1. Spirit Fanfics >
  2. Vida Nortuna.. KakaSaku >
  3. Você aqui novamente?

História Vida Nortuna.. KakaSaku - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Cada comentário me motiva demais ♡ fico tão feliz hihihi vou fazer meu melhor em !

Boa leitura ♤

Ficou curtinho, mas espero que gostem ♡estou preparando no próximo cap um belo de um Hot ♡♡♡ quem gosta levanta a mão o/

Capítulo 3 - Você aqui novamente?


Fanfic / Fanfiction Vida Nortuna.. KakaSaku - Capítulo 3 - Você aqui novamente?

No outro dia Sakura logo cedo estava acordada aprontando sua filha para as duas sair, a pequena Sarada se divertia com as bolhas que fazia durante o banho, e Sakura ria de sua filha que gargalhava toda vez que uma bolha estourava, era magnífico poder ver como tinha crescido já, mesmo tomando banho com a pequena, a jovem mãe admirava sua evolução tão rápido.


-Cresce mais não filha!!

A abraçou com força apertando a jovem em seu corpo podendo ouvir seu resmungar. 


Depois do banho das duas as jovens se arrumaram para ir a casa de sua amiga quase do outro lado de Konoha, por isso aprontou tudo a cesta de café da manhã para tomar junto a família Yamanaka e assim Sarada rever seu amiguinho de infância que estava uns meses a frente de si. 


Passava pelas ruas e olhava como era belo nessa época do ano, com a vila cheio de árvores de cerejeiras, isso significava que iria chegar o festival. Ate onde veio a mente um ponto importante. 


-Mais um ano sem meus pais... 


Estava triste pelo fato que seus pais a levava todo ano ao festival, ambos fazia um piquenique a beira do lago em baixo de uma árvore, lembrava até hoje usando suas costureiras roupas tradicionais comendo os maravilhosos pratos da Mamãe...

Mas agora uma pequena pessoa colocou as pequenas mãos ao rosto da mãe e sorrio dizendo.


-Mama...Ma


-Filhaaaaa suas primeiras palavras!


Realmente agora tinha sua própria família, e daria de tudo pra pequena em seus braços que recebia vários beijos em seu rosto enquanto andava.


Estava extremamente feliz ganhou o dia nada iria tirar do sério, mesmo chegando a casa da amiga.


-TEStudaaaaa bom dia!


A mesma já pegava a pequena Sarada em seu colo, inde a bebê já sorria e brincava com a loira, realmente amava Ino sua madrinha.


-Não vai acreditar porca! Ela falou Mamãe!


Exclamou a jovem feliz da vida com seus olhos brilhando de emoção, ja que pra si era uma vitória, estava treinando a mesma a dizer isso a meses, mas só a tirava gargalhadas.


-Agora ensinar ela falar Testuda ou tia Ino kkkkk

Ino ainda com ela no colo a levou até a sala onde estava Sai com o pequeno Inojin  nas pernas e ao ver Sarada o pequeno já ficou feliz tentando caminhar até a mesma, que pulava quase do colo.

-Calma calma te levo até ele kkkk.


Ao sentar a pequena no tapete da sala Inojin se jogou em cima de Sarada, fazendo assim os dois rirem e Sai tirar uma foto deles brincando, eram tão fofo que as duas mamães de primeira viagem babava nos dois.

-Será que quando crescer vão ser assim testa ?  

-Tomara, imagina se eles namoram ? Que fofoo!

As duas dava pulinhos de alegria pelo comentário dos dois enquanto Sai apenas olhava não tendo muita reação, já que eles eram tão jovens. 

-porca preciso falar com você.

-Ah. Então me ajuda a arrumar a mesa aí conversamos.

Não era boa coisa por isso pediu para que Sai cuidasse deles enquanto as duas foram até a cozinha um pouco distante dali, pra assim começar a arrumar a mesa pro café/ almoço que fazia toda semana delas.


-Sinto tanta falta dos meus pais Ino...

A rosada abria as pequenas marmitas com vários condimentos para comerem, como pão caseiro, geleia, bolo, salgados variados e outras coisas moço omelete, e etc...

-Verdade... como não senti falta de nossos pais ne ? 

Foi até a rosada e abraçou dando um beijo na sua bochecha pra logo após  dizer com um sorriso no rosto e os olhos marejados. 

-Por isso quero que vá com a gente ao festival em memória aos velhos tempos com nossos pais ta ? 

-Haaai... A Sarada vai amar 


E assim quase terminando de arrumar a mesa a rosada que tanto enrolava disse de  vez.

-Vou me divorciar.... 

-OIE?

-calma Ino

-Estava na hora ne ? Vamos ate fazer uma festa!

-Não é pra tanto Porca..!

-Bakaaaa claro que é pra tanto, finalmente viu ver minha amiga voltar ser como antes.

Foi no termino dessa fala que a loira se jogou nas costas da amiga rosada, queria sempre o melhor a ela, sempre a quis sorrindo de verdade e estava na hora de fazer isso acontecer. 


-está pronto ?

Chegaram a porta Sai com as duas crianças em seu colo uma brincando com a outra e ao ver suas mais esticou os braços pra elas pegarem os bebês.


-Mama... Mama.. papa 

-Mamãe Mamãe 

Sarada estava aprendo a falar, mas Inojin já era mais esperto, isso deixava Ino cheia de si como sempre e foi assim que se passaram o café da manhã rindo e se divertindo como de costume. 


-A  Sarada pode dormir aqui essa noite? Amanhã cedo busco ela.

-Claro será ótimo pro Inojin 

O pequeno loiro estava se lambuzando todo com a geleia de uva enquanto a Sarada com a de morango, os dois eram tão fofos juntos. 

-Então deixo as coisas dela aqui okay ?

E assim a rosada se despediu de Sarada e foi até sua casa, antes pediu pra uma amiga levar as coisas até para se arrumar para de noite.

Algo sentia que iria encontrar um certo alguém. Então decidiu caprichar.


Eram 22h da noite quando saiu de sua casa com uma bolsa grande ate com suas roupas costumeiras. 

Ao entrar na boate comprimento todos, bebeu um chá e foi até seu camarim.

Resolveu mudar um pouco, como era primavera resolveu usar uma peruca branca, era péssima para colocar lentes de contato, por isso pediu ajuda a uma das colegas de trabalho, pra assim ficar com a coração dos olhos amarelo, a maquiagem era marcante nos labios enquanto os cílios ficavam grandes e pretos. 

Desenhou seu rosto deixou as bochechas avermelhadas um toque foi as sobrancelhas na cor de seus cabelos, pra mostrar que realmente era albina, pra assim se vestir com um kimono curto nos tons branco e roxo, usava meia rastão até as coxas, um salto alto preto e a lingerie de baixo era a supressa da noite.


Seu show era 1 da manhã então podia relaxar para se preparar, e ao olhar entre as cortinas olhei em volta tinha bastante pessoas, mas uma lhe chamava atenção, aquela Cabeleireira prateada era reconhecível a distancias, e já que estava ali iria dar um show especial a ele que queria tanto a vela.

-SENHORAS E SENHORES ESTÃO PREPARADOS PARA NOSSA CHERRY ? EM CLIMA DE FESTIVAL LHES APRESENTO CHERRYYYYY....


Ao anúncio a jovem entrou ao palco com o kimono curto onde fez alguns babões estranhar com tanta roupa vestia.


(Chase atlantic-swin)

A musica ecoava na boate que por incrível que pareça estava em silêncio, hoje as luzes eram vermelhas e uma única luz clara no centro do palco pra ver a incrível dançarina.

Sakurava olhava atentamente o seu Ex sensei, não tirava os olhos de si e ele fazia o mesmo, deixou de lado até sua bebida.


Começou retirar seu kimono devagar revelando sua lingerie na cor branca como a neve, se chegar perto chega a ser transparente. O bico dos seus seios estava cobertos pelo longos cabelos que usava no tom branco, realmente era uma princesa.

Sua pele combinou tanto com sua roupa a deixava como uma boneca, a ponto de mostrar sua sensualidade ao remexer o quadril lentamente pra assim subir na barra de ferro que era do teto ao chão do palco. O contato visual continuava parecia que era apenas um show particular dos dois, com ela ficou de ponta cabeça enquanto suas pernas fazia o show com movimentos sutil e logo apos girar, seus cabelos lançava acreditava que tinha cheio de cereja.

O corpo do mais velho estava estático, não podia perder nem um min de sua performance, seu corpo amostra tanto assim, era uma perdição por que nunca veio a sua mente que desejaria a mesma, sabia que era ela, e via ali a verdadeira Sakura sem a maquiagem ou peruca, ali era sua pequena que agora cresceu virando uma incrível mulher com belas curvas.

'Gostosa-

Vinha sempre na mente de kakashi que estaria sentindo um incrível desejo e prazer em vê-la, poder a admirar mais a fundo o deixava com rubror em seu rosto, mas seu membro pulsava insamente na calça.

'Maldição ela ainda vai continuar a me encarar ?- 

A mente do mesmo estava a mil, ambos não perdia contato, imaginou como seria ela em quatro paredes, abusaria de sua virtude quanto a faria gemer seu nome a noite inteira pedindo por mais.

Não iria precisar dividir essa visão com nem um maníaco babava daquela boate, isso podia afirmar, mas isso era apenas pensamentos bobos.

No fundo podia se ouvir aplausos ao término do show e assim o mais velho saiu de seu transe pra assim se virar por balcão e beber seu sake novamente pra tirar isso de sua mente.


'O estou fazendo da minha vida ?-

Dessa vez não foi só em pensamento, disse alto que ate a moça que tinha acabado de se sentar conseguiu ouvir para dizer.

-hentai!

Tomou um grande susto ao perceber que era sua aluna, ops ex aluna ali, ao seu lado quanto estava com uma grande excitação entre suas pernas, o que fazer ?

-não é o que você está pensando!

Estava nervoso podia reparar e ao ver a mesma o encarar e rir com a reação do mesmo fez o clima melhorar, ele percebeu que não estavam  brigados e isso o deixou mais calmo.

-Sensei nunca vi você assim hahaha é engraçado 

Pediu um Refrigerante a moça do balcão que apenas sorriu e colocou em sua frente, ali a mesma bebia com seu canudo de ursinho na ponta a ponto do maior reparar que usava o Kimono novamente, menos mal, mas os olhares em volta era a pior parte.

-Sakura-chan fico feliz que não esta brava comigo...

Sabia que não queria ser reconhecida por isso foi perto de seu ouvido dizer tais palavras que a deixou completamente vermelha, como alguém mesmo com máscara podia causar tantos arrepios? Sua voz rouca enquanto estava falar baixo a deixou completamente arrepiada, seu corpo esquentou e suas bochechas ficaram vermelhas, mas sabia que tinha que dizer algo, pelo menos tentou.


-Baka...bakaa..eu... ainda estou brava, mas desculpa por ter sido grossa....

Disse virando o rosto e fazendo beicinho quanto bebia seu Refrigerante, agora menos da metade.

-Queria te chamar pra almoçar lá em casa pra gente conversar...

-Hai- irei sim Sakura-chan 

O maior sorriu e a rosada reparou mesmo por baixo da máscara isso a deixou envergonhada, mas o que é bom dura pouco né? 

Um bêbado apareceu do seu lado dizendo.

-Cherry ne ? Quanto você cobra? Quero usar sua boquinha deliciosa...

Sakura ficou sem reação pelo fato des que começou a dançar não descia do palco ou nada apenas dançava e ia embora para evitar tal coisas, mas como uma pessoa pode ser tão nojenta? Iria tentar responder algo, mas foi interrompido com o Kakashi de pé passando um de seus braços em volta da rosada e se curvando dizendo enquanto olhava pro homem esquisito dizendo.

-Hoje eu que usarei essa boquinha !

Próximo ato a fez arregalar os olhos, realmente não esperava, o maior colou um das mãos ao rosto da jovem e virou pra si, onde selou seus lábios mesmo por cima da máscara podia sentir perfeitamente seus lábios. 





Notas Finais


Vejam a outra fic ♡ carpe Diem ♡

Boa noite ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...