História Vídeos da Organização Black Hat - React Completo - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias A Turma Do Bairro, Apenas Um Show, As Poderosas Magiespadas, Ben 10, Hora de Aventura, Meninas Super Poderosas (The Powerpuff Girls), O Incrível Mundo de Gumball, OK K.O.! Let's Be Heroes, Samurai Jack, Steven Universe, Villainous
Personagens 5.0.5, Ben Tennyson, Black Hat, Conde de Limãograb, Demencia, Docinho, Dr. Flug, Ele, Enídia, Finn, Florzinha, Fuzzy Confusão, Garnet, Gwen Tennyson, Jasper, Kaio Yan Gesteira, Lápis Lazuli, Lindinha, Lord Boxman, Macaco Louco, Max Tennyson, Mordecai, Pairulito, Peridot, Princesa Jujuba, Princesa MaisGrana, Professor Utônio, Prohyas, Radi, Raimundo, René, Rigby, Shannon, Steven Quartzo Universo, Vambre, Vilgax
Tags Comedia, React, Villainous
Visualizações 15
Palavras 1.011
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sci-Fi, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um capítulo curto de um vídeo curto. Enfim, espero que curtam assim mesmo.
Lembrando:
Personagens do vídeo - itálico
BLACK HAT IRADO - Negrito.

Capítulo 4 - Festas Horríveis: Vídeo de Natal


Iris POV

 

Agora, vamos assistir ao bônus desse DVD que, surpreendentemente, era um sobre natal.

- A última coisa que eu esperava era ver o Black Hat comemorar o natal. – comentei ao Ritchie.

- Olha, eu ouvi dizer que ele chegou a acreditar que o natal fosse o dia do fim do mundo.

- Como assim?

- Lembra quando eu atendi aquele bandido fantasiado de pirata na loja?

- Ah, sim. Eu mal acreditei quando ele mencionou ser o Capitão Gancho. O cara não era nada discreto e foi a prisão mais fácil que já realizei.

- Pois é. Ele estava conversando com um de seus capangas naquele dia e falou que em 2012, o Black Hat comemorou o natal justamente por achar ser o fim do mundo.

Ah. Então era isso? 2012. Por Kamisama! Ninguém conseguiu prever essa data fatídica e não seriam os maias que acertariam. No dia que Jesus voltar, aí vai acabar essa gracinha.

Deixando esse assunto irrelevante de lado, apertei o play no bônus do vídeo. A propósito, gostei da vinheta deles. Era o título numa temática de inverno.

- Boas festas! – Black Hat cumprimentou os espectadores, sentado em uma poltrona preta, ao lado de uma lareira acesa com chamas verdes.

O curioso dela é que aparentava ser uma boca e o vilão supremo começou a rir de maneira diabólica e um tanto descontrolada.

- Alguém pega o babador para esse cara porque ele ‘ta’ precisando. – Ritchie apontou, rindo.

- E uma injeção antirrábica também. – Completei.

- Deve ser o veneno de vinho que ele tomou.

Meu amigo estava se referindo à garrafa com rótulo de caveira que estava em cima de uma mesinha ao lado do vilão, com uma taça junto.

- Aqui é Black Hat, com uma mensagem especial para destruir essa festividade horrorosa com isso. – Ele disse, antes da câmera virar-se para seus lacaios, vestidos para a ocasião e próximos a um robô de cartola. – Meus infames Hatbots!

Infelizmente, eu me lembrava dessa “desgraça mecânica”. Era o mesmo robô que invadiu o restaurante da minha família junto com vários outros.  

Eu teria ficado com mais raiva se não fosse pelo shot do painel de controle do Dr. Flug, o qual ele usava para monitorar seu robô. Estava escrito de cima para baixo:

1- Quase Black Hat

2-Linha de arte e limpeza

3- Adaptações de filmes e videogames

4- Taxas de envio

5- Imposto

6- Escritor de fanfic

7- Produtor de Desenhos

8- Torradeira que queima torradas

9- 5.0.5

Dekimasen! Não consigo acreditar que esse sujeito seja um vilão. Era fofo demais até nos seus intentos malignos! E ele ainda usava o saco de papel. Esse cara me intrigava. Que vontade de tirar esse saco e ver seu rosto. E nem parece que ele é o criador daquelas máquinas mortíferas.

Quando escolheu a opção de “Produtor de Desenhos”, o Hatbot imediatamente virou-se para 5.0.5. (que estava adorável com seu chapéu de chifres de renas e nariz vermelho de Rudolph), e bateu no presente que ele segurava, fazendo o objeto cair no chão. O urso ficou assustado ao ver o robô pisotear o presente sem dó antes de destruí-lo com raio laser através de seu olho. Tadinho do bichinho!

Eu poderia xingar o Flug por isso, mas deu para ver que ele não gostou de ver o urso chorar, porém teve que manter o profissionalismo.

- Esses capangas mecânicos vão trazer caos e desordem para essa época tão festiva. – Ele anunciou.

Enquanto isso, a Demência só ficou rindo do 5.0.5., sendo que ela estava ocupada mordendo um laço vermelho e grande para se desembaraçar. Como ela ficou presa naquilo, eu não sei.

Então, o cientista acionou a opção “Quase Black Hat”, fazendo o olho mecânico do robô mudar de verde para vermelho e olhar agressivamente ao seu controlador.

- Todos controlados por esse painel portátil... – ele continuou a explicar, até o Hatbot derrubar seu painel e deixá-lo em chamas.

De repente, ele entrou em curto circuito que, ao terminar, resultou na mudança de seu olho para azul e um sorriso irreconhecível. E, acreditem ou não, ele abraçou os três capangas e os chamou de “amigos”. Era hilário demais!

- Gente, quem diria! Até os robôs amam. – Ritchie riu junto comigo.

- Ele deve ter travado na opção “5.0.5.”

Isso logo enfureceu seu líder.

- O que significa isso? – ele perguntou, aproximando-se dos quatro.

- E-E-eu acho que foi reiniciado no modo “bonzinho”, senhor. – explicou o rapaz.

- Você precisa pegar leve, senhor. – Sugeriu o robô regenerado.

- Vou te mostrar como vou pegar leve, sua Lata-Velha. – Ele o ameaçou, antes de mostrar suas garras e avançar.

Antes que pudéssemos ver essa violência, a cena foi cortada para uma foto dos três capangas trocando presentes e Black Hat num canto, com um saco monstruoso o qual saía brinquedos assassinos. Senti-me assistindo uma cena esquecida de “o estranho mundo de Jack”. Tim Burton estaria orgulhoso. Ainda estava escrito “Um terrível feriado da Organização Black Hat”.

No entanto, a cena de violência do vilão de chapéu mutilando o robô feliz voltou e ele parecia uma fera incontrolável. Seus capangas só olhavam com temor e encanto, essa por parte de Demência, obviamente.

- Eu estava certa. Vacina antirrábica. URGENTE! – declarei.

Nós só conseguimos rir ainda mais de tudo o que vimos. Foi curto, mas muito engraçado.

- Sabe o que eu percebi? Se aquele robô tinha essa optação de “bonzinho”, foi porque o Flug adicionou, certo? Quero dizer, tinha “5.0.5.” naquele painel. – Apontei.

- Verdade. Talvez, ele não seja tão mau.

- Ou talvez, ele não queira ser mau, mas por conta do chefe dele, não tem escolha.

- Mas se é isso, por que Black Hat tem um cientista com atitude duvidosa entre bem e mal?

Eis uma pergunta a qual eu esperava obter a resposta logo. Se esse fosse o caso, por mais que ele tenha participado do massacre ao restaurante da minha família, talvez ele não teria topado se não tivesse sido forçado.


Notas Finais


O capítulo mais curto que já escrevi. Mais do que isso, só se fosse de uma única palavra, o que seria impossível.
Btw, a referência do “natal do fim do mundo” e do “Capitão Gancho” vieram dos primeiros vídeos que o Alan Ituriel fez no seu site mas, por motivos desconhecidos, ele excluiu seus curtas. Naquela época, o Black Hat tinha um ponto de interrogação estampado no chapéu. Kkkkk
Falando de referências, não podia deixar de mencionar meu filme favorito nessa fanfic. EU AMO O ESTRANHO MUNDO DE JACK. Assisti várias vezes. Gosto das músicas, dos personagens, da belíssima dublagem brasileira, tudo! RECOMENDO!
Gostaria de dar crédito à Clarie Valency e agradecer a ela por fazer a tradução do painel de controle do Flug nos comentários do vídeo. Não sei se um dia ela vai ler essa fanfic, mas achei justo mencioná-la já que ela se dispôs a fazer isso. Eu só consertei a opção 4.

Tradução:

Japonês:

Dekimasen: Não é possível!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...