numa sexta-feira à noite? – ele perguntou rindo.

- Sei lá, milagres acontecem – falei pegando os meus Vans pretos.

- Me encontra no London Eye e nós vamos juntos pra lá. O Zayn e o Ashton já estão lá – ele falou calmamente.

- Beleza. Tchau Neox – falei encerrando a ligação.

Em menos de 10 minutos eu já estava pronto. Peguei o meu celular, a minha carteira e desci as escadas. Eu já estava abrindo a porta de casa quando...

- Aonde você vai? – minha mãe perguntou enquanto colocava outro filme para elas assistirem.

- Vou numa balada lá no centro, não se preocupe vai todo mundo – falei e ela veio até mim.

- Tudo bem, só não volte bêbado e principalmente... Volte – ela falou beijando a minha bochecha.

- Mãe eu vou para uma balada, não para a guerra. Tchau – falei beijando a bochecha dela e saindo.

Fui andando até o ponto de ônibus. Afinal, se o Neox já estava lá no centro provavelmente o carro dele também estava lá. Em poucos minutos eu já estava na frente do London Eye.

- Tá gostoso hoje – falou uma voz masculina atrás de mim... Neox.

- Quando eu não estou querido? – perguntei abraçando ele.

- Vamos? – ele perguntou.

- Vamos – falei seguindo ele.


Neox POV

Já se passaram 3 horas desde que chegamos. A música alta perfurava os meus tímpanos, acho que perfurava os de todo mundo, as luzes piscavam em uma sincronia incrível. Hoje eu apresentei o Eagle ao Ashton, os dois se deram super bem... Até bem demais.

Estou se olho em você Ashton... Apenas observo.

O Eagle estava arrasando na pista de dança, eu me levantei e fiquei dançando com ele enquanto Ashton contava quantas doses Zayn conseguia beber em menos de um minuto. Ele colou o corpo dele ao meu e chegou bem perto da minha orelha. Eu senti todos os pelos do meu corpo se arrepiarem.

- Neox aonde é o banheiro? – ele perguntou. Porra! Eu pensei que ia sair algo do tipo: "Vamos sair daqui' "Acho que eu estou afim de você", mas não... Banheiro.

- Vem – peguei a sua mão e sai puxando ele pela multidão.

Depois de pisar no pé de umas 20 pessoas chegamos ao banheiro. Agora, olhando direito para o Eagle ele estava meio verde. Entrei no banheiro junto com ele. Assim que ele pisou no banheiro ele foi correndo para uma cabine, ele ainda a esqueceu aperta.

- Cara você tá bem? – perguntei indo lentamente até a sua cabine, que era a última.

Ouvi uns grunhidos e senti o cheiro forte de vômito. Os grunhidos se juntaram a alguns gemidos de dor. Tinha alguma coisa errada. Pude ver seus pés se mexerem constantemente por aquele espaço entre a porta e o chão.

- Eagle? – o chamei, mas ele não me respondeu.

Assim que cheguei na porta da sua cabine, vi um corpo encolhido com a cabeça em direção ao vaso. Eu só conseguia ver as costas dele. É impressão minha ou parece que as roupas dele estão mais folgadas?

- Eagle? – chamei.

Ele se sentou no chão e virou para mim... Não pera! PUTA QUE PARIU! Eu olhei para ele (?) boqueaberto, não pode ser! Eu não conseguia acreditar no que estava vendo... Desde o seu sequestro Eagle estava diferente, eu já tinha percebido isso.

- Eagle? – o chamei agora com medo.

- O que foi Neox? – a sua voz não estava igual, estava mais fina e feminina.

- Aaaaaaaaah!! – dei um berro aterrorizado e ele (?) se assustou.

- O que foi? O que foi? – ele (?) perguntou sem entender nada.

Peguei ele pelo braço e o levei até onde tinha um enorme espelho. Assim que ele viu a imagem da garota que eu estava vendo refletida no espelho nós nos entreolhamos com os olhos arregalados.

- Aaaaaaaaah!! – nós dois gritamos.

- Aaaaaaaaah!! – nós dois gritamos de novo só pra testar a garganta.

- AAAAAAAAAH!! – ele berrou aterrorizado.

Ele olhava para o espelho e tocava seu rosto não acreditando naquilo. Do nada ele se dá um tapa muito forte. Depois outro e outro. Virou sadomasoquista agora também?

- Porque está fazendo isso? – gritei. Quando eu entro em pânico eu começo a gritar.

- Vai que é um sonho! Vai que estamos drogados! Vai que estamos em coma! – gritou se estapeando.

Como eu estava em pânico comecei a me estapear também. Vai que é um sonho mesmo! Não pode ser! Isso não é possível!

- Não está funcionando! – gritei em pânico. Ele (?) se virou para mim e me deu um tapa forte no meu rosto – Porque você fez isso?! – gritei.

- Eu não sei! Vai que se eu te bater eu volto ao normal?! – berrou em pânico.

- Se acalma! Fica calmo! Fica calmo! FICA CALMO CARALHO! – perguntei bagunçando os meus cabelos.

- Eu não consigo ficar calmo com você gritando! – gritou de volta bagunçando os seus cabelos agora compridos.

Cinco segundos depois entraram dois seguranças no banheiro. Nós nos entreolhamos e eu suspirei.

- A sua namorada não pode ficar aqui! Vamos! Saiam os dois! – o segurança que era do tamanho de um guarda-roupa falou e o Eagle engoliu a seco.

Não falamos nada, apenas saímos do banheiro. Eu olhei para ele (?) que estava meio que hiperventilando.

- Eagle se acalma – falei abanando o seu rosto que estava começando a ficar vermelho. Quando ele ia falar alguma coisa fomos interrompidos pelo Ashton. Ele estava segurando (lê-se: arrastando) um Zayn meio inconsciente.

- Neox desculpa atrapalhar, mas a gente tem que levar o Zayn embora – ele falou sério.

- Tudo bem, vamos? – perguntei e ele assentiu.

- Espera cadê o Eagle? – ele perguntou e eu suspirei.

- Te conto no carro, vamos! – falei puxando o Eagle comigo.

- Quem é ela? – ele perguntou arrastando o Zayn para mais perto de si.

- O carro também te conto – falei e Eagle sorriu para o Ashton.

- Tá bom! Tá bom! Vamos pro carro logo então – falou seguindo na frente.

Olhei para o Eagle e ele sorriu do lado de mim. Incrível ele fica lindo até de mulher! Dei um beijo no canto de seus lábios e sussurrei em seu ouvido:

- Vamos achar um jeitinho de te transformar de volta – falei e ele (?) sorriu.

É Gabriel, temos um problema gigantesco em nossas mãos!


Notas finais <3


Notas Finais


Entãaaaao? O que acharam?
O Eagle virou uma menina, uhu \o/ o que dizem a cerca do assunto?
Okay, vou parar pq já é o quarto que posto hj, ME AMEM u.u
Já tenho por volta de uns 5/6 caps prontos, querem que eu faça att dupla amanhã?
A foto da mídia é o Victor, bjs 😂❤
Beijão, nos vemos no próximo capítulo ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...