História Vida Nova em Fairy Tail - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Tags Erza, Gajeel, Gray, Jellal, Juvia, Laxus, Levy, Lisanna, Loke(leo), Lucy, Mirajane, Natsu
Visualizações 88
Palavras 1.513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura e desculpe qualquer erro!

Capítulo 16 - Revanche


Natsu's pov


Eu não gostei nem um pouco de saber que Seilah e Kyôka fizeram aquilo com a Luce e a Mira. Iria falar com elas no domingo, mas Luce e Mira falaram que tinham um plano e que depois elas me falavam.
Fiquei apreensivo com isso, afinal não queria que as duas se metessem em confusão, mas para meu desgosto elas me ignoraram totalmente quando fui contra ao plano que elas disserem ter e para completar todas as meninas iriam participar de alguma forma que até agora não sei qual.
Era umas 20:30 no domingo quando elas mandaram mensagem no grupo falando que era para irmos ao quarto da Levy.
Makarov não gostava que fossemos ao dormitorio feminino e visse versa, mas também sabia que não adiantaria proibir, pois a um bom tempo atrás ele dava advertências, detenções, suspensões e alguns até foram espulsos pelo tanto de vezes que foram " pegos no flagra ", mas sempre tinham outros para fazer o mesmo. Ele então resouveu fazer " toque de recolher ", por que as aspas? Simples! Temos que estar fora dos corredores das 23:00 à 00:00 ou teriamos problemas. Por isso geralmente eu dormia no quarto da Luce.
Cheguei lá e vi que todos já estavam lá.


- Então, agora que esta todo mundo podem começar - Jellal disse
- Eu começo - Luce disse - Mira e eu já contamos o que aconteceu ontem, mas não falamo que vamos revidar
- Pois é. Nós, meninas, passamos uma parte da noite de ontem, uma parte do dia de hoje planejando o que fazer - Mira continuou
- Quando entramos em um consenso, usamos o restante do dia para correr atrás do que precisavamos - Erza disse
- Vamos precisar da ajuda de alguns de vocês para isso dar certo - Levy terminou de dizer
- Sério mesmo que vão revidar? - Gray perguntou não acreditando muito
- Claro ! Elas chegaram tipo ontem e já querem tocar o terror? - Juvia falou um pouco exaltada
- Não é bem assim que funciona - Lis completou o pensamento de Juvia e vimos as outras concordarem
- Vocês vão acabar se metendo em encrenca ge he - Gajeel afirmou rindo
- Só se nos pegarem brutamontes - Levy disse sorrindo
- O que realmente pode acontecer ! - Loke disse como se fosse óbvio (o que realmente era), tentando fazê-las mudar de ideia
- Nós já pensamos nisso e tudo está sob controle - Lis respondeu
- Não sei se concordo com isso Luce! - fui sincero, não queria que ela se metesse em encrenca - Deixe me tentar falar com ela. Esclarecer as coisas, porque pelo que entendi da história isso tudo é por nossa causa - falei apontando para Laxus que até então se mantinha quieto
- No começo até era por você, mas eu deixava passar as provocações porque eu confio em você - Luce suspirou - Mas apartir do momento que elas decidiram usar métodos que possam atingir fisicamente não só a mim mas a minha amiga também - falou olhando a Mira - Eu não posso, não quero e não vou deixar passar - terminou de dizer olhando nos meus olhos e vendo que não conseguiria a fazer mudar de ideia suspirei
- Tudo bem, estou sempre do seu lado - falei colando minha testa na dela e vi ela sorrindo pra mim, o que me fez sorrir também
- AWWWWN - Ouvi as meninas se pronunciarem e os meninos olhando a tudo com cara de entediados
- Agora que o casalzinho já se resolveu - Gray disse com um pouco de sarcasmo - Irão precisar da ajuda de quem
- Laxus não vai dizer nada? - Mira perguntou ao namorado que ainda se mantinha calado
- Primeiro quero ouvir qual é o plano e depois decido apoio ou não a confusão que eu tenho certeza que terá - disse dando de ombros
- E você esta certo meu caro amigo. O plano é o seguinte... - Erza começou a contar




###### QUEBRA DE TEMPO ######



Os primeiros horários passaram relativamente rápido. Assim que saimos para o intervalo, nos dirigimos para a cantina e depois para a nossa árvore.
Como combinado eu e o Laxus voltamos para dentro do pátio onde a maioria dos estudantes comiam. E como o esperado fomos parados pelas duas sentadas na mesa ao nosso lado.


- Oi meninos querem se sentar com a gente? - Kyôka quem perguntou
- Não, obrigado - Laxus disse e cruzou os braços - E aliáis estamos muito decepcionados com vocês - ele disse o que as meninas disseram que as deixariam intrigadas e foi o que aconteceu
- Por que? - dessa vez foi Seilah a perguntar
- Não imaginavamos que vocês seriam o tipo de pessoas que fariam aquilo com a Luce e a Mira - falei suspirando dramaticalmente - E ainda estavamos pensando em dar uma chance para vocês - terminei balançando a cabeça negativamente
- Verdade, mas agora já não temos certeza - Laxus disse e nos viramos começando a caminhar. Bingo! Elas se levantaram de seus lugares e nos pararam
- Esperem, não podem acreditar naquilo que seja lá o que elas te falaram - Seilah disse dando uma de louca que não sabe nada
- Pois é, elas nunca gostaram da gente e aposto que fizeram isso para afastar vocês da gente - Kyôka entrou na onda da amiga e francamente como duas pessoas podem ser tão cara de pau? Eu até conheço outras que são assim se não piores mas ainda não entendo
- Como podem dizer isso? - ouvi a voz Luce atrás de mim e depois ela e Mira pararam na nossa frente e encararam as duas a sua frente
- Admitam é menos vergonhoso - Mira concluiu
- Vocês só estão dizendo isso tudo porque estão com medo - Kyôka disse sorrindo e dando um passo a frente e encarando Mira
- Medo? De quem? De você? - Mira riu sarcasticamente e deu um passo a frente também
- De nós duas. Com medo de que seus namorados nos prefiram ao invés vocês - Seilah disse indo a frente
- Me poupe, se poupe e nos poupe garota. Eu tenho é pena de vocês por não conseguir um namorado de ter que ficar dando em cima dos que já tem - Luce disse ficando ao lado de Mira
- IIIIH VAI ROLAR BRIGA DE MENINA - ouvi o alguém gritando, mas eu sabia que era Gray apenas para chamar a atenção do pessoal, que logo já nos cercaram
- Não façam isso na escola - Erza apareceu junto de Jellal
- Vai acabar sobrando pra vocês - Juvia e Gray pararam do nosso lado
- Vocês tem tanto medo que tem que serem defendidas pelos amigos? - Kyôka disse, ela e Seilah disseram sarcasticas
- Ei galeira o diretor esta vindo - Gajeel apareceu entrando mo meio do pessoal avisando
- Vamos logo antes que ele resolva dar detenção pra todos Levy surgiu também. Aparentando estar ali desde o começo da confusão.




###### QUEBRA DE TEMPO ######



Depois que todos dispersaram, temendo serem cartigados, o sinal bateu nos fazendo caminhar até nossa sala. Pude ver Seilah e Kyôka terminarem seu lanche como se nada tivesse acontecido, ri com isso, e acabamos vendo que o diretor tinha acabado de parar perto da porta do pátio, vendo se estava tudo certo.
Não tinha se passado nem 20 minutos que estavamos na sala quando...


- Pr...pro...fes.sora - Seilah chamou se levantando devagar
- Sim? - a professora se virou pra ela e a viu suando e com uma cara nada boa - Está tudo bem? - perguntou se preocupando ao ver as caretas da garota e a ver colocando a mão na barriga
- P...po..sso i...ir ao banhe...- ela nem conseguiu terminar de falar quando ouvimos um barulho alto e um garoto que se sentava atrás dela se pronunciar
- Nossa, tem alguma coisa morta dentro de você garota? - ele perguntou tapando o nariz



A garota saiu correndo da sala sem nem esperar a professora falar alguma coisa. Não foi preciso muito tempo para todos associarem o que ela queria pedir a professora, o barulho, o que o garoto disse e ela sair correndo disisperada. A risada foi multua. A professo acabou nos deixando com a aula pela metada para ir atrás da garota.



- Caramba Levy você colocou as 5 gotas? - Erza perguntou baixo ao se aproximar da azulada menor
- Verdade, na caixinha do laxante dizia que demoraria 1h30 as 5 gotas, mas foi muito rápido - Luce disse rindo
- 5? Jurava que era a metade pra cada uma - falou a azulado se fazendo de desentendida
- Puta merda baixinha. Você jogou metade do frasco pra uma e depois pra outra? - Gajeel perguntou não se aguentando de rir e vimos a azulada menor confirmar e dar de ombros
- Elas não vão sair do banheiro tão cedo - falei rindo junto com o pessoal.


Notas Finais


Bjoos e até o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...