História Vida que segue - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Depressão, Mutilação, Rebeldia, Tristeza
Visualizações 9
Palavras 284
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Poesias, Steampunk, Violência
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Self Inserction, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


....

Capítulo 2 - Diferença


Exatas 06:00 da manhã
e é quando você belisca a articulação da minha perna.
É o único jeito que existe pra me acordar. 
Fica gritando meu nome, repetindo frases pra que eu acorde.
"Anda logo, Sabrinna! Vai se atrasar pra escola!"
Eu me levanto, coloco sempre roupas unicamente pretas,
afinal, eu sou gótica.

------------------------

Então, a pé mesmo, vou até a escola.
Recebo o "toca aqui" de muitas pessoas, mas,
elas não são minhas amigas de verdade. 
Elas apenas me admiram por conta do meu potencial.
Amigos físicos? Tenho apenas dois. 
Eles estão lá para me dar atenção, tanto quanto eu estou lá por eles.
O que me ocorre na escola é simples:
3 professores multiplicado por 2 elogios de cada um.
Isso mesmo! Sou uma aluna exemplar. 
Em 2017 a escola vibrou com a minha presença:
Uma desenhista, gótica, amadora de Japão e também inteligente?
É o que me deram a respeito. 

---------------------------

Prêmios eu ganhei, 
tanto como elogios.
Mas de que adianta? Eu apenas fico no meu canto, desenhando e estudando.
Bom, agora, de volta a 2018:
Fiz um novo amigo na sala de aula,
ele hoje é meio que um salvador.
Eu simplesmente não paro de virar pra falar com ele.
Agradeço-lhe. 
No recreio, um amigo de infância. Já faz 9 anos,
desde que você é meu melhor amigo.
Você nunca me abandonou, sempre me ouviu
por mais que você ame zoar, quando estou triste,
fica sério e faz de tudo pra me agradar e animar.
Sério, muito obrigada.

As diferenças não importam nessa escola,
os julgamentos nela já não afetam há tempos,
lamento pelas pessoas que me odeiam pelas minhas conquistas.
É a vida que segue.

Logo meu cérebro desligará.
 


Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...