História Vidas Aleatórias' - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 19
Palavras 253
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Lírica, Mistério, Poesias
Avisos: Álcool, Drogas
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa história não é sobre mim, talvez seja sobre você'.
Está terminada até o próximo capítulo.

Capítulo 2 - Eu conversei com o demônio, ele disse que tudo ficará bem.


Fanfic / Fanfiction Vidas Aleatórias' - Capítulo 2 - Eu conversei com o demônio, ele disse que tudo ficará bem.

E eu sempre estou onde o sol não brilha e lágrimas não aparecem, imploro pra que não me machuquem agora pois meu coração está quebrado. Eu me odeio mas não demonstro e é por isso que eu constantemente perco todo meu remorso; e é dez para o lobo e três para o pastor, e um para a ovelha que é liderado por um leopardo, sempre acaba assim. Muitas vezes uso sua percepção como uma arma, acabei usando a minha percepção para pegar um pedaço de maçã. E eles costumam me dizer, me de tudo o que você tem e minha vontade é de dizer que não tenho nada. Agora estou preso em um labirinto que muda e coloca minha alma em chamas isso me faz me perguntar se eu realmente deveria estar aqui. 
Não pude controlar meu pensamento que me guiou para cá, para onde isso está indo? 
"Ser cruel é um descuido" essa é a palavra de um homem que quer paz para a palavra de um que só quer dor, eu sou invisível pois não sei qual dos dois eu me tornei.  

Senhor aqui está minha confissão: Eu falei com Baphomet, ele disse que me salvaria se eu desse a ele algo que ele precisava. Qual foi a coisa que implorei?
Garoto, isso será a chave! - Ele me disse com muita certeza. 

E enquanto eu falava, minhas presas apareciam. 

Começou a sorrir e me disse -
O que você deseja em breve será seu
Mas o que eu quero já é meu!
Sua alma. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...