História Vida de cupido não é facil - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yuri!!! on Ice
Personagens Christophe Giacometti, Emil Nekola, Georgi Popovich, Jean-Jacques Leroy, Ji Guang-Hong, Kenjiro Minami, Lee Seung Gil, Leo de la Iglesia, Michele Crispino, Mila Babicheva, Minako, Nikolai Plisetsky, Otabek Altin, Personagens Originais, Phichit Chulanont, Victor Nikiforov, Yakov Feltsman, Yuri Katsuki, Yuri Plisetsky
Tags Amor, Cupidos, Otabek Altin, Otayuri, Victuuri, Yoi, Yuri Plisetsky
Visualizações 6
Palavras 1.753
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Lemon, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem gente desculpa a demora teve muita confusão várias trocas de professores em uma só semana mais tá aqui também demorei por que queria fazer ele grande

Negrito : atualmente
Itálico : Durante o flashback
Sublinhado : somente título

Espero que gostem

Capítulo 9 - Extra : Uma história com o pior final


Fanfic / Fanfiction Vida de cupido não é facil - Capítulo 9 - Extra : Uma história com o pior final

Toda história tem um começo a minha não seria diferente.


Flashback


lá estava eu Olive com seus lindos 6 aninhos de vida, qualquer coisa que tivesse acontecido antes não me lembrava, estava brincando de pique esconde com meus velhos amigos um pouco antes da nossa prova que praticamente decidiria nosso futuro se seríamos demônios, cúpidos, ou até simplesmente reencarnar. A prova tinha exatamente 25 questões para ela nos preparamos por um bom tempo estávamos ansiosos demais.
Na hora que recebi ela estava tremendo com medo e até mesmo triste de me separar dos meus amigos. As questões eram simples sem muita informação muitas de como seriam suas atitudes

10 - Você estava andando pela rua, quando suas asas aparecem e você não estava invisível, e apenas uma criança te viu o que você faz?

() a) Mata a criança
() b) Arranca seus olhos
() c) Apaga sua memória
() d) compra seu silêncio

Essa é simples compro seu silêncio seria crueldade mata lá, vocês não acham.
Os resultados saem no máximo dois dias os piores dias de nossas vidas todos correm um empurra empurra para ver as listas

Demônios

Alan Moore
Denise Clark
Antoni Di Angeli
Josh Hunter
Claus Molto
Diogines Garibaldi

Cúpidos

Haru Mukami
Mila Babicheva
George Popovich
Kohana Hibiri
Louise Maquenze
Sophie Angeline

Reencarnação

Olive Santori (Eu chupa sociedade)
Kenjiro Minami
Leo De La Anglesia
Guang Hong ji
Beca Marino
Camilla Rodriguez
Carlos Rodriguez
Gaby Ernandes

(n/a: Desculpa os nomes eu não tenho criatividade para isso)
Cara eu vou reencarnar e meus amigos também menos Haru mais ele não estava triste estava até dançando, nos do setor para reencarnação passamos apenas 1 mês em treinamento para sabermos mais como é a vida na Terra

1 mês depois

Durante um mês tive o treinamento cada dia chegava mais perto o dia da minha ida, se eu estava com medo, eu estava e muito que só aumentava eu havia mudado meus olhos estão azuis, e meus cabelos um castanho bem claro, já sabia que isso aconteceria fazia parte de todo o processo daqui a alguns minutos eu estaria na terra logo logo teria uma nova história para contar.

Bem era o que eu pensava tudo estava indo bem sim tudo eu estava lá poucas vezes eu ia dar pequenos passeios, eu ouvia a voz dela falando que me amava e que não deixaria nada me acontecer. Mas acho que era mentira ela tomava coisas azedas, com gosto de vencido, eu sentia dores as vezes isso fazia ela vomitar, as dores só aumentavam, até que não aguentei mais e tudo ficou escuro a única coisa que eu ouvi foi ela dizer "Vai ser melhor assim".

Quando acordei o cheiro de hospital e magia já me falava onde estava eu voltei para o início. Sozinha em um quarto de hospital ligada à um soro, aquilo realmente havia acontecido tudo em mim doía como se cada parte do meu corpo estivesse sido arrancada o que mais ou menos aconteceu minhas asas onde estão minhas asas, as asas que demoraram para surgir foram arrancadas de mim como um doce que é tirado de uma criança.
Uma lágrima caiu tudo que eu queria havia se acabado, alguém entra no quarto é Christopher Giacometti e Yakov Feltsman olhando para mim seus olhares eram de tristeza

- Olá, Olive como esta se sentindo? - Fala Christopher se aproximando de mim

-Como acha que estou me sentindo - falo sentando - como você se sentiria ao saber que a pessoa que você iria chamar de mãe te matar, e acordar em um hospital se  sentido incompleta sem suas asas.

- Imagino - fala me olhando - você pode tentar de novo

- Eu não vou tentar de novo - falo baixo

- O que!? - Yakov fala dando um pulo do lugar onde estava

-EU NÃO VOU TENTAR DE NOVO - grito com ainda mais lágrimas caindo - e se acontecer de novo, eu prefiro fazer a prova

- Não pode, mais sua nota faz com que você possa entrar para os cúpidos - Chris fala

- Pois é, bem melhor - falo fingindo alguma animação

Alguns dias depois eu já estava melhor pronta para começar minha nova vida agora como cúpido, recebi meio que um apartamento só para mim o que é maravilhoso, mais algo faltava uma tristeza se estendia pelo meu corpo todas as horas, Chris que prefere ser chamado de Tio Chris me mostrou tudo inclusive minha sala de aula onde eu passaria os próximos quatro anos da minha vida sim quatro anos. Pelo simples motivos que vou explicar


Os cúpidos tem várias aulas como línguas, como achar hotéis para nossa hospedagem, como remendar laços da vida ou amor, entre outras coisas e para isso tínhamos vários professores o meu favorito era o Katsuki Yuuri ele sempre deixa eu lhe pregar peças e nunca, nunca faz nada ele é nosso professor de línguas.


-Katsuki-sensei - falo do meu lugar - ohayou


-Ohayou, Olive - meu sorriso não me denunciava por pouco - AAIII!!! - mais um plano executado com maestria a classe inteira ria e eu ainda mais por um tempo eu estava feliz mais depois sentia pena, devia doer muito.


-Tachinhas, muito criativa Olive - ele fala irônico, tirando as Tachinhas da sua cadeira - pode se retirar e ir falar com o Chris - como é que é? Depois de tantas só agora me manda em embora só pode ser um maluco mesmo


-Ok - Levanto e saio rumo ao escritório do Chris no meio do caminho sua secretaria me para é me entrega um envelope, quando o abro meu corpo todo perde a força era a minha prova minha nota boa o bastante para ir reencarnar, no mesmo estante desisti de ir na sala dele fiquei sentada em frente, nem percebi que estava chorando, não por tudo que aconteceu mais sim pelas minhas asas doendo e várias partes do meu corpo também logo o sinal tocou eu ainda estava imóvel, mas senti alguém me observando era o katsuki - sensei então somente corri.


Quebra de tempo enorme


Esse era o último ano de treinamento todos nós estávamos com dez anos alguns com nove e outros com onze, nos passaríamos quase nove anos sem envelhecer apenas cresceriamos alguns centímetros e só é quando chegássemos aos dezoito envelheceríamos de uma vez só oito anos legal,  

Faltava dois meses para a grande prova que diria se estávamos preparados ou não para ser cúpidos.

Mas algo aconteceu, ela foi adiantada, culpa de quem vou descobrir agora


-Quem adiantou a merda de prova? - falo e todo mundo se cala olhando até Chris entrar


-Eu - ele fala - mas o katsuki Yuuri é  o real culpado - ele da uma pequena pausa para ver o meu rosto que estava simplesmente mostrando a cara de Por que moléstia ele fez isso - Ele se apaixonou por um humano e eu decidi deixa lo ser feliz


-E quem paga por isso somos nós - fala Haru um colega meu


-Meu Kami, eu juro que se eu encontrar ele vou esgana lo - falo fechando os pulsos.


-Calma vocês ainda terão duas semanas, então se acalmem - fala Chris que ódio katsuki sensei por que me diz


Mesmo que eu sempre o enchesse eu gostava dele, era gente boa

As duas semanas passaram voando

A prova era se boa, super fácil, o resultado saia a tarde e adivinha eu sou a nova cupido inclusive já ganhei, meu tablet amanhã mesmo começo a trabalhar


Outro momento explicação


Nos não ganhamos exatamente um salário mais sim tipo uma mesada para comprarmos o que precisamos, uma vez eu queria o meu adiantado tive que ficar bajulando o Chris


Momento explicação off


Flashback off


Hoje era para ser só mais um dia normal, mais sabe as vezes nem sempre ficamos contente com nosso trabalho, as pessoas nem sempre se amam mesmo com a nossa ajuda no futuro dão por se separar mudando tudo cada parte do seu destino, lá estava eu correndo para unir mais um casal outro caso impossível a menina amava a outro já o menino a outra.

Fiquei com o pensamento que se eu juntasse eles eu estaria os tornando infelizes, por não estarem com a pessoa que amam, aquilo me fez pensar sobre a felicidade, então o que fiz foi juntar elas com seus amores. Eu só não contava com a minha punição que viria depois


-Olive, Chris quer vela - disse Lauren a secretária dele


-Oi obrigado Lauren - falo seguindo para sala dele


estava tão distraída que não ví que havia chegado há uma grande porta, minha mão esta tremendo estou com medo do que possa acontecer agora, decido entrar.       
    Ele estava de costas sentado em uma grande poltrona que estava olhando através a grande janela que iluminava praticamente a sala inteira.

      - Que bom que chegou olive - falou ainda de costas - pode sentar - eu estava com medo afinal eu já sabia o assunto a ser tratado, quando ele virou para mim pode vê-lo era um cara alto, loiro com as laterais raspadas , de olhos verdes e um pequeno bigode falhado - Tem algo para falar em sua defesa? - completa

      -  Não, sei que estou errada e muito encrencada , então para que eu iria protestar - falo encarando a pequena placa de identificação presente em sua mesa escrita Senhor G

       - Que bom que sabe disso- seu rosto expressava raiva mais ao mesmo tempo feliz e seu tom era calmo e serio - você sabe que o que fez foi uma falta gravíssima, pois é uma regra muito importante, mas não quero ter que manda-lá embora afinal você é uma das melhores cupidos na parte Junior, então lhe darei mais uma chance, é claro se você quiser? - ele fala me encarando enquanto segurava uma caneta, meu coração gelou eu já tinha a resposta, mais estava repensando tudo todos os amigos que eu tinha iriam sumir em um estalar de dedos.

       - Tudo bem eu aceito - falo mais meu coração doia, trabalhar era chato era chato mais eu já tinha me acostumado

     - Que bom - falou com um pequeno sorriso no rosto - você tem 3 semanas todas as informações já estão no seu tablet - assenti com a cabeça antes de me levantar e ir em direção da porta - mais uma coisa espero que saiba que caso não consiga não poderá voltar a ser um cupido.


Bem esse foi o começo dessa longa história que está bem longe de acabar




Notas Finais


Bem espero que tenham gostado

Bjs e até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...