1. Spirit Fanfics >
  2. Vida complicada. >
  3. Chutes de bom dia.

História Vida complicada. - Capítulo 46


Escrita por: e mmrangel


Notas do Autor


Oi...
Espero que gostem ❤️❤️❤️

Capítulo 46 - Chutes de bom dia.


-bebê?

Hoseok e Taehyung arregalaram os olhos quando Jimin perguntou.

-não, ninguém aqui falou em bebê – Hoseok desconversou.

-eu ouvi! – Jimin falou bravo.

-é brincadeira, não estávamos brincando de varinha mágica? – Yoongi falou.

-sim – Jimin concordou – não tem bebê de verdade, né, papai? – Jimin perguntou manhoso a Hoseok.

-não! Não tem – Hoseok falou rápido.

-não gosto de bebê – Jimin sentou no colo do pai -, eu vou ficar muito triste se o papai tiver outro bebê – Jimin fez biquinho choroso – eu sou seu bebê, né papai?

Hoseok olhou para Taehyung e os dois trocaram olhares preocupados.

-você e Jungkook são meus únicos bebês – Hoseok acariciava as costas do filho.

Taehyung abaixou o olhar, como iria ser quando não desse mais para esconder a gravidez de Hoseok?

-Hoseok, você não fez xixi naquilo? – Yoongi acordou o casal dos pensamentos.

Hoseok olhou para onde Yoongi apontava e viu Jungkook misturando um copo de refrigerante como o teste de gravidez.

-tem di mexi o mama.

Hoseok fez cara de nojo quando o filho ofereceu o refrigerante a ele.

-imagina mais um desse – Yoongi falou rindo.

Taehyung olhou para Jungkook agora correndo atrás da galinha com o exame de gravidez/varinha mágica/colher.

-cocó! Abadaba – Jungkook tentava usar a varinha mágica.

-eu não sei se aguento dois kookies e a cocó também não.

...

-não! – Taehyung batia o pé no chão.

-xim! – Jungkook levantou da caminha.

-você não vai dormir com os papais hoje – Taehyung colocou o menino deitado novamente.

-papai! – Jimin chorava – eu não quero dormir aqui – o garoto se agarrava em Hoseok.

-amorzinho, sua caminha é essa, aqui é seu quartinho que papai fez todo do jeitinho que você gosta – Hoseok tentava convencer o menino a ficar.

-não! Eu quero dormir com você! – Jimin se apertava contra o pai.

-jungkook, para de chutar! – Taehyung tentava agarrar os pezinhos do menino que esperneava.

-dixa eu mimi co papai! – o menino gritava.

Hoseok já estava quase cedendo quando Namjoon entrou sério no quarto.

-eu consigo ouvir esse alvoroço lá do meu apartamento! – Namjoon estava com a feição seria, o quê era o suficiente para os meninos pararem de gritar.

-eles não querem dormir no quarto deles – Hoseok falou.

Namjoon andou até o sobrinho mais velho e o colocou direito na cama e o tapou. Depois foi até o mais novo e fez o mesmo, mas Jungkook tirou o lençol e jogou no chão.

-ná quelo mimi ati! – o menino fazia uma carinha brava.

-eu perguntei o que você queria? – Namjoon pegou o lençol e tapou o sobrinho novamente – aqui é o seu quarto e é aqui que você vai dormir! – Jungkook fez biquinho e começou a chorar – nada de alvoroço! – Jungkook chorou mais baixo.

Hoseok quase chorava junto.

-papai... – Jimin soluçava.

Hoseok chegou a dar dois passos para ir pegar o filho, mas Namjoon olhou sério para ele e ele parou.

-não quero ouvir um pio.

-pio.

-foi a cocó.

...

Os meninos choraram por muito tempo, mas no fim acabaram dormindo. Namjoon ainda estava brigado com Hoseok, mas ajudou o irmão com os meninos.

-vai ser a primeira vez que dormimos sem os meninos aqui – Taehyung falou.

-é – Hoseok concordou.

-a cama parece tão grande – Taehyung tateou aquele espaço vazio ao lado dele.

-é.

-é estranho, não é?

-é.

-você tá bem? – Taehyung estava estranhando as respostas curtas.

-tô... Eu tô... – Hoseok começou a fugar.

Taehyung acendeu o abajur e viu Hoseok com os olhos cheios de lágrimas.

-amor... – Taehyung tocou o braço de Hoseok.

-eu quero os meus bebês! – Hoseok abriu a cara chorando.

Hoseok chorava de soluçar, Taehyung nem sabia como agir.

-onde você vai? – Taehyung viu Hoseok levantar da cama.

-buscar os meninos.

-não! – Taehyung agarrou Hoseok e jogou na cama.

-vou! – Hoseok tentou levantar, mas Taehyung sentou sobre ele sem por muito peso por causa do bebê na barriga do mais velho.

-você tem que ser forte!

-eu não consigo, eu preciso – Hoseok se remexia na cama.

-o primeiro dia é sempre o mais difícil, mas com o tempo isso diminui – Taehyung prendia os braços de Hoseok.

-eu quero sentir o cheirinho deles aqui – Hoseok lutava para sair do aperto.

-não vou deixar você ir por esse caminho sem volta – Taehyung olhava bem no fundo dos olhos dele – você acha que pode mudar isso depois?

-eu posso parar a hora que que quiser.

-não pode, quando for ver, você já vai estar com cinco filhos dividido a cama com você – Hoseok fez biquinho – o primeiro passo é admitir que você tem o problema.

-eu... Eu sou dependente dos meus bebês – Hoseok admitiu.

-você quer mudar isso?

-quero, mas não sei se consigo.

-eu estou com você, vamos enfrentar isso juntos.

-isso é tão bizarro – Hoseok e Taehyung olharam para a porta e Yoongi estava lá com um capo de leite na mão e usando uma samba canção de cachorrinhos – depois o estranho sou eu.

...

-mantenha suas mãos bem longe do meu namorado – Taehyung falou.

-shiuu! – Hoseok reclamou – hora de dormir, os dois quietinhos.

-mas...

-sem mas Taehyung, é hora de ficar quietinho.

-mas Hyung, tá apertado – Taehyung manhou – o Yoongi tem mesmo que dormir com a gente?

-o Hoseok já falou que a cama estava vazia demais, ele não sabe dormir com tanto espaço – Yoongi se manifestou.

-é isso mesmo Taetae, eu ainda estou em processo de desintoxicação. Não vai ser de uma hora para outra que vou conseguir dormir confortável em uma cama espaçosa.

Taehyung fez bico.

-eu só estou aqui para ajudar – Yoongi sorria, mas Taehyung não veria por causa do escuro.

-cala a boca Yoongi – Hoseok falou – e tira a mão da minha bunda.

-é a sua bunda? Eu pensei que era uma almofada macia.

-eu vou arrancar a sua mão! – Taehyung se esticou por cima de Hoseok e começou a estapear Yoongi.

-para! Hoseok o Taehyung tá me batendo! – Yoongi também batia em Taehyung.

-aperta a bunda do meu namorado novamente, e eu quebro as suas mãos! – Taehyung agarrava os cabelos de Yoongi.

-a culpa não é minha se a bunda dele é gostosa!

Hoseok tinha um sorrisinho satisfeito e os olhos fechados, hora ou outra levava um tapa sem querer, mas era assim que ele sempre dormiu. Jimin e Jungkook se matando e ele no meio, então, a noite estava do jeitinho que ele estava acostumado.

...

-acho que é assim – Taehyung falou.

-posso?

-pode.

Yoongi deu uma pesada na cara de Hoseok.

Hoseok abriu os olhos e viu o pé de Yoongi praticamente na cara dele e Taehyung estava praticamente jogado sobre ele.

Hoseok sentou na cama e viu a cena dos dois adultos esparramados na cama como Jimin e Jungkook faziam.

-eu sei que estão acordados – Hoseok falou.

-hum? – Taehyung se fazia de bobo.

-eu sei que armaram isso.

-você ouviu?

-quando se tem dois filhos, a gente aprende a dormir e presta atenção ao mesmo tempo.

Taehyung e Yoongi se sentaram na cama.

-achamos que iria gostar – Yoongi falou.

-eu amei – Hoseok tinha lágrimas nos olhos – vocês me chutaram, me deram cotoveladas, deitaram encima de mim, só para eu me sentir bem. Ainda me acordaram com um chute na cara como o Jimin sempre faz enquanto dorme – Hoseok fungou – vocês se esforçaram tanto para eu não estranhar ficar sem os bebês. Meu dia não seria o mesmo sem um chute na cara – Hoseok limpava as lágrimas.

-own, está emocionado – Taehyung beijou a bochecha de Hoseok.

-não, é que o Yoongi me chutou muito forte e tá doendo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ❤️❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...