História Victuri!!! On Music


Escrita por: ~


Sinopse:
Victor Nikiforov é um pianista mundialmente famoso. Rico, lotado de mimos e com o coração de um vazio imensurável, leva uma vida completamente de aparências. Uma vida cheia de luxo, com estresse, depressão e traumas de infância. Após uma pausa na carreira por conta de problemas pessoais, sua vida gira 360 graus após conhecer um estudante de piano...
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 52.790
Favoritos 578
Comentários 1.165
Listas de Leitura 88
Palavras 139.609
Terminada Sim
Categorias Yuri!!! on Ice
Tags Mila Babicheva, Personagens Originais, Victor Nikiforov, Yakov Feltsman, Yuri Katsuki

Fanfic / Fanfiction Victuri!!! On Music
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Il prologo
14
2.274
681
 
2.
Da Capo
10
1.842
1.137
 
3.
Introduzione
13
1.748
1.004
 
4.
Adagio
19
1.775
1.388
 
5.
Andante
18
1.652
1.537
 
6.
Allegro
19
1.519
1.324
 
7.
Ritornello(parte 1)
13
1.373
1.430
 
8.
Ritornello (parte 2)
20
1.315
1.077
 
9.
Andantino
12
1.322
985
 
10.
Pesare
12
1.317
1.557
 
11.
Dolce
15
1.301
1.130
 
12.
Cantabile
17
1.267
1.225
 
13.
Punto di connessione.
19
1.272
1.168
 
14.
Scuro
17
1.245
1.304
 
15.
Pesante
19
1.213
1.681
 
16.
Riunione
18
1.200
1.362
 
17.
Moderato
18
1.199
1.544
 
18.
Innamorato
24
1.196
1.293
 
19.
Protezione
21
1.215
1.794
 
20.
Amore sigillato
21
1.247
1.858
 
21.
Decisione
22
1.135
1.423
 
22.
Gelosia e di passato(parte 1)
13
1.040
1.665
 
23.
Gelosia e di passato(parte 2)
22
1.036
1.476
 
24.
Rilascio ed esposizione
21
1.015
1.363
 
25.
Avvoltoi disgustoso
27
959
2.309
 
26.
Rivolta
25
923
1.776
 
27.
Distorsione e il desiderio
39
977
1.631
 
28.
Guarigione e di incontro
24
940
3.368
 
29.
Vere intenzioni
40
964
2.887
 
30.
Confessione e la consegna
27
962
4.458
 
31.
Fiducia
35
1.067
4.170
 
32.
Oscurità
30
871
3.811
 
33.
Al salvataggio
37
866
3.817
 
34.
Persecutore
41
833
3.464
 
35.
Demone
30
808
2.488
 
36.
Libero da sensi di colpa
28
834
4.088
 
37.
Piani e le rapimento
31
831
5.317
 
38.
Frustrazione
25
755
5.296
 
39.
Tormento e l'intelligenza (parte 1)
21
635
3.602
 
40.
Tormento e l'intelligenza (parte 2)
27
789
3.527
 
41.
Andiamo! Affrettatevi!
28
646
5.623
 
42.
L'inizio della fine
28
627
3.790
 
43.
Alla redenzione di un padre?
35
731
7.584
 
44.
Mensagem da Autora
27
618
731
 
45.
I traumi e il superamento (parte 1)
25
681
6.091
 
46.
I traumi e il superamento (parte 2)
22
635
5.964
 
47.
Vendetta
24
570
6.393
 
48.
D.C. al fine
20
520
4.959
 
49.
Finale
24
543
6.890
 
50.
All'epilogo
28
487
3.169

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~strangebirdy
Capítulo 50 - All'epilogo
Usuário: ~strangebirdy
Usuário
Não vou dizer que estou chorando agora porque faz horas que li esse capítulo, mas no momento em que eu estava lendo realmente fiquei emocionada. Na minha opinião você nunca abusou tanto dos feels, mas acho que só eu mesmo que estou pensando assim porque sou viada :') Então deixa eu surtar agora (...) É O ÚLTIMO CAPÍTULO DA FANFIC QUE EU AMO TANTO!!! Eu nunca vou cansar de dizer que sentirei saudades, e eu espero que essa estória ganhe cada dia mais reconhecimento, pois tu merece demais mulheeerr!! E que tudo o que você escrever seja muito bem reconhecido também. Então, sobre o epílogo, eu já amei só de ver o preview, inteiro então nem tenho palavras. Só vou resumir, eu amei. Apesar do Yurio não ser dos meus favoritos, esse jeitinho rebelde dele me faz amá-lo rsrs. Foi uma ótima escolha incluí-lo, combinou direitinho. AAAHH gritos internos!! Yuri, Yurio e Vitya juntos são o melhor trio, só não ganha de nós (eu, você e a Emy uahuashua) Olha, eu sou lerda e depois a gente vai ter que conversar sobre a mensagem que tu tentou passar, mas eu acho que entendi XD só posso dizer que Vitya arrasou com as palavras, isso fez com que eu me sentisse ainda mais cheia dos feels 😍 não é novidade que Yuuri arrasa sempre com os discursos lacradores dele. E por falar nisso, adorei os apelidos do Yurio, como tu mesma disse, tal pai tal filho né? Múmia foi o melhor, eu ri disso. Yurio passou por muito perrengue, ele é guerreiro, é um homão da porra que nem os papais, por isso amo esses três. Deixei um detalhe passar despercebido no outro cap, Music and love foi genial, aaaaahhh tu é foda, adorei. Mila grávida, que lindo, quero ver esse bebê haha. Enfim, eu quero fazer o último comentário da fic com muitos feels, e se estou comentando aqui e agora, a razão é você. Lembra que eu te disse que quando comecei a acompanhar eu não tinha conta e tals? Então... Inclusive criei junto com a Emilly, e a gente ia sempre no pv surtar por isso. Quem diria que nos tornaríamos​ amigas? *Olhar de Hanji Zoe* e apesar de tudo o que houve continuamos juntas e que para sempre assim seja, eu amo vocês ❤ Vi o comentário da Emy ali, até pensei que era outra pessoa e fiquei com ciúme porque tu chamou de "meu bebê" e.e mas depois lembrei que é a Emilly rsrs. É isso por enquanto, obrigada por nos motivar a criar uma conta, mesmo sem saber disso kkjjk. Estou honrada de ter te acompanhado desde a sua primeira escrita, porque eu sei que tu não vai parar agora, e suas duas migonas irão te acompanhar em tudo. Vou aguardar ansiosamente pelo spin e tentar ser a primeira a comentar, nem que seja pra um oi hehe. Parabéns pelo epílogo e por todos os leitores que conquistou até agora e ainda irá conquistar, vou ficar deprê sem uma notificacão de Victuri on music, a minha fanfic favorita e que já ocupa um bom espaço no meu coração. Chega de viadagem por enquanto né? tô indo nessa. Amo você, beijos e se cuida.
Postado por ~Hiyori_Masamune
Capítulo 50 - All'epilogo
Usuário: ~Hiyori_Masamune
Usuário
Amiga Domo😘😘

Acordei às 5 da manhã por causa da Alice e que alegria eu senti ao olhar para o celular e ver a notificação da fic kkkkk. Tive que recusar a vontade de voltar a dormir afinal a ansiedade de ler esse capítulo foi maior que o sono que eu sentia kkkkk. E aqui estou eu encantada com esse desfecho.

Bom eu não podia está mais feliz pelos pais que nossa fadinha russa conseguiu, Yurio foi vítima de muita coisa na Rússia mas felizmente conheceu as pessoas certas para cuidar dele. Morriiiiiiiiii com ele chamado nosso lindo stalker de múmia 🤣🤣🤣🤣. Dimitri com certeza é a múmia mais sexy e linda que existe.


Outro fator importante para mim é ver como o Victor realmente está melhor, esses 5 anos fizeram ele fechar de vez velhas feridas e seguir em frente.
O Music And Love dos dois foi o toque final mais perfeito que poderiam ter, calaram o mundo com seu talento e determinação e sobretudo coragem para superar seus traumas e seguir em frente.

Aaaaaaaahhh 9 anos juntos e o coração do Vitya ainda dispara e ele sente borboletas no estômago quando ouve a voz do Yuri, o amor deles é perfeito 😍. E como Victor disse são metades um do outro não apenas na música mas na vida em si.
Adorei cada parágrafo, mas bateu aquela nostalgia de saber que foi o último.
Obrigada por nos proporcionar uma história tão cheia de desafios e superação.
Victuri on Music vai deixar saudade, mas ela cumpriu seu papel de nos mostrar que podemos superar nossos medos com amor e determinação 😉
Postado por ~PersonaDeath
Capítulo 50 - All'epilogo
Usuário: ~PersonaDeath
Usuário
O que dizer dessa maravilha que me cativou, me arrancou suspiros, lágrimas e sorrisos iluminados? Não é sempre que se encontrar histórias que possam servir de inspiração para as pessoas. Sabe, eu aprendi muito com Victuri on music. Superação e Amor. Duas palavras tão bonitas e tão cheias de significado. É verdade que eu nunca passei por traumas como os personagens da história, é verdade que eu nunca presenciei tragédias como essas que foram contadas de forma intensa e muito bem trabalhadas. Entretanto, assim como Yuri, Victor, Yurio, Dimitri e outros que passaram por momentos difíceis, eu também preciso superar muitas coisas. Preciso superar a pessoas que me tornei hoje (já que não me sinto bem um pouco orgulhosa dela), preciso superar meus demônios que insistem em me dizer a todo instante que eu não sou o suficiente para ninguém. E acima de tudo eu preciso arrancar esse ódio que eu tenho de mim mesma e começar a me amar, mesmo que seja aos pouquinhos. Muitas coisas aconteceram ao longo dos meus quase 19 anos, coisas essas que contribuíram para essa confusão que eu me tornei. Sabe flor, são histórias como a sua que me fazem querer acreditar que as coisas terminarão bem, que posso conseguir o que eu quiser com esforço e dedicação. E eu agradeço de coração por você possuir um talento tão maravilhoso, e eu espero que assim como a sua escrita está me ajudando a pensar com mais carinho em mim mesma que ela possa alcançar ainda mais pessoas.

Você é incrível florzinha, continue assim é não mude por ninguém, apenas por aí mesma. Eu agradeço por me permitir ler essa obra de arte ❤❤❤❤

E só para não perder o costume: #SermitriParaSempre ❤❤ #ILoveVicturiOnMusic ❤😍
Postado por ~KadamiChan
Capítulo 49 - Finale
Usuário: ~KadamiChan
Usuário
Menina, eu estava sem computador né. Por isso não tenho comentado muito em fics aqui, e nem em nada do qual EU SEI (rs) que eu vou me estender muito como é de praxe. Só tenho lido pelo cel e lá n dá pra comentar direito, mas aí recebo uma notificação tipo assim: "Finale" COMASSIM??? rs *Corre pra comentar antes que ela termine rs
Gente, eu tô me sentindo uma tia que viu os sobrinhos crescerem (posso? rs).Parece que foi ontem que vi essa fic linda sair do forno. Que apreciei, acompanhei, favoritei e gamei kkkk *vergonha, mas pq não? Sua história cativou e prendeu minha atenção por todo o caminho até aqui e agora, é seu "finale" que se aproxima.

Depois dessa introdução mega dramática rs Vou começar a comentar os caps massss posso falar?? O que eu quero mesmo dessa vez é falar daquele, o cap que eu fiquei azul pra comentar desde que eu li.... O CAP DO POV DO DIMITRI!!! kkkkkkkk Geez! Você não imagina como eu fiquei ao termino dele! Eu estava tão elétrica! Eu não estava esperando tanta bomba (ou melhor, esperar eu esperava né, mas estar preparada é outra história rs). Confesso, não fiquei com medo do Dimi..fiquei com medo de você! kkkkkkk Brincadeira! Mas fingindo que sou uma pessoa normal com capacidade analítica o suficiente para começar a pontuar este cap, antes, eu preciso saciar a minha curiosidade.. Você já viu o filme "Doce Vingança"? rs Esse é pros fortes. Acho que o Dimi se inspirou nele rs
Vamos lá. Eu confesso que já imaginava que a tortura do Demônio iria envolver de meios sexuais para atingi-lo. Mas nem por um momento, imaginei que poderia passar pela cabeça do Dimi usar de afrodisíacos para que ele "gostasse" da experiência! É doentio da minha parte se eu confessar que achei isso genial?? rs Eu sempre me perguntei, como você faria para quebrar o personagem, alguém que é tão preconceituoso e cego em relação a sua crença e ódio por todos os que considera menores e indignos que pra mim, mesmo se ele passasse, o que já sabia que ele iria passar, isso seria pouco. Porque ele poderia até se sentir humilhado, mas ele iria assumir isso como se ele fosse a vítima da situação e que apenas foi forçado por aqueles que são realmente imundos e o obrigaram a fazer isso. Na cabeça dele, ele ainda sairia como o intocável e único correto e isso não o atingiria. Mas fazer ele gostar??? Nunca pensei. Isso muda tudo! Isso o torna aquilo que ele passou a vida a combater.
Ele gostou. Mesmo odiando gostar, mas gostou. Com gays, com negros... Pediu por isso e isso o "corrompeu" em sua concepção e o desmoralizou. Cruel? Talvez. Mas sou sádica e adorei ler isso (nem vem! Tão me chamando de sádica mas cês tudo assiste Game of Thrones que eu sei! kkkk Tem moral comigo nóm rs) kkkkkk Socooooorro!

Achei todo esse cap bem real, bem crú (no bom sentido rs). As vezes nós não gostamos de ver um personagem querido fazer coisas consideradas malvadas pq nós reprovamos essas coisas. E no fundo temos medo de que um ser humano, de boa índole, possa pender para atitudes extremas. Mas sério, depois de tudo o que ele passou, é claro que ele estaria louco, de raiva, de fúria, de ânsia de justiça! Uma justiça que talvez nunca viesse. Só viesse uma sombra, sem hora, nem dia mas com rosto certo para assombrar a ele e aqueles a quem ama. Não.. Stalker Daddy nunca deixaria isso assim! E já vi muitas histórias, de pais que em uma mesma situação, queriam proteger seus filhos com atitudes similares pois quando o futuro dos seus filhos é incerto, não fazer nada pode não ser uma opção. A única diferença aqui é que o Dimi tinha meios. E ele os usou. Não estou defendendo violência, estou fazendo uma ponte com a realidade e dizendo que, quem pode garantir, que não faria a mesma coisa ao passar por determinada situação? É complicado e totalmente possível. E é disso que eu gosto em boas histórias! Eu gosto de ver os anjos e os demônios de cada personagem pois isso os torna reais. Não é tudo preto no branco ou 8 ou 80. Há um milhão de situações, acontecimentos e variáveis que afetam suas ações. A prova é que, podem haver várias histórias que seguem a mesma receita de bolo, como por exemplo uma estrutura mais conhecida, que é a "jornada do Herói", usada em Harry Potter, e em muitos animes, filmes e HQs por aí. Se segue a mesma estrutura porque ela ainda funciona? Por causa dos seus personagens! Você pode contar a mesma história (com suas variáveis, claro) mil vezes que, se seus personagens forem cativantes o suficiente, todos vão sempre querer acompanhar. E o motivo? O que mantém o interesse? Ver, ver como tal personagem, vai passar, reagir, e superar aquela determinada situação, concluindo a história que o levou até ali. E por que isso? Por que cada personagem é de um jeito! Uma essência, uma história, uma personalidade. Suas razões, paixões, crenças, ideais só cabem a ele. E por isso se torna interessante assistir cada nova experiência. Pq, são assim como as pessoas, possuem
várias camadas, várias facetas dentro delas. Por isso eu recebo bem personagens quando agem fora do padrão bom/mal. Pq não há ninguém totalmente bom, e mesmo que nos últimos tempos eu venha a duvidar disso rs, não há ninguém totalmente mal. Peguemos o Dimi que é um nice guy (mesmo que um pouco politicamente incorreto rs) mas sabemos que ele tem um coração enorme porém, pode ser alguém perigoso e extremo em suas ações quando ameaçam quem ama (outro exemplo de alguém bom que tb se excedeu um pouco foi o L de Death Note, em que algumas de suas ações, como o que faz com a Misa ao sequestrá-la, podem ser vista por alguns como extremas em prol do seu objetivo final). E podemos pegar também o próprio Demônio como exemplo de alguém mal mas que (mesmo que por motivos doentios) amava o seu bisa. Desculpe se todo esse meu "TCC" aí rs lhe pareceu um pouco inflamado ou intenso demais rs Eu me empolgo kkk Eu gosto de ver nas histórias que leio, além da parte técnica, como isso conversa com a vida real e o lado social que cada história trás, o lado comportamental e por aí vai. Me ponho no lugar e aí já sabe... textãããããoooo! kkkkkkkkkkk Já tá vacinada né? rs Mas achei legal comentar sobre como eu vejo certas ações de personagens que fogem do padrão e a estranhesa que as pessoas podem sentir ao lê-los assim. E como isso não é uma coisa ruim, a meu ver é claro. Mas voltando! (siiim, tem mais!! kkk), a gente consegue ver que o Dimi por mais que seja frio e calculista, por debaixo disso tudo a sua motivação ainda é puramente emocional diferente de alguém que tem prazer por ter nessas ações, ele tem prazer por retribuir rs digamos assim, pelo que fizeram com os filhos dele. E vemos isso quando ele atira no mesmo lugar em que o Vi foi baleado para que o Demônio sentisse a mesma dor (e deixá-lo sangrando até morrer a-lá Arya Stark foi apenas um bônus do Stalker Daddy rs <3). Vemos também que apesar dele sair dali com a alma lavada pela certeza da justiça feita e de que aquele ser nunca mais faria mal a alguém na vida, o quanto tudo aquilo pesou pra ele. O quanto ter feito aquele trabalho estava pesando e o quanto ele queria que tudo aquilo acabasse pra só assim se sentir apto a voltar, como vemos na frase "...agora posso encarar minha família, agora posso voltar para casa". Dimi ;.;

Agora, mas gente, esses últimos caps aumentaram minha taxa de glicose com tanta fofura kkkkk
Isso foi pra equilibrar devido ao POV do Dimi? rs Brincadeira! rs Eu adorei a parte onde o Yuri relembra ao Vi como foi a música que os uniu. E como, independente do que tenha acontecido, ela faz parte deles. ela ainda flui nele, e agora no Yuri ("Vou te provar que o você de hoje é muito mais do que imagina!" <3), e em todas as pessoas que os ouvirem. Quase como se a música fosse a grande narradora de sua própria história. Como ela sempre esteve em cada momento e como ela sempre ajudou ambos por toda a vida e que isso não seria diferente agora. O crescimento do Yu, assim como o Vi também pontuou, foi muito rico também. Ele consegue ser hoje, um pouco mais sereno, em pensar nas coisas e nas pessoas ao seu redor. Em antes de reagir, de forma mais inflamada, ponderar mais sobre o que ele tem em mãos e como ele pode fazer o melhor com aquela situação. Sim. Bem como disse o Vi: Ele amadureceu! A mudança no conservatório, foi muito poética! (mas deve ter saído caro kkkk)
"Este lugar parece o Yuri. Como se estivesse disposto a me mostrar que as marcas feias já não existem mais.". Exatamente Victor! Isso foi lindo. Todo o concerto e o que o Yuri passa com ele. Cada momento da história deles em forma de música.e como Clair the Lune fechou com chave de ouro para o Vi "como se fosse eu tocando"..
Apesar de ser o Yu quem a toca, o Vi também está lá. Eles estão em sintonia.Seus sentimentos e expressões musicais se mesclam. Um é sentido pelo outro pois sua música só pode ser tocada assim: juntos! "Fico feliz que tenha visto como você realmente é". Nós também Vi, nós também.. <3 E nem preciso dizer que pra variar o Yuri LACROU depois na entrevista né kkkkkkk Amei! rs

Com isso, resta uma mescla de felicidade de ter acompanhado essa fic, e uma saudade antecipada que já se instala aqui. Está sendo lindo esse desfecho! Boa semana pra ti~~ Até o último cap o/
Postado por ~iguineo
Capítulo 45 - I traumi e il superamento (parte 1)
Usuário: ~iguineo
Usuário
~pula de dentro de um portal e grita “I’M BACK!”~
.
.
.
Oie ^-^
Por mais que já tenhamos conversado no privado e eu sinta que você entende que estou passando por maus momentos, ainda me sinto na obrigação de pedir desculpas. Quer dizer, eu sumi por dois meses. Tive que reler os últimos capítulos para lembrar o que aconteceu.
Sabe, esse meu sumiço aconteceu em todas as fanfics que eu costumava comentar, e esse tempo eu passei praticamente sem escrever nada fora da aula de redação. Não fique triste se esse comentário não ficar tão legal quanto os outros, eu ando meio triste o tempo todo e esse tempo que fiquei sem escrever talvez tenha feito com que eu enferrujasse um pouco nesse sentido. Além do mais, eu estou escrevendo isso gripado e com sono.
Bom, voltando ao capítulo…
O Victor tendo pesadelos mexeu bastante comigo. Infelizmente isso faz parte do processo de superar um trauma. Acho que todo mundo quer que alguém como o Peter continue morto e enterrado, mas sabemos que não é assim que as coisas funcionam. Independente de existir ou não vida após a morte, situações extremas como essa deixam fantasmas. Mas bom, pelo menos ele não está lidando com isso sozinho.
Entendo o Yuri se culpar, é uma reação típica dele, mas não é culpa dele estar nadando num mar de merda. Como foi dito no capítulo, ele não é o culpado, todos são vítimas (menos o demônio, esse precisa ser exorcizado dessa fanfic que não lhe pertence o mais rápido possível).
Agora, sobre a parte talvez mais emocionante do capítulo… depois de tudo que já aconteceu nessa fic (e não foi coisa), fica difícil pensar em algo que cause muito impacto comparado com o que já aconteceu antes. Mas sinceramente, o Victor não poder mais tocar é impactante (principalmente com o pesadelo dele sobre isso depois, é bem pesado até mesmo pro padrão dessa fic. Não leve como ofensa). Mexe com o título da fanfic, “Victuri!!! on Music. Mexe com tudo que aconteceu antes disso. Talvez seja a definitiva que ele não é mais o Victor do prólogo, mas mesmo assim me deixou sem chão por um momento.
Falando em Victor do prólogo, gostei da conversa dele com a Mila. Por mais que não sejam mais casados (graças a Deus hahahaha), eles ainda são amigos e ele precisava de um ombro amigo nesse momento. Além disso ela é um amor e eu já estava com saudade dessas aparições dela.
Entendo ele ainda ter medo de fazer essas coisas mesmo depois de meses, até porque um trauma como esse é para a vida toda. Principalmente depois de ter machucado o Yuri. Mas essa tentativa dele de superar isso já é uma grande evolução, não é mesmo?
Espero que dê tudo certo nesse momento deles <3 *cruza os dedos*
OBS.: já disse que amo essas participações especiais dos OC’s quando o capítulo é focado no Victor ou no Yuri? Tipo quando o personagem e só citado brevemente mas você já se pega pensando no que isso tem a ver com o arco do personagem? Você realmente sabe como fazer propaganda desse spin-off do Dimi ;)
Até o próximo capítulo o/