História Vida Nova - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Coragem, Descobertas, Drama, Medo, Mudanças, Sobrenatural, Vampiros, Violencia
Visualizações 7
Palavras 566
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - Capítulo 10


Bryan

Subi para o meu quarto e deitei na cama com meus olhos voltados para o teto branco a cima de mim. Um sorriso se formou em meu rosto quando me veio a mente a imagem da Milena me confessando que não queria que eu saisse da sua vida.

Algo me diz que isso não vai ser fácil, mais eu vou tentar, por ela, por nós. Levantei e fui tomar banho, coloquei uma calça jeans preta e uma blusa também preta sem estampas, depois de botar o tênis eu desci para sala.

Bryan- Ainda são 18:50, vou esperar mais um pouco.

[...]

Bryan- Vamos?

Milena- Vamos.- Ela estava linda, usando uma calça jeans rasgada azul e uma camisa de mangas compridas preta.

Bryan- Quer ir de carro ou caminhando?

Milena- É melhor ir caminhando, a noite está linda hoje.- Eu sinceramente tenho UM  carro pra nada, mal uso.

Bryan- Tudo bem então.- Peguei em sua mão e ela não exitou, seguimos em silêncio para o mesmo restaurante da outra vez. Chegamos ao nosso destino e sentamos em uma mesa afastada.

Bryan- O que vamos pedir?

Milena- Que tal macarronada?

Bryan- Tu ama macarrão, não tem condições. 

Milena- Sim sim sim, macarrão é uma maravilha. 

Bryan- Vamos pedir então.- Chamei a garçonete e a mesma veio rápido.

Garçonete- Boa noite, o que vão querer?- Ela olhou pra mim como se fosse me comer com os olhos, credo.

Milena- Pra mim uma macarronada por favor.- Ela olhou com desdém para a Milena e anotou o seu pedido.

Garçonete- E você, o que vai querer?- Se abaixou um pouco me dando total visão dos seus seios que tenho certeza que eram silicone.

Bryan- Quero o mesmo que a minha namorada, e uma garrafa de vinho também.- Ela me olhou com cara de nojo depois que falei a palavra namorada, ri internamente dela.

Garçonete- Só isso mesmo?

Milena- Sim linda, obrigada.- Ela sorriu falsamente e saiu.

Bryan- Linda? Meio irônico não acha?- Gargalhei e ela me acompanhou.

Milena- Imagina.

Bryan- Sério que ela estava dando em cima de mim assim na cara limpa?

Milena- Mais é claro, quem manda você ser todo lindo assim.- Rimos.

Bryan- É verdade, sou muito maravilhoso.

Milena- Iiiii, não precisa se achar não meu anjo.- Rimos.- Me fala, é legal conseguir ser mais rápido que o flash?

Bryan- Sim, pena que aqui não tem espaço para correr.

Milena- Entendo.

Bryan- Os seus pais não moram aqui?

Milena- Eles morreram...- Olhei para ela que me pareceu triste.

Bryan- Me desculpa tocar nesse assunto.- Toquei sua mão que estava em cima da mesa.

Milena- Não tem problema, você não sabia.

Nossos pedidos chegaram e eu mudei o assunto da conversa.

Milena- Nossa, o cheiro disso está divino.- Ela fechou os olhos enquanto sentia o aroma da sua comida.

Bryan- Realmente.- Olhei para a porta e me assustei com o que vi, a silhueta de uma mulher alta e cabelos longos me lembrava muito uma pessoa, ela andou um pouco em minha direção e eu pudi ver aquele rosto que já não via a dois anos. Não pode ser, o que ela fazia por aqui? Pisquei meus olhos e ela já não estava mais lá.

Milena- Eii, o que houve?

Bryan- Nada não, apenas me distraí pensando em algumas coisas.

Milena- Ah, entendi.

Começamos a comer e contínuamos conversando, dessa vez mais sobre ela.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...